Abrir menu principal
Julio Ugarte y Ugarte
Nascimento 23 de julho de 1890
Lima
Morte 17 de agosto de 1949 (59 anos)
Palmeira das Missões
Cidadania Peru
Ocupação escritor, jornalista

Julio Ugarte y Ugarte (Lima, 23 de julho de 1890Palmeira das Missões, 17 de agosto de 1949) foi um filósofo e jornalista peruano, radicado no Rio Grande do Sul.

BiografiaEditar

Filho de Luis Ugarte e Fidelia Rosa Ugarte, fundou em 17 de agosto de 1937 a Sociedade de Filosofia Transcendental (Escola de Iniciação Cristã).

Na obra de sua autoria, As Duas Grandes Leis Espirituais, escrita em 1939, na cidade portuária de Rio Grande, no Rio Grande do Sul, deixou assim escrito: "A vossa perseverança construtiva animou-me pela Vontade de Deus, a Quem obedecemos em nosso coração, a adiar minha projetada viagem ao exterior, para ampliar no Brasil a Sociedade de Filosofia Transcendental que servirá de base para a reedificação da Igreja Cristã Primitiva na sua prístina pureza." Escreveu também diversos artigos filosóficos e doutrinários que foram publicados no "Correio do Povo", jornal de Porto Alegre, durante os anos 40.

Jornalista, filósofo e professor, Julio Ugarte organizou no estado do Rio Grande do Sul, sob convênio com o governador do estado, na época Walter Só Jobim, a Colonização Guarita, para a qual levou 602 pessoas da sociedade que fundara no estado. Em 17 de julho de 1947, parte para Palmeira das Missões com os primeiros irmãos colonizadores.

Em Palmeira das Missões construiu uma indústria cerâmica de monumental porte que não chegou a ver concluída. Seu corpo embalsamado foi sepultado no Cemitério Evangélico de Porto Alegre num jazigo perpétuo cedido pela Comunidade Luterana do Rio Grande do Sul, na quadra 2-40.

Ligações externasEditar