Abrir menu principal
Khalid al-Mihdhar
Nome completo Khalid al-Mihdhar
(em árabe: خالد المحضار)
Nascimento 16 de maio de 1975
Meca, Arábia Saudita
Morte 11 de setembro de 2001 (26 anos)
O Pentágono, Washington, D.C.,  Estados Unidos

Khalid Muhammad Abdallah al-Mihdhar (em árabe: خالد المحضار, Khalid al-Miḥḍār; também transliterado como Almihdhar) (16 de maio de 1975[1] - 11 de setembro de 2001) foi um dos cinco sequestradores do voo 77 da American Airlines, que foi levado a se chocar contra o prédio do Pentágono durante os ataques de 11 de setembro de 2001.

Mihdhar nasceu na Arábia Saudita e lutou na Guerra da Bósnia nos anos 1990. No início de 1999, ele viajou para o Afeganistão, onde, como um jihadista experiente e respeitado, foi escolhido por Osama bin Laden para participar dos ataques de 11 de setembro. Mihdhar chegou à Califórnia com o colega sequestrador Nawaf al-Hazmi em janeiro de 2000, depois de viajar para a Malásia para a Cúpula da al-Qaeda em Kuala Lumpur. Nesta época, a CIA estava ciente de Mihdhar e ele foi fotografado na Malásia com outro membro da al-Qaeda, que estava envolvido no atentado ao USS Cole. A CIA não informou o FBI quando soube que Mihdhar e Hazmi haviam entrado nos Estados Unidos e Mihdhar não foi vigiado até o final de agosto de 2001.

Ao chegar em San Diego, na Califórnia, Mihdhar e Hazmi estavam a treinar como pilotos, mas falava inglês mal e não se deram bem com as aulas de voo. Em junho de 2000, Mihdhar deixou os Estados Unidos rumo ao Iêmen, deixando Hazmi em San Diego. Mihdhar passou algum tempo no Afeganistão no início de 2001 e voltou para os Estados Unidos no início de julho de 2001. Ele ficou em Nova Jersey entre julho e agosto de 2001, antes de chegar na área de Washington D.C., no início de setembro de 2001.

Na manhã de 11 de setembro de 2001, Mihdhar embarcou no voo 77 da American Airlines, que foi sequestrado cerca de 30 minutos após a decolagem. O avião foi levado a propositalmente se chocar contra o Pentágono, matando todas as 64 pessoas a bordo da aeronave, junto com as 125 no chão. Ele tinha ganho um visto permanente nos Estados Unidos no mesmo ano do do atentado das mãos da Shayna Steinger.[2]

É acreditado que o terrorista teria ainda tido ativa participação no planejamento do ataque suicida contra o destroyer americano USS Cole, em 12 de outubro de 2000, ceifando a vida de 17 marinheiros e deixando outros 39 feridos. [3]

Referências

  1. There is some discrepancy over Mihdhar's date of birth. The National Commission on Terrorist Attacks Upon the United States observes that "Mihdhar uses May 16, 1975 as his birthdate on his ID, as well as on his U.S. visa. See 9/11 and Terror Travel, p. 192 for ID card; see also copy of Mihdhar's visa [1]. George Tenet gave testimony that "The CIA gave Mihdhar's birthdate as May 5, 1975" («11 September 2001 Hijackers» (PDF). Testimony by George Tenet before the Joint Inquiry into Terrorist Attacks Against the United States. Federation of American Scientists (FAS). 18 de junho de 2002. Consultado em 15 de abril de 2013 ).
  2. Profile: Shayna Steinger
  3. Helmore, Edward; York, Ed Vulliamy New (7 de outubro de 2001). «Saudi hijacker 'was key link to bin Laden'». The Guardian (em inglês). ISSN 0261-3077 

BibliografiaEditar

  • «9/11 Commission Report» (PDF). National Commission on Terrorist Attacks Upon the United States. 2004. Consultado em 30 de setembro de 2008 
  • «9/11 and Terror Travel» (PDF). National Commission on Terrorist Attacks Upon the United States. 2004. Consultado em 30 de setembro de 2008  |capítulo= ignorado (ajuda)
  • Aust, Stefan; Der Spiegel Magazine (2002). Inside 9-11: What Really Happened. [S.l.]: MacMillan. ISBN 0-312-98748-X 
  • Burke, Jason (2004). Al-Qaeda: The True Story of Radical Islam. [S.l.]: I.B. Tauris. ISBN 1-85043-666-5 
  • Federal Bureau of Investigation (4 de fevereiro de 2008). «Hijackers' Timeline» (PDF). NEFA Foundation. Consultado em 6 de outubro de 2008. Arquivado do original (PDF) em 12 de outubro de 2008 
  • Fouda, Yosri; Fielding, Nick (2003). Masterminds of Terror: The Truth Behind the Most Devastating Terrorist Attack the World Has Ever Seen. [S.l.]: Arcade. ISBN 1-55970-708-9 
  • McDermott, Terry (2005). Perfect Soldiers: The Hijackers: Who They Were, Why They Did It. [S.l.]: HarperCollins. ISBN 0-06-058469-6 
  • Smith, Paul J. (2005). Terrorism and Violence in Southeast Asia: Transnational Challenges to States and Regional Stability. [S.l.]: M.E. Sharpe. ISBN 0-7656-1433-2 
  • Wright, Lawrence (2006). The Looming Tower: Al Qaeda and the Road to 9/11. [S.l.]: Alfred A. Knopf. ISBN 0-375-41486-X 
  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.