Kitana é uma personagem fictícia da série de jogos Mortal Kombat, introduzida em Mortal Kombat II, de 1993. Uma das personagens principais da trama da franquia, Kitana é princesa de Outworld, sendo filha adotiva do imperador Shao Kahn, e mais tarde descobre ser filha da família real de Edenia, a rainha Sindel e o rei Jerrod. Kitana tem como arma leques com lâminas que usa contra seus inimigos.

Kitana
Cosplayer de Kitana.
Informações gerais
Série Mortal Kombat
Primeiro jogo Mortal Kombat II (1993)
Designer John Tobias e Ed Boon
Dublador em inglês Cree Summer (DotR)
Rosalind Dugas (MK4)
Lita Lopez (MK:SM)
S.G. Willie (MKvDCU)
Karen Strassman (2011-2015)[1]
Kari Wahlgren (MK11)
Grey Griffin (MKL:SR)
Dublador brasileiro Fernanda Bullara
Captura de movimentos Katalin Zamiar (MKII)
Becky Gable (UMK3, MKT)
Lorrisa Julianus (MKvDCU)[2]
Brenda Barrie (MK2011)[3]
Emily Marso (MK11)[4]
Kaprice Imperial (MK11, Facial)[5]
Interpretado por Talisa Soto (1995-1997)
Dara Tomanovich (Conquest)
Audie England (Conquest)
Samantha Jo (Legacy)
Informações pessoais
Alinhamento Bem (linha do tempo original). Mal (espectro Imperatriz do Submundo)
Terra natal Edenia
Arma Leques com lâminas
Estilo(s) de luta Garra de Águia (MK:DA, MK:U)
Ba Gua (MK:DA, MK:U, MK:A)

ConcepçãoEditar

Durante o desenvolvimento de Mortal Kombat, John Tobias concebeu uma personagem não-jogável chamada "Kitsune", que brandia um leque e serviria de arauto para o vilão Shang Tsung, uma princesa que se apaixonaria por Liu Kang e trairia o pai. Quando chegou a continuação, Tobias retrabalhou a ideia ao criar o superior de Shang, Shao Kahn, e mantendo o conceito da princesa fez dela enteada de Kahn.[6] O novo esboço acrescentou um véu, que poderia transmitir tanto realeza quanto ilusão, e sais como armas. Quando Tobias apresentou a personagem para Ed Boon, este sugeriu uma duplicata de cor diferente similar ao que havia sido feito com Scorpion e Sub-Zero. Tobias seguiu essa ideia concebendo irmãs gêmeas que ilustrariam as lutas por poder de Outworld. Como o nome Kitsune é um termo japonês, foi rejeitado por não combinar com a origem chinesa dos nomes Shang e Shao, e Tobias combinou Kitsune e Katana para fazer algo "genericamente asiático suficiente". Ao mesmo tempo, a irmã má Mileena herdaria as sai enquanto Kitana usaria leques com lâminas.[7]

Para interpretar Kitana, Katalin Zamiar, uma praticante de caratê e taekwondo que era dona da academia que Boon e Tobias frequentavam, foi recomendada por seu irmão, um fã de Mortal Kombat que queria vê-la na sequência.[8][9] Zamiar então foi introduzida por meio do ator Daniel Pesina para ser a intérprete das ninjas femininas,[10] chegando a treinar kung fu para o papel.[11] O traje de Kitana (que teria suas cores alteradas para a criação de Mileena e Jade) foi confeccionado a partir de um traje de banho, as botas foram presas com elásticos, enquanto a máscara foi presa ao nariz com fita adesiva dupla face.[12][13][9][14] Os leques eram de Zamiar, cobertos de papel refletivo e pintados no computador para parecerem metálicos.[15] Problemas legais de Zamiar com a Midway Games levaram-na a não repetir o papel quando Kitana voltou em Ultimate Mortal Kombat 3,[16] sendo então substituída por Becky Gable.[17] Gable usou uma roupa mais reveladora,[13] dessa vez vermelha para destacar mais da tela azul.[18] Em Mortal Kombat X, o traje de Kitana foi redesenhado para em contraste aos anteriores que ressaltavam a realeza da personagem, dessa vez parecer mais guerreira, com roupas inspiradas em ninjas.[19]

