Abrir menu principal

Kolbeinsey (ou Ilha Kolbeinn, Rochedo das Gaivotas, Mevenklint, Mevenklip, ou Meeuw Steen)[1] é uma pequena ilha 105 km ao largo da costa norte da Islândia, 4 km a norte-noroeste da ilha Grímsey. A ilha é o ponto mais a norte da Islândia e fica a norte do Círculo Polar Ártico. É uma plataforma de basalto, desprovida de vegetação, sujeita a rápida erosão pelas ondas e espera-se que desapareça num futuro próximo, provavelmente em 2020, baseado nas taxas de erosão atuais.[2] É uma ilha vulcânica e crê-se que a última erupção teve lugar em 18 de setembro de 1755.

A dimensão original da ilha é desconhecida. Quando foi medida pela primeira vez em 1616, o seu tamanho era de 700 m medidos de norte a sul e 100 m de leste a oeste. Em 1903, já só tinha metade desse tamanho. Em agosto de 1985, tinha 39 m de comprimento.[2] No início de 2001, Kolbeinsey tinha-se reduzido a apenas 90 m2 de área. A altitude máxima atual é de apenas 8 m.

Uma base para que helicópteros pudessem pousar na ilha foi construída em 1989 mas esforços para preservar a ilha ficaram por fazer devido a acordos internacionais com a Dinamarca referentes a fronteira marítimas.[2] A ilha recebeu o seu nome em homenagem a Kolbein Sigmundsson de Kolbeinsdal em Skagafjörður, que se supõe ter encalhado na ilha e aí morrido com a sua tripulação.

Ligações externasEditar

Referências

  1. «Kolbeinn's Isle (Kolbeinsey)». wisc.edu. Consultado em 28 de outubro de 2008 
  2. a b c «Geology and erosion of Kolbeinsey». National Energy Authority of Iceland. Consultado em 4 de novembro de 2008. Arquivado do original em 15 de novembro de 2006