Abrir menu principal

"Katinka" foi a canção que representou os Países Baixos no Festival Eurovisão da Canção 1962 que teve lugar no Luxemburgo em 18 de março desse ano.

Países Baixos "Katinka"
Festival Eurovisão da Canção 1962
País
Artista(s)
Theo Rekkers
Huug Kok
Grupo
Língua
Neerlandês
Compositor(es)
Joop Stokkermans
Letrista(s)
Henny Hamhuis,
Lodewijk Post
Performance das finais
Resultado da semifinal
------
Pontos da semifinal
------
Resultado da final
13.º
Pontos da final
0
◄ "Wat een dag" (1961)   
"Een speeldoos" (1963) ►

A canção foi interpetada em neerlandês pela banda-duo De Spelbrekers.Foi a oitava canção a ser interpretada na noite do festival, a seguir à canção da Alemanha "Zwei Kleine Italiener", cantada por Conny Froboess e antes da canção da França "Un premier amour", interpretada por Isabelle Aubret. Terminou em 13.º lugar (empatada com outras 3 canções), não tendo obtido qualquer ponto (0 pontos). Neste festival, quatro canções não tiveram qualquer ponto: a da Bélgica "Ton nom", por Fud Leclerc, da Espanha "Llámame" por Victor Balaguer e da Áustria "Nur in der Wiener Luft" por Eleonore Schwarz, No ano seguinte, em 1963, os Países Baixos foram representados por Annie Palmen que interpretou a canção "Een speeldoos".

AutoresEditar

AUTORES
Letrista(s): Henny Hamhuis,
Lodewijk Post
Compositor: Joop Stokkermans
Orquestrador: Dolf van der Linden

LetraEditar

A canção é sobre a Katinka titular - uma jovem, a quem oos cantores vêem todas as manhãs. Eles explicam que ela tem um efeito poderoso sobre os rapazes que a vêem, todos lhe pedem para que ela se vire e dar-lhes "um vislumbre de seu nariz para cima, inclinado".

Referências e Ligações externasEditar