Abrir menu principal
Junkers Ju 287
Avião
À esquerda: protótipo V1 com quatro motores Junkers Jumo 004. À direita: V2 com seis motores Heinkel He S 011.
Descrição
Tipo / Missão Avião bombardeiro
País de origem Alemanha Nazista
Fabricante Junkers e Luftwaffe
Primeiro voo em 8 de agosto de 1944 (74 anos)
Especificações
Dimensões
Comprimento 18,3 m (60,0 ft)
Envergadura 20,11 m (66,0 ft)
Altura 4,7 m (15,4 ft)
Peso(s)
Peso máx. de decolagem 20 000 kg (44 100 lb)
Performance
Velocidade máxima 560 km/h (302 kn)
Teto máximo 9 400 m (30 800 ft)

Junkers Ju 287 - foi o primeiro bombardeiro desenvolvido com a técnica do motor a jato. O Ju 287 era dotado com asas com enflechamento negativo (voltadas para frente), para evitar problemas de perda de controle em baixas altitudes.

Para reduzir custos e acelerar o andamento do projeto, foram usadas partes de aviões já existentes:[1] o primeiro protótipo (Ju 287 V1) recebeu a fuselagem do Heinkel He 177, a cauda do Junkers Ju 388, no trem de pouso principal as rodas do Junkers Ju 352 e no nariz as rodas de um B-24 Liberator, avião aliado capturado.

O segundo protótipo, (Ju 287 V2) recebeu modificações. Fuselagem nova, trem de pouso retrátil e motores diferentes. Foi planejado um terceiro protótipo (Ju 287 V3).

No fim do conflito, o exército vermelho tomou a fábrica da Junkers. O chefe do projeto Hans Wocke, sua equipe e o protótipo V2 foram enviados para a URSS. Naquele país o trabalho continuou até 1947, quando o Junkers Ju 287 V2 finalmente voou. Mas, por falta de interesse dos soviéticos o projeto foi cancelado.

Notas

BibliografiaEditar

 
Imagens...
 
...de modelos...
 
...do Ju 287 V1.

Ligações externasEditar