HistóriaEditar

Kitana é a princesa de Edenia, tem mais de 10.000 anos, embora aparente ter por volta dos vinte.[20] Pela maior parte de sua vida acreditou ser filha de Shao Kahn com a rainha Sindel, e atuava como leal assassina de Kahn ao lado da irmã Mileena e a amiga Jade. Porém ela eventualmente descobriu que Kahn matou seu pai, rei Jerrod, e desposou Sindel para tomar controle de Edenia. Ao mesmo tempo em que Kahn punha Kitana sob um feitiço para mantê-la fiel, ele ordenou a seu subordinado Shang Tsung para criar uma cópia da princesa.[21] O clone, Mileena, espionaria Kitana para matá-la e substituí-la caso ela se rebelasse contra Kahn. Descobrindo toda as mentiras de sua vida, Kitana se rebelou e se uniu aos heróis da Terra contra os exércitos de Kahn, chegando a desenvolver um discreto interesse amoroso por Liu Kang. Seu plano foi descoberto por Mileena, que a atacou, forçando Kitana a se defender. Ela derrotou e matou Mileena, revelando abertamente que ela não era mais leal à Shao Kahn. [22]

Durante os eventos de Mortal Kombat 3 (onde ela aparece no final de Liu Kang) e Ultimate Mortal Kombat 3 (em que foi adicionada como personagem jogável), Kitana é levada à julgamento por traição e pelo assassinato de Mileena. Após a ressureição de sua mãe e a subsequente invasão de Shao Kahn à Earthrealm, Kitana planejou sua fuga para unir-se novamente à seus amigos. Seu único objetivo era encontrar Sindel e remover o mal de sua alma. Jade e Reptile são mandados por Kahn para capturá-la, mas ela convence Jade à ajudá-la em sua missão. Elas se livram de Reptile e conseguem livrar a alma de Sindel do controle de Kahn, que tem seus exércitos derrotados. Liu Kang derrota Shao Kahn e, depois disso, ela resolve voltar com sua mãe para Edenia. Antes de partir de Earthrealm, Kitana agradece Liu Kang pela enorme ajuda que este lhe deu.

Shinnok e Quan Chi, vindos de Netherealm, invadem Edenia e aprisionam Kitana e Sindel, dentre muitos outros membros do reino. Conseguindo escapar com a ajuda de Mileena, que fora ressucitada por Shinnok e desejava uma revanche, Kitana derrota novamente sua "irmã" e a prende em uma cela localizada abaixo da sala do trono de Edenia. Os exércitos de Shinnok são derrotados por Raiden e seus aliados, libertando Edenia novamente. Depois desses eventos, Kitana propõe à Liu Kang que governe Edenia ao seu lado, como Rei e Rainha. Ele relutantemente recusa a proposta, alegando que seu lugar é o de campeão em Earthrealm.

Após a derrota de Shinnok, Kitana descobre que Shao Kahn sobreviveu à luta em Earthrealm e estava recompondo forças em Outworld. Decorrente à isso ela forma uma aliança com os Shokans, uma poderosa raça que caiu em desgraça por causa do enfraquecido imperador. Liderando exércitos ao lado de Goro, Kitana marchou contra os exércitos de Outworld pouco tempo depois, tendo sucesso no início. Depois, quando Goro é mortalmente ferido por Noob Saibot, os shokans abandonam a batalha, enfraquecendo o poder de Kitana.

Em Mortal Kombat: Deadly Alliance, Kitana descobre que Shao Kahn foi morto por assassinos desconhecidos. Pensando que finalmente havia terminado sua luta, começou sua jornada de volta à Edenia, acreditando que poderia viver em paz. É quando encontra seu velho aliado Kung Lao, que a informa sobre a Aliança Mortal entre Quan Chi e Shang Tsung, seus planos de reviver o exército de mortos-vivos do lendário rei-dragão Onaga e a responsabilidade pelas mortes de Shao Kahn e Liu Kang.

