Abrir menu principal

Kamélia é uma boneca que é considerada um símbolo do Carnaval de Manaus.[1]

HistóriaEditar

A história da chegada da Kamélia remonta a 1938, quando um dirigente do Olímpico Clube levou uma boneca comprada na Bahia para o desfile de Carnaval.[2]

No ano de 1955, por um pedido do então prefeito Walter Rayol, a tradição foi retomada,[1] e finalmente oficializada em 1958 quando o prefeito Gilberto Mestrinho entregou as chaves da cidade à boneca.[1]

A tradição da chegada da Kamélia é considerada patrimônio imaterial do Estado do Amazonas.[1] A escola de samba Império da Kamélia foi batizada em sua homenagem.

Referências

  1. a b c d Agência Brasil (11 de janeiro de 2016). «Chegada da boneca Kamélia marca início do carnaval em Manaus». Consultado em 28 de novembro de 2016 
  2. Jornal do Commercio (8 de janeiro de 2015). «Kamélia chega no sábado». Consultado em 28 de novembro de 2016 
  Este artigo sobre carnaval, integrado ao Projeto Carnaval é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.