Karl Pawlowitsch Brjullow

primeiro pintor russo a ganhar renome internacional, aquarelista, desenhista, representante da corrente do academismo

Karl Pávlovitch Briullóv (também Brjullow, Brullov ou Briuloff , russ. Карл Павлович Брюллов; São Petersburgo, 12 de dezembrojul./ 23 de dezembro de 1799greg.Manziana, 23 de junho de 1852greg.) foi um pintor russo.

Karl Pawlowitsch Brjullow
'
Nascimento 23 de dezembro de 1799
São Petersburgo
Morte 23 de junho de 1852 (52 anos)
Manziana
Sepultamento Cemitério Protestante
Cidadania Império Russo
Progenitores
  • Paul Bruleau
Alma mater
Ocupação pintor, arquiteto, artista gráfico,
Prêmios
  • Ordem de Santa Ana, 3.ª classe
  • Ordem de Santo Estanislau, 3.ª classe
  • Ordem de São Vladimir, 4.ª classe
  • Ordem de Santo Estanislau, 2.ª classe
  • Large gold medal of the Imperial Academy of Arts
Obras destacadas The Last Day of Pompeii
Movimento estético romantismo

Foi um dos primeiros pintores russos que recebeu reconhecimento internacional e é considerado uma figura de transição entre o neoclassicismo e o romantismo russo.[1]

Sepultura de Brjullow no Cemitério Protestante em Roma.

Foi sepultado no Cemitério Protestante em Roma.

ObrasEditar

O Assassínio de Inês de Castro (1834), no Museu Estatal Russo em São Petersburgo

GaleriaEditar

Ver tambémEditar

LiteraturaEditar

  • Leontyeva, Galina: Karl Briullov – Artist of Russian Romanticism (Great Painters), Editora Parkstone Aurora, 1996. ISBN 9781859952896

Referências

  1. «Russian Paintings Gallery - Bryullov Karl (1799-1852) - brief biography». russianpaintings.net (arquivo). 2011. Consultado em 19 de outubro de 2011. Arquivado do original em 6 de agosto de 2007 

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Karl Pawlowitsch Brjullow