Julião Pais

Julião Pais Rebolo (? - 1215) foi um chanceler do reino de Portugal.

BiografiaEditar

Era filho de D. Paio Delgado e de sua mulher D. Joni.[1]

Médico e Chanceler (cargo que, na actualidade, se assemelharia ao de primeiro-ministro) do reino de Portugal durante três reinados (D. Afonso I Henriques, D. Sancho I e D. Afonso II), defendeu os interesses da então jovem nação perante o poder da igreja e organizou a chancelaria régia e a estruturação administrativa.

Foi pai do primeiro cardeal português, D. Egídio Júlio, e do Papa João XXI.[2]

Foi sepultado na Sé Velha de Coimbra.

Referências

  1. Manuel Abranches de Soveral, "Origem dos Avelar e dos Soveral"
  2. Manuel Abranches de Soveral", "Origem dos Avelar e dos Soveral".
  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.