Abrir menu principal
Karo Parisyan
Informações
Nascimento 28 de agosto de 1982 (37 anos)
Erevan, RSS da Armênia, URSS
Nacionalidade arménio Armêno
Outros nomes The Heat
Altura 1,78 m
Peso 78 kg
Modalidade Judô, Luta Greco-Romana
Organização(ões) Jackson's Submission Fighting
Graduação      Faixa preta em Judô
Cartel nas artes marciais mistas
Total 36
Vitórias 24
Por nocaute 2
Por finalização 12
Por decisão 10
Derrotas 11
Por nocaute 6
Por finalização 1
Por decisão 4
Sem resultado 1
Ligações externas
Página oficial:
Cartel no MMA pelo Sherdog

Karapet Parisyan (Em armeno: Կարո Փարիզյան; Erevan, 28 de agosto de 1982) é um lutador armeno-americano de artes marciais mistas. Ele é primo de Manvel Gamburyan, também lutador de MMA.

InícioEditar

Parisyan nasceu em Erevan, Armênia. Sua família se mudou para os Estados Unidos quando ele tinha seis anos. Parisyan começou a treinar Judo com nove orientado por Gokor Chivichyan.[1] Parisyan afirma que seu pai começou a ensinar lições de Judo porque ele batia nas irmas, e que o Judô poderia ajuda-lo a dominar a raiva.[1] Com dez anos, Parisyan era treinado por Chivichyan e Gene LeBell. Mais tarde Parisyan adcionou o Muay Thai em seu treinamento.[1]

TreinamentoEditar

Por mais de treze anos, Parisyan treinou com a Hayastan Grappling System, um estilo orientado por Gokor Chivichyan e Gene LeBell, que inclui elementos adpatados de Judô, Sambo, Catch Wrestling, Greco-Romano e Freestyle wrestling.[2] Parisyan continuou a treinar na Hayastan Academy até o final de 2005.

UFCEditar

Parisyan compete entre os welterweight e fez sua estréia no UFC em 23 de setembro de 2003, batendo Dave Strasser com um Armlock. Ele então venceu o campeonato dos Welterweight da WEC ao derrotar o lutador Shonie Carter. Ele era considerado um dos melhores lutadores para ganhar o titulo da categoria no UFC até perder para Diego Sanchez.

Parisyan perdeu via TKO para Thiago Alves no UFC Fight Night 13 na segunda rodada. Alves demonstrou muita resistência contra as ofensivas de Parisyan, derrotando-o com o nocaute.

Parisyan era esperado para lutar contra Yoshiyuki Yoshida no UFC 88: Breakthrough, mas um machucado o fez desistir da luta pouco tempo antes da pesagem.

Após recuperar-se, ele retornou no UFC 94 em 31 de janeiro de 2009, Las Vegas contra Kim Dong-hyun.[3] Parisyan derrotou Kim numa decisão não unânime.[4] Seguindo a luta, Parisyan deu positivo em um teste para três analgesicos proibidos, Diidrocodeína, hydromorphone, e oxymorphone.[5] Parisyan afirmou que os analgésicos foram recomendações médicas para o tratamento do machucado que ele havia sofrido.[6]

Parisyan foi suspenso com uma audiência marcada para meados de março do mesmo ano.[7] No dia 17 de março de 2009, a NSAC o suspendeu por nove meses e declarou invalida a luta anterior ao teste.[8]

Parisyan era esperado pra enfrentar Dustin Hazelett no UFC 106,[9] mas desistiu da luta um dia antes da pesagem. O presidente do UFC, Dana White escreveu em seu Twitter que Parisyan "não estará lutando no sábado e em mais outro dia no UFC!!" White também afirmou que "possui uma lista longa de desculpas esfarrapadas ".[10] Tarde, naquele mesmo dia, Neil Melanson, amigo de longa data e companheiro de treinamento de Parisyan, divulgou para um site de noticias de MMA, Five Ounces Of Pain, que Parisyan estava lutando contra um vicio em analgésicos que ele tomava durante os treinamentos para as lutas.[11]

Pós-UFCEditar

Karo Parisyan iniciou conversas com a Strikeforce, tentando continuar com sua carreria no MMA dentro dos Estados Unidos, mas as negociações não andaram.[12]

Parisyan voltou a lutar em 10 de julho no Impact FC 1, onde ele estava inicialmente escalado para lutar contra Luis Dutra Jr. Todavia Dutra se machucou e teve de desistir da luta. O substituto escolhido foi Ben Mortimer, derrotado por Parisyan com um mata-leão aos 4:18 do segundo round.

