Língua umutina

Umutina
Falado em: Brasil
Total de falantes:
Família: Macro-jê
 Bororo
  Umutina
Códigos de língua
ISO 639-1: --
ISO 639-2: ---
ISO 639-3: umo

A língua umutina é uma língua pertencente ao tronco linguístico macro-jê, da família bororo.

A partir de 1911, muitas epidemias assolaram a região do Mato Grosso, provocando a morte de quase todos os Umutina. Os sobreviventes passaram a viver junto aos pacificadores do SPI (Serviço de Proteção ao Índio) e foram educados somente na cultura dos brancos, sendo proibidos de falarem sua língua materna.[1]

Em 2012, Luciano Ariabo Quezo, aluno do terceiro ano do curso de Letras da UFSCar, primeiro graduando indígena a desenvolver projeto de Iniciação Científica com bolsa Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP), que visa à criação de um livro didático na língua indígena Umutina, para ser utilizado nas séries iniciais do Ensino Fundamental da aldeia Umutina localizada no município de Barra do Bugres, estado de Mato Grosso.[2]

Referências

BibliografiaEditar

  • CRUZ, M. C. da. Povo Umutína: a busca da identidade linguística e cultural. 189 f. 2012. Tese (Doutorado em Linguística) – Instituto de Estudos da Linguagem, Universidade Estadual de Campinas. 2012.
  • HUARE, D. T. Léxico remanescente Umutina — repertório linguístico de seus lembrantes. 2015. 98 f. Dissertação (Mestrado em Linguística) – Universidade do Estado de Mato Grosso. 2015.
  • SCHMIDT, W. Los Barbados o Umotinas en Matto Grosso (Brasil). Revista de la Sociedad Cientifica del Paraguay, Assunção, v. 5, n. 4, p. 1–51, out. 1941.
  • SCHULTZ, H. Vocabulário dos índios Umutina. Journal de la société des américanistes, Paris, v. 41, n. 1, p. 81–137, 1952.

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre linguística ou um linguista