Abrir menu principal
Wiki letter w.svg
Por favor, melhore este artigo, expandindo-o. Mais informações podem ser encontradas no artigo «Junkers Jumo 004» na Wikipédia em inglês e também na página de discussão. (julho de 2017)
Jumo 004
Motor de avião
Um Jumo 004 em exposição no Museu Nacional da Força Aérea dos Estados Unidos
Informações básicas
Tipo Turbojato
Fabricante Junkers
Origem  Alemanha
Designado por Anselm Franz e equipe
Primeiro teste 1940 (79 anos)
Maiores aplicações
Estado Fora de produção
Quantidade
produzida
~5000-8000[1]
Especificações (Jumo 004B)
Comprimento 3,86 m (12,7 ft)
Diâmetro (motor) 0,81 m (2,66 ft)
Peso 719 kg (1 590 lb)
Compressor Axial 8 estágios
Empuxo 898 kgf (8 810 N) @8700 rpm
Combustão 6 tipo-can
Relação potência / peso 1.25 (12.2 N/kg)
Consumo 1.39 N/(N·hr)
Notas
Turbina: Estágio simples

O Junkers Jumo 004 foi o primeiro motor a jato produzido em massa e usado operacionalmente na história.[2] Um produto do engenho aeronáutico e tecnológico da Alemanha Nazi durante a Segunda Guerra Mundial, este motor da Junkers alimentou o primeiro avião de caça da jato operacional, o Messerschmitt Me 262,[2] e a primeira aeronave de bombardeamento e reconhecimento aéreo a jato, o Arado Ar 234 Blitz.[2] Uma outra aeronave que poderia ter, de alguma forma, alterado o curso da guerra aérea, seria a revolucionária asa voadora Horten Ho 229, que também usaria este motor. Até Maio de 1945, mais de 5000 unidades haviam sido produzidas.[3]

Depois da guerra, variantes deste motor seriam produzidas na Europa de Leste.

Referências

  1. Christopher, John. The Race for Hitler's X-Planes (The Mill, Gloucestershire: History Press, 2013), pp.69-70.
  2. a b c «Junkers Jumo 004 Turbojet». www.aviation-history.com. Consultado em 1 de maio de 2016 
  3. «Junkers Jumo 004 Turbojet > National Museum of the US Air Force™ > Display». www.nationalmuseum.af.mil. Consultado em 1 de maio de 2016