Retorno ao UFCEditar

Em 2 de setembro de 2010, foi anunciado que Karo voltaria ao UFC.[13] No dia 2 de novembro do mesmo ano, ele lutou contra Dennis Hallman no UFC 123. Parisyan acabou sendo derrotado por nocaute técnico no 1º assalto.

Cartel no MMAEditar

Res. Cartel Oponente Método Evento Data Round Tempo Local Notas
Derrota 24-11 (1)   Fernando Gonzalez Nocaute Técnico (socos) Bellator 127 03/10/2014 1 1:43   Temecula, California
Vitória 24-10 (1)   Phil Baroni Nocaute Técnico (socos) Bellator 121 25/07/2014 1 2:06   Temecula, California
Vitória 23-10 (1)   Ron Keslar Nocaute Técnico (socos) Bellator 116 11/04/2014 2 4:05   Temecula, California
Derrota 22-10 (1)   Rick Hawn Nocaute Técnico (socos) Bellator 95 04/04/2013 2 1:55   Atlantic City, New Jersey
Vitória 22–9 (1)   Edward Darby Finalização (chave de braço) Gladiator Challenge: Heat Returns 28/10/2012 1 2:10   San Jacinto, California
Vitória 21–9 (1)   Tiger Bonds Finalização (chave de braço) Gladiator Challenge: King Of The Mountain 29/09/2012 1 1:03   San Diego, California
Derrota 20–9 (1)   John Gunderson Finalização (guilhotina) ShoFight 20 16/06/2012 1 2:47   Springfield, Missouri Pelo Título Meio Médio Vago do ShoFIGHT
Vitória 20–8 (1)   Thomas Denny Decisão (unânime) WMMA 1 - Fighting for a Better World 31/03/2012 3 5:00   El Paso, Texas
Derrota 19–8 (1)   Jordan Smith Decisão (dividida) Amazon Forest Combat 1 14/09/2011 3 5:00   Manaus, Amazonas
Derrota 19–7 (1)   Ryan Ford Nocaute Técnico (corte) JEG - MMA Live 1 19/05/2011 3 1:26   London, Ontario Os médicos pararam a luta devido à um corte em Parisyan.
Derrota 19-6 (1)   Dennis Hallman Nocaute Técnico (golpes) UFC 123: Rampage vs. Machida 20/11/2010 1 1:47   Auburn Hills, Michigan
Vitória 19-5 (1)   Ben Mortimer Finalização (mata leão) Impact FC 1: The Uprising 10/07/2010 2 4:18   Brisbane, Queensland
NC 18–5 (1)   Dong Hyun Kim Sem Resultado UFC 94: St-Pierre vs. Penn 2 31/01/2009 3 5:00   Las Vegas, Nevada Originalmente vitória por decisão; Testou positivo no antidoping.
Derrota 18–5   Thiago Alves Nocaute Técnico (golpes) UFC Fight Night: Florian vs. Lauzon 02/04/2008 2 0:34   Broomfield, Colorado
Vitória 18–4   Ryo Chonan Decisão (unânime) UFC 78: Validation 07/11/2007 3 5:00   Newark, New Jersey
Vitória 17–4   Josh Burkman Decisão (unânime) UFC 71: Liddell vs. Jackson 26/05/2007 3 5:00   Las Vegas, Nevada
Vitória 16–4   Drew Fickett Decisão (unânime) UFC Fight Night: Sanchez vs. Riggs 03/12/2006 3 5:00   San Diego, California
Derrota 15–4   Diego Sanchez Decisão (unânime) UFC Fight Night 6 17/08/2006 3 5:00   Las Vegas, Nevada
Vitória 15–3   Nick Thompson Finalização (golpes) UFC 59: Reality Check 05/04/2006 1 4:44   Anaheim, California
Vitória 14–3   Matt Serra Decisão (unânime) UFC 53: Heavy Hitters 04/06/2005 3 5:00   Atlantic City, New Jersey
Vitória 13–3   Chris Lytle Decisão (unânime) UFC 51: Super Saturday 05/02/2005 3 5:00   Las Vegas, Nevada
Vitória 12–3   Nick Diaz Decisão (dividida) UFC 49: Unfinished Business 21/08/2004 3 5:00   Las Vegas, Nevada
Vitória 11–3   Shonie Carter Decisão (unânime) WEC 10 21/05/2004 3 5:00   Lemoore, California Ganhou o Cinturão Peso Meio Médio do WEC.
Derrota 10–3   Georges St. Pierre Decisão (unânime) UFC 46: Supernatural 31/01/2004 3 5:00   Las Vegas, Nevada
Vitória 10–2   Dave Strasser Finalização (kimura) UFC 44: Undispute 26/09/2003 1 3:52   Las Vegas, Nevada
Vitória 9–2   Fernando Vasconcelos Decisão KOTC 22 23/03/2003 3 5:00   San Jacinto, California
Vitória 8–2   Antonio McKee Decisão UAGF 3 15/02/2003 N/A N/A   Hollywood, Califórnia
Vitória 7–2   Darrell Smith Finalização RSF 3 30/03/2001 1 0:59   Belleville, Illinois
Derrota 6–2   Sean Sherk Nocaute Técnico (interrupção do córner) RSF 2 05/01/2001 1 16:20   Belleville, Illinois
Derrota 6–1   Sean Sherk Decisão RSF 1 10/10/2000 1 18:00   Belleville, Illinois
Vitória 6–0   Guido Jennings Finalização (estrangulamento) KK 16 07/06/1999 1 6:33   Califórnia
Vitória 5–0   Justin Bumphus Finalização ESF 15/05/1999 N/A N/A   Corona, Califórnia
Vitória 4–0   Scott Davis Finalização (chave de braço) KK 14 05/04/1999 1 2:16   Los Angeles, Califórnia
Vitória 3–0   Jason Rittgers Finalização (chave de braço) KK 14 05/04/1999 1 1:58   Los Angeles, Califórnia
Vitória 2–0   Zach McKinney Finalização (golpes) KK 12 01/02/1999 1 0:23   Los Angeles, Califórnia
Vitória 1–0   Brian Warren Finalização (chave de tornozelo) KK 12 01/02/1999 1 0:44   Los Angeles, Califórnia

