Konrad Krajewski

Konrad Krajewski
Cardeal da Igreja Católica
Esmoleiro Apostólico
Konrad Krajewski em 2020
Hierarquia
Papa Francisco
Atividade eclesiástica
Diocese Diocese de Roma
Nomeação 3 de agosto de 2013
Predecessor Guido Pozzo
Mandato 2013 -
Ordenação e nomeação
Ordenação presbiteral 11 de junho de 1988
Basílica de Kostka
por Władysław Ziółek
Nomeação episcopal 3 de agosto de 2013
Ordenação episcopal 17 de setembro de 2013
Basílica de São Pedro
por Dom Giuseppe Cardeal Bertello
Nomeado arcebispo 3 de agosto de 2013
Cardinalato
Criação 28 de junho de 2018
por Papa Francisco
Ordem Cardeal-diácono
Título Santa Maria Immacolata all'Esquilino
Brasão
Coat of arms of Konrad Krajewski (Cardinal).svg
Lema MISERICORDIA
Dados pessoais
Nascimento Łódź
25 de novembro de 1963 (57 anos)
Nacionalidade polaco
dados em catholic-hierarchy.org
Cardeais
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

Konrad Krajewski (Łódź, 25 de novembro de 1963) é um cardeal católico polonês, atual Esmoleiro Apostólico.

BiografiaEditar

Em 1982 entrou no Seminário da Arquidiocese de Łódź. Ele se formou em teologia pela Universidade Católica de Lublin. Foi ordenado padre em 11 de junho de 1988, por Władysław Ziółek, bispo de Łodź, na Basílica Catedral de Kostka.[1][2] Após a ordenação, ele serviu a diocese por dois anos no trabalho pastoral. Em 1990, continuou seus estudos no Pontifício Ateneu de Santo Anselmo de Roma. Em 5 de março de 1993 obteve a Licenciatura em Sagrada Liturgia. Ele obteve o doutorado em teologia pela Pontifícia Universidade São Tomás de Aquino em 1995. Durante sua estada em Roma, ele colaborou com o Ofício das Celebrações Litúrgicas do Sumo Pontífice. Retornou à diocese em 1995 e serviu como mestre de cerimônias do arcebispo e ensinou liturgia no seminário e para os franciscanos e salesianos. Em 1998 voltou a Roma para trabalhar no Ofício das Celebrações Litúrgicas do Sumo Pontífice. Em 12 de maio de 1999, o Papa João Paulo II o nomeou um dos Mestres de Cerimônias Papal e ocupou o cargo até 2013.[1]

Aos 3 de agosto de 2013 foi nomeado pelo Papa Francisco como Arcebispo da Esmolaria Apostólica[3].

Foi consagrado como arcebispo-titular de Benevento aos 17 de setembro de 2013, no Altar da Cátedra, na Basílica de São Pedro. O sagrante principal foi o Cardeal Giuseppe Bertello, e teve como co-sagrantes Piero Marini, que o inseriu no Corpo dos Cerimoniários Pontifícios, e Władysław Ziółek, Arcebispo de Lodz, arquidiocese cuja Konrad fazia parte do clero.[1][2]

No dia 20 de maio de 2018, dia de Pentecostes, o Papa Francisco anunciou que ele seria nomeado como cardeal no próximo consistório[4]. No Consistório Ordinário Público de 2018, ocorrido em 28 de junho, recebeu o anel cardinalício, o barrete vermelho e o título de cardeal-diácono de Santa Maria Immacolata all'Esquilino.[1][2]

Referências

  1. a b c d The Cardinals of the Holy Roman Church
  2. a b c Catholic Hierarchy
  3. [1] Arquivado em 6 de agosto de 2013, no Wayback Machine., Rinunce e Nomine, 03.08.2013
  4. Francisco nomeia 14 novos cardeais, acesso em 21 de maio de 2018.

Ligações externasEditar

Precedido por
Manuel Monteiro de Castro
 
Arcebispo-titular de Benevento

20132018
Sucedido por
Michael Czerny, S.J.
Precedido por
Guido Pozzo
 
Esmolér Apostólico

2013
Sucedido por
incumbente
Precedido por
criação da diaconia
 
Cardeal-diácono de
Santa Maria Imaculada no Esquilino

2018
Sucedido por
incumbente