Língua rutul

Rutul myxʼabišdy čʼel
Falado em: Rússia (Daguestão), Azerbaijão
Total de falantes: ~29.500
Família: Caucasiana
 Caucasiana do Nordeste
  Lezguiana
   Samur
    Samur oeste
     Rutul myxʼabišdy čʼel
Escrita: Cirílica
Estatuto oficial
Língua oficial de: Daguestão (Rússia)
Regulado por: Sem órgão regulador
Códigos de língua
ISO 639-1: -
ISO 639-2: cau

O rutul (myxʼabišdy čʼel) é uma língua falada pelos rutuls, um grupo étnico que vive no Daguestão, (Rússia) e algumas partes de Azerbaijão. A palavra rutul deriva-se do nome de uma vila do Dagestão onde é falada essa língua.

Rutuls étnicos no Cáucaso

Os falantes são cerca de 29.400 no Daguestão e tão somente 100 no Azerbaijão.[1][2]

ClassificaçãoEditar

O rutul pertence ao grupo lezgui das línguas caucasianas do nordeste.

ExtinçãoEditar

O rutul é uma língua ameaçada de extinção [3] classificada como "definitivamente ameaçada" conforme o Livro Vermelho das Línguas Ameaçadas da UNESCO[4]

HistóriaEditar

O termo Rutul foi usada pela primeira vez no século XV para designar o povo falante das línguas Lézgicas no que são hoje o sul das Daguestão e em Shaki (rayon) no Azerbaijão. Passou a ter uso oficial em 1917 e não tinha uma forma escrita até que se adotou uma forma do alfabeto cirílico em 1990.

FalantesEditar

Os falantes são em gerl bilíngues ou mesmo multilíngues, falando as línguas azeri, russa, lézgica, São oito os dialetos e dois subdialetos. AAA versão literária ainda está em desenvolvimento. Nas regiões com maior população rutul no Daguestão, a língua é ensinada em escolas do primeiro grau (séria 1ª a 4ª).


AlfabetoEditar

A língua rutul usa o alfabeto cirílico próprio, o qual apresenta 51 letras (no russo são 33 letras). Os 18 símbolos adicionais no alfabeto rutul são compostos por grupos de duas letras do alfabeto original, necessários para a complexa fonologia da língua.

А а АI аI Б б В в Г г Гъ гъ Гь гь ГI гI
Д д Дж дж Дз дз Е е Ё ё Ж ж З з И и
Й й К к Къ къ Кь кь КI кI Л л М м Н н
О о П п ПI пI Р р С с Т т ТI тI У у
УI уI Уь уь Ф ф Х х Хъ хъ Хь хь Ц ц ЦI цI
Ч ч ЧI чI Ш ш Щ щ ъ ы ыI ь
Э э Ю ю Я я

HistóriaEditar

O termo rutul foi usado primeiramente no século XV para designar povos falantes do lezgui que corresponde à atual região do sul do Daguestão e do Azerbaijão (Shaki). Esteve em uso oficial desde após 1917. Rutul não foi uma língua escrita até que o sistema da escrita (baseado no alfabeto cirílico) foi desenvolvido em 1990.

Os falantes nativos são frequentemente bilingues ou multilingues tendo fluência em azeri, lezgui e/ou russo. Há oito dialetos do rutul. A versão literária da língua remanesce no processo do desenvolvimento da escrita. Nas regiões ao sul da Rússia povoadas por rutuls a língua é ensinada nas escolas.

Línguas relacionadasEditar

Entre as línguas do grupo lezgui, o tsakhur parece ser o mais próximo ao rutul; à exceção dessas duas, há oito línguas no grupo lezgui: lezgui, Língua tabassarão, agul, budugh, kryts, khinalugh, udi e archi.

Ver tambémEditar

NotasEditar

]

Ligações externasEditar