Referências

  1. a b c «Karo "The Heat" Parisyan». Little Armenia.com. Consultado em 16 de abril de 2008 
  2. «Hayastan Grappling Challenge - Rules». Hayastan Grappling Challenge.com. Consultado em 10 de novembro de 2010. Arquivado do original em 11 de junho de 2008 
  3. «Cópia arquivada». Consultado em 10 de novembro de 2010. Arquivado do original em 9 de novembro de 2008 
  4. «Cópia arquivada». Consultado em 10 de novembro de 2010. Arquivado do original em 7 de fevereiro de 2009 
  5. «Cópia arquivada». Consultado em 10 de novembro de 2010. Arquivado do original em 15 de fevereiro de 2009 
  6. http://www.fighttrend.com/2009/02/10/ufc-94-fighter-karo-parisyan-tests-positive-for-banned-substances/[ligação inativa]
  7. «UFC's Parisyan suspended until formal hearing». CNN. 18 de fevereiro de 2009. Consultado em 7 de maio de 2010 
  8. Parisyan Suspended Nine Months
  9. «Parisyan vs. Hazelett agreed to for UFC 106». 24 de agosto de 2009. Consultado em 10 de novembro de 2010. Arquivado do original em 29 de agosto de 2009 
  10. «Update: Parisyan Out of UFC 106». 19 de novembro de 2009 
  11. «Neil Melanson: 'Karo is suffering right now'». FiveOuncesOfPain.com. 20 de Novembro de 2009 
  12. «Karo "The Heat" Parisyan Maio sign for Strikeforce'». LowKick.com. 5 de maio de 2010. Consultado em 10 de novembro de 2010. Arquivado do original em 9 de junho de 2010 
  13. http://www.mmafighting.com/2010/09/02/karo-parisyan-welcomed-back-to-ufc-offered-dennis-hallman-at-uf/

Ligações externasEditar

Precedido por:
Shonie Carter
3º campeão Meio-Médio do WEC
21 de maio de 2004 - outubro de 2005
Vago
Parisyan assinou com o UFC
Próximo detentor do título:
Mike Pyle