Arrasada ao saber da morte de Liu Kang, Kitana resolve se aliar aos seus velhos companheiros de Earthrealm e buscar vingança da Aliança Mortal, porém acaba sendo derrotada juntamente com seus amigos. Porém, a vitória foi curta. Pouco tempo depois, Onaga adentrou o palácio de Shang Tsung e Raiden viu como única saída explodir todo o local, o que culminou nas mortes de Quan Chi e Shang Tsung. Mas a explosão não causou nenhum dano a Onaga, que ressucitou Kitana e seus amigos, fazendo deles seus seguidores fiéis. Devido ao controle de Onaga sobre si, ela acaba invadindo o próprio reino, Edenia.

Em Mortal Kombat: Deception, Onaga usa Kitana para capturar a rainha Sindel, sabendo que ela não agiria contra a própria filha. Felizmente Sindel foi libertada por Jade, e juntas elas fogem para Outworld para planejar a derrota de Onaga e o resgate de Kitana. Desconhecido por Kitana, o espírito de Liu Kang, que era capaz de transitar entre os vivos devido ao forte vínculo que tinha com ela, encontra um aliado e amigo no ninja Ermac. Os dois embarcam numa missão para salvar Kitana e o resto de seus amigos.

Ermac e Liu Kang tem total sucesso em libertar Kitana e os outros heróis da Terra do controle de Onaga. Depois, quando ela retorna à Edenia, ela encontra Blaze, que adverte um perigo que tornará a ameaçar todos os reinos. Kitana está desmotivada e cansada de constantes batalhas, mas Blaze avisa que as guerras tendem à aumentar. Após esse alerta, Kitana retorna em Mortal Kombat: Armageddon, lutando por Edenia. Durante os eventos, ela foi acompanhada pelo espírito de Liu Kang, pretendendo mantê-lo inteiro até que encontrasse uma maneira de reuní-lo ao seu corpo novamente. Mais tarde eles encontram Nightwolf, que assume a responsabilidade de cuidar de Kang. Contra a vontade de ambos, Kitana e Liu Kang se separam novamente.

Em Mortal Kombat 2011, que reconta a história dos três primeiros jogos, Kitana é enviada junto de Jade por Shao Kahn para combater no torneio Mortal Kombat. Ela é derrotada por Liu Kang e se surpreende quando ele poupa sua vida. Depois Raiden revela que Kitana supostamente ser filha de Shao Kahn é mentira, levando Kitana a ir para os poços de carne de Shang Tsung, onde descobre a recém-criada Mileena. Kitana diz a Kahn que Shang Tsung quer substituí-la, só pra descobrir que o próprio imperador ordenou a criação de Mileena, e então aprisiona Kitana em seu palácio. Liu Kang liberta Kitana, e junto de Jade a princesa se une aos combatentes da Terra contra Outworld. Na batalha, Kitana é uma das muitas vítimas da mãe corrompida de Kitana, Sindel, e na cena final é revelada como tendo sido ressuscitada por Quan Chi no Netherrealm para combater Raiden.

A versão morta-viva de Kitana surge em Mortal Kombat X, e após a morte de Quan Chi e a derrota de Shinnok se torna governante de Netherrealm junto de Liu Kang.

Em Mortal Kombat 11, além da Kitana morta-viva que se une à guardiã do tempo Kronika para tentar criar uma nova cronologia sem Raiden, uma Kitana jovem é trazida do passado.

Em outras mídiasEditar

Referências

  1. «Characters - Voice Of Kitana». Behindthevoiceactors.com. Consultado em 1 de novembro de 2013 
  2. «Geode Press LLC - Continued Interview with Lorrisa Julianus AKA Zenobia». Geodepress.com. 8 de janeiro de 2013. Consultado em 20 de maio de 2015. Cópia arquivada em 2 de abril de 2015  Parâmetro desconhecido |url-status= ignorado (ajuda)
  3. «MP Management Chicago». Instagram.com. Consultado em 29 de abril de 2019 
  4. «Instagram». @missmarso. 23 de abril de 2019. Consultado em 24 de abril de 2019 
  5. «Instagram». @mpmanagementchicago. Consultado em 29 de abril de 2019 
  6. ARGpodcast (26 de junho de 2018). «ARGcast Mini #14: Making Mortal Kombat with John Tobias». RetroZap (em inglês). Consultado em 24 de dezembro de 2018 
  7. John Tobias (therealsaibot) no Twitter (21 de April de 2021).
  8. Katalin Rodriguez Ogren. «I am the Original Kitana and No, It Won't Be My Halloween Costume | POW! Mixed Martial Arts & Fitness». Chicagonow.com. Consultado em 20 de maio de 2015 
  9. a b «The On Blast Show Ep10: Katalin Zamiar (Kitana)». Youtube.com. 6 de setembro de 2012. Consultado em 17 de janeiro de 2014 
  10. Katalin Rodriguez Ogren. «Mortal Kombat Still Popular After 20 Years». Chicagonow.com. Consultado em 20 de maio de 2015 
  11. «The Art of Martial Arts: Katalin Rodriguez Ogren | Life Of a Fighter - Your source for Health, Fitness, Nutrition, & MMA. Health Advice & Tips, Workouts, MMA News & Training, UFC Gym, Interviews, and more. What's your fight?». Web.archive.org. 4 de outubro de 2013. Consultado em 20 de maio de 2015. Cópia arquivada em May 8, 2014  Parâmetro desconhecido |url-status= ignorado (ajuda); Verifique data em: |arquivodata= (ajuda)
  12. VideoGames: The Ultimate Gaming Magazine #63 (April 1994), p. 49.
  13. a b «Mean Machines Sega Magazine Issue 42». Archive.org. Consultado em 4 de maio de 2014 
  14. GamePro 58 (May 1994), pages 28-31.
  15. Benedykt Dziubałtowski, Interview with Katalin Ogren - an actress played a character of Kitana, Mileena and Jade in "Mortal Kombat 2", PPA.pl, 09.11.2012.
  16. «The '97 Midway Court Case - Shang Tsung and Kitana Speak!». The Gaming Liberty. February 10, 2011. Consultado em February 2, 2015. Cópia arquivada em February 3, 2015  Parâmetro desconhecido |url-status= ignorado (ajuda); Verifique data em: |acessodata=, |arquivodata=, |data= (ajuda)
  17. «Tips & Tricks - Volume III Issue 1 (1996-01)». Archive.org. Consultado em 4 de maio de 2014 
  18. Random MK fun fact by Ed Boon on TwitPic.
  19. «Mortal Kombat X, Kitana is a signature member of the Mortal Kombat». Netherrealmstudios.tumblr.com. Consultado em 20 de maio de 2015 
  20. «Top 10 Old School Mortal Kombat Characters: Page 2». Game Revolution. Consultado em 10 de janeiro de 2012 
  21. «Mortal Kombat II: Kitana». Mortal Kombat Warehouse. Consultado em 10 de janeiro de 2012 
  22. C.J. Smillie (April 18, 2011). «A History of Violence: A Look Back At The Mortal Kombat Series (Part 1)». Game Rant. Consultado em 10 de janeiro de 2012  Verifique data em: |data= (ajuda)
  23. «Fighting Femmes of Mortal Kombat». Femme Fatales. 6 (7). 8 páginas 
  24. «Starlog Magazine Issue 231». Archive.org. Consultado em 4 de maio de 2014 
  25. Manna Studio (20 de dezembro de 2010). «Full Cast and Crew for "Mortal Kombat: Conquest" (1998)». Web.archive.org. Consultado em 6 de novembro de 2013. Cópia arquivada em 20 de dezembro de 2010 
  26. Ian Fisher, "Sam Tjhia Will Play Princess Kitana in Mortal Kombat: Rebirth", Shogun Gamer, 03/22/2011.