Abrir menu principal
κ Trianguli Australis
Dados observacionais (J2000)
Constelação Triangulum Australe
Asc. reta 15h 55m 29,6s[1]
Declinação -68° 36′ 10,8″[1]
Magnitude aparente 5,106[1]
Características
Tipo espectral G6 IIa[1]
Cor (U-B) 0,93[2]
Cor (B-V) 1,13[2]
Astrometria
Velocidade radial 3,90 km/s[1]
Mov. próprio (AR) -8,65 mas/a[3]
Mov. próprio (DEC) -6,33 mas/a[3]
Paralaxe 3,1034 ± 0,0926 mas[3]
Distância 1051 ± 31 anos-luz
322 ± 10 pc
Magnitude absoluta -2,59[4]
Detalhes
Massa 7,0 ± 0,3[5] M
Gravidade superficial 1,9 cm/s² (log g)[6]
Temperatura 4 658[7] K
Metalicidade [Fe/H] = 0,210[6]
Rotação 7,7 ± 1,0 km/s[7]
Idade 55,2 ± 7,9 milhões[5] de anos
Outras denominações
CPD-68 2585, HR 141767, HD 141767, HIP 77982, SAO 253342.[1]
Kappa Trianguli Australis
Triangulum Australe constellation map.png

Kappa Trianguli Australis (κ TrA, κ Trianguli Australis) é uma estrela na constelação de Triangulum Australe. Possui uma magnitude aparente de 5,11,[1] sendo visível a olho nu em boas condições de visualização. Medições de paralaxe mostram que está a uma grande distância da Terra, a aproximadamente 1 051 anos-luz (322 parsecs), com uma margem de erro de 31anos-luz (10 pc).[3]

Kappa Trianguli Australis é uma estrela luminosa e massiva, com uma magnitude absoluta de -2,59 e massa equivalente a 7 vezes a massa solar.[4][5] Com uma idade estimada de 55 milhões de anos,[5] está num estágio avançado de sua curta evolução, sendo uma gigante luminosa de tipo espectral G6 IIa.[1] Dados fotométricos obtidos na missão Hipparcos mostram que a magnitude dessa estrela varia levemente por 0,0059 em um período de 0,00166 dias.[8]

Ver tambémEditar

Referências

  1. a b c d e f g h «SIMBAD query result - kap TrA». SIMBAD. Centre de Données astronomiques de Strasbourg. Consultado em 17 de janeiro de 2014 
  2. a b Johnson, H. L.; et al. (1966). «UBVRIJKL photometry of the bright stars». Communications of the Lunar and Planetary Laboratory. 4 (99). Bibcode:1966CoLPL...4...99J 
  3. a b c d Gaia Collaboration: Brown, A. G. A.; Vallenari, A.; Prusti, T.; de Bruijne, J. H. J.; et al. (2018). «Gaia Data Release 2. Summary of the contents and survey properties». Astronomy & Astrophysics. 616: A1, 22 pp. Bibcode:2018A&A...616A...1G. arXiv:1804.09365 . doi:10.1051/0004-6361/201833051.  Catálogo Vizier
  4. a b Egret, D.; Keenan, P. C.; Heck, A (fevereiro de 1982). «The absolute magnitudes of G5-M3 stars near the giant branch». Astronomy and Astrophysics. 106. pp. 115–120. Bibcode:1982A&A...106..115E 
  5. a b c d Tetzlaff, N.; Neuhäuser, R.; Hohle, M. M. (janeiro de 2011), «A catalogue of young runaway Hipparcos stars within 3 kpc from the Sun», Monthly Notices of the Royal Astronomical Society, 410 (1): 190–200, Bibcode:2011MNRAS.410..190T, arXiv:1007.4883 , doi:10.1111/j.1365-2966.2010.17434.x. 
  6. a b Caillo, A. (junho de 2010), «The PASTEL catalogue of stellar parameters», Astronomy and Astrophysics, 515: A111, Bibcode:2010A&A...515A.111S, arXiv:1004.1069 , doi:10.1051/0004-6361/201014247. 
  7. a b Ammler-von Eiff, M.; Reiners, A (junho de 2012). «New measurements of rotation and differential rotation in A-F stars: are there two populations of differentially rotating stars?». Astronomy & Astrophysics. 542. pp. A116, 31. Bibcode:2012A&A...542A.116A. doi:10.1051/0004-6361/201118724 
  8. Koen, Chris; Eyer, Laurent (março de 2002), «New periodic variables from the Hipparcos epoch photometry», Monthly Notices of the Royal Astronomical Society, 331 (1): 45–59, Bibcode:2002MNRAS.331...45K, arXiv:astro-ph/0112194 , doi:10.1046/j.1365-8711.2002.05150.x.