Abrir menu principal

Wikipédia β

Jumpin' Jack Flash (filme)

Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde julho de 2013). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Jumpin' Jack Flash
Salve-Me Quem Puder[1][2] (BR)
 Estados Unidos
1986 •  cor •  100 min 
Direção Penny Marshall
Produção Lawrence Gordon
Joel Silver
Roteiro David Franzoni
J.W. Melville
Nancy Meyers (como Patricia Irving)
Chris Thompson
Elenco Whoopi Goldberg
Jonathan Pryce
Stephen Collins
John Wood
Peter Michael Goetz
Gênero comédia
espionagem
Música Thomas Newman
Cinematografia Matthew F. Leonetti
Edição Mark Goldblatt
Companhia(s) produtora(s) Silver Pictures
Gordon Company
Distribuição 20th Century Fox
Lançamento Estados Unidos 10 de outubro de 1986
Portugal 5 de junho de 1987
Idioma inglês
Orçamento US$ 18 milhões
Receita US$ 29 844 101
Página no IMDb (em inglês)

Jumpin 'Jack Flash (br Salve-Me Quem Puder) é um filme de comédia e espionagem de 1986 estrelado por Whoopi Goldberg, Stephen Collins, Carol Kane, John Wood, Annie Potts e Jonathan Pryce. O filme foi dirigido por Penny Marshall em sua estreia na direção.[3]

O filme foi um dos primeiros a apresentar comunicações on-line como uma parte fundamental do enredo.

A trilha sonora inclui duas versões da música "Jumpin' Jack Flash": o original dos the Rolling Stones, e um remake de Aretha Franklin ouvido sobre os créditos finais (mas somente o original está no álbum da trilha sonora).

Índice

SinopseEditar

Terry trabalha para um banco, e usa os computadores para se comunicar com clientes em todo o mundo. Um dia ela recebe uma mensagem codificada de uma fonte desconhecida. Após a decodificação da mensagem, Terry torna-se envolvido em um anel de espionagem. As pessoas estão mortas, e Terry é perseguida. Durante todo momento ela continua em contato com essa pessoa desconhecida, que precisa de Terry para ajudar a salvar sua vida.

ElencoEditar

  • Whoopi Goldberg como Teresa "Terry" Doolittle, protagonista do filme, uma bancária entediada adorada por seus colegas por sua atitude sarcástica e vistas sem rodeios, que se envolve com a ajuda de Jack para escapar de seus perseguidores e voltar para casa com segurança.
  • Jonathan Pryce como "Jack", um agente da Defence Intelligence preso em um país do Bloco do Leste que está sendo perseguido por agentes da KGB. Para a maior parte do filme, só a sua voz é ouvida quando se fala de Terry sobre o computador. Na cena final do filme ele conhece Terry no First National Bank, onde ela trabalha.
  • Stephen Collins como Marty Phillips, agente da CIA (cujo nome verdadeiro é Peter Caen) e amigo de Jack que foi disfarçado como um novo funcionário no First National Bank.
  • John Wood como Jeremy Talbott, principal antagonista do filme. Ele é um agente da KGB que trabalha à paisana no Consulado Britânico em Nova York. Ele tenta usar Terry para atrair Jack em uma emboscada mortal.
  • Jim Belushi como Reparador Sperry / Taxista furioso / Policial ferido
  • Sara Botsford como Sarah Billings, um dos contatos românticos de Jack
  • Peter Michael Goetz como James Page, gerente do First National Bank e muitas vezes frustrado, chefe no-nonsense de Terry
  • Vyto Ruginis como Carl, um outro agente da KGB; ameaçador capanga silencioso de Talbot
  • Carol Kane como Cynthia, um colega de trabalho de Terry no First National Bank
  • Jon Lovitz como Doug, um colega de trabalho de Terry no First National Bank
  • Lynne Marie Stewart como Karen, um colega de trabalho de Terry no First National Bank
  • Phil Hartman (creditado como Phil E. Hartmann), como Fred, um colega de trabalho de Terry no First National Bank
  • Tracey Ullman (sem créditos) como Fiona
  • Michael McKean como Leslie

ProduçãoEditar

A produção do filme, originalmente concebido como um veículo para Shelley Long, era problemático. O roteiro foi incomodado e que muitas vezes teve que ser reescrito no set. Tudo começou com Howard Zieff como diretor. No entanto, ele foi substituído no início da produção por Penny Marshall.[3]

Trilha sonoraEditar

O álbum da trilha sonora foi lançada em LP e cassete pela Mercury Records, e mais tarde relançado em CD pela Spectrum.

  1. Set Me Free - René And Angela (4:23)
  2. A Trick Of The Night - Bananarama (4:37)
  3. Misled - Kool And The Gang (4:21)
  4. Rescue Me - Gwen Guthrie (4:32)
  5. Hold On - Billy Branigan (4:04)
  6. Jumpin' Jack Flash - The Rolling Stones (3:37)
  7. Window To The World - Face to Face (3:21)
  8. You Can't Hurry Love - The Supremes (2:44)
  9. Breaking The Code - Thomas Newman (3:41)
  10. Love Music - Thomas Newman (2:47)

As versões originais de "Set Me Free" (por The Pointer Sisters) e "Rescue Me" (por Fontella Bass) são ouvidas no filme, ao invés de covers do álbum da trilha sonora.

RecepçãoEditar

Jumpin 'Jack Flash recebeu geralmente críticas negativas de críticos e fãs, ganhando um índice de aprovação de 28% no Rotten Tomatoes.[4]

  A Wikipédia tem os portais:

Referências

  1. Salve-Me Quem Puder no AdoroCinema (Brasil)
  2. Salve-Me Quem Puder no InterFilmes (Brasil)
  3. a b Abramowitz, Rachel (2000). Is That a Gun in Your Pocket? Women's Experience of Power in Hollywood. New York: Random House, ISBN 0-679-43754-1, pp. 296–298
  4. "Screen: Whoopi Goldberg in Jumpin' Jack Flash". The New York Times.
  Este artigo sobre um filme estadunidense é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.