Abrir menu principal

Juventude Social Democrata

juventude partidária do Partido Social Democrata (PSD), Portugal
Question book.svg
Este artigo ou secção necessita de referências de fontes secundárias fiáveis e independentes (desde setembro de 2017). Fontes primárias, ou com conflitos de interesse, não são adequadas para verbetes enciclopédicos. Ajude a incluir referências.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Juventude Social Democrata
Núcleo de Jovens do PPD
Logótipo JSD.jpg
Líder Margarida Balseiro Lopes
Fundação 1974
Sede Lisboa, Portugal Portugal
Ideologia Conservadorismo social

Liberalismo económico

Espectro político Centro-direita
Afiliação nacional Partido Social Democrata
Afiliação europeia Juventude do Partido Popular Europeu
Cores Cor-de-Laranja

A Juventude Social Democrata (JSD) é a estrutura política de Juventude do PSD (Partido Social Democrata). Fundada por Francisco Sá Carneiro, a JSD tornou-se uma base essencial do próprio PSD. A sua atividade é reconhecida nas campanhas eleitorais, tendo uma posição crucial em termos de mobilização e enquanto "laboratório de ideias do partido".

Índice

GéneseEditar

Actuando com uma maior incidência sobre as questões que dizem respeito directamente aos jovens, a JSD afirma-se como a maior organização jovem político-partidária que existe em Portugal. Embora veiculando os valores afirmados pelo PSD, a JSD é uma estrutura com identidade própria, trabalhando por isso de uma forma autónoma relativamente ao Partido.

A JSD tem como fins a promoção e a defesa da democracia política e social inspirada nos valores do Estado de Direito democrático e na experiência reformista do PSD com uma matriz liberal na economia e conservadora em sociedade, com um ideal de afirmação internacional da Nação Portuguesa e da promoção da qualidade de vida das suas populações.

Nos termos do artigo 2.º dos seus Estatutos, São tarefas fundamentais da JSD:

  • Contribuir para a educação cívica e formação política da juventude portuguesa, defender os seus legítimos direitos, e promover a sua representação e participação políticas;
  • Lutar pela garantia do exercício dos direitos civis e políticos, segundo os princípios da Declaração Universal dos Direitos do Homem;
  • Participar activamente na definição da política de âmbito nacional, regional, municipal, local e sectorial, na perspectiva da defesa dos interesses da Juventude Portuguesa;
  • Intervir, em representação dos jovens portugueses, no processo político europeu, a nível nacional e no quadro da participação portuguesa na União Europeia;
  • Promover e apoiar a Lusofonia reforçando e incentivando os laços identitários entre os países de língua oficial portuguesa;
  • Contribuir para a definição programática do PSD e para o estudo e divulgação, adaptada à realidade portuguesa, da Social Democracia.

HistóriaEditar

A fundação da Juventude Social Democrata remonta a junho de 1974, quando cerca de trinta jovens criaram o "Núcleo de Jovens do PPD", sob a liderança de António Rebelo de Sousa, que em poucos dias mudou de nome para JSD, tendo sido os seus estatutos aprovados no mês de Novembro do mesmo ano, em Plenário Nacional.

Eleita no I Congresso Nacional, que teve lugar em Lisboa, a 31 de maio de 1975, a primeira Comissão Política Nacional era composta pelos seguintes militantes:

PresidentesEditar

  • António Rebelo de Sousa (31 Mai. 1975 – Dez. 1978; Secretário-Geral)[1]
  • António Lacerda de Queiroz (Dez. 1978 – Nov. 1982)
  • Pedro Pinto (Nov. 1982 – Out. 1986)
  • Carlos Coelho (Out. 1986 – Mar. 1990)
  • Pedro Passos Coelho (Mar. 1990 – Dez. 1995)
  • Jorge Moreira da Silva (Dez. 1995 – Set. 1998)
  • Pedro Duarte (Set. 1998 – Set. 2002)
  • Jorge Nuno Sá (Set. 2002 – Mar. 2005)
  • Daniel Fangueiro (Mar. 2005 – Abr. 2007)
  • Pedro Rodrigues (Abr. 2007 – Nov. 2010)
  • Duarte Marques (Nov. 2010 – Dez. 2012)
  • Hugo Soares (Dez. 2012 - Dez. 2014)
  • Simão Ribeiro (Dez.2014-Abr.2018)
  • Margarida Balseiro Lopes (Abr.2018-Presente)

ActualidadeEditar

A JSD tem baseado, principalmente, a sua actividade política em áreas como a Educação, Empreendedorismo, Emprego, Habitação, Ambiente, Toxicodependência e Obesidade Infantil. Hoje, a JSD faz da revisão constitucional, da construção europeia, do emprego, cultura e ambiente temas geracionais onde também foca a sua intervenção.

Ligações externasEditar

Notas e referências

  1. JSD: anteriores líderes Arquivado em 1 de fevereiro de 2014, no Wayback Machine.. Nos estatutos iniciais o líder da JSD não se designava Presidente, mas Secretário-Geral.
  Este artigo sobre política ou um cientista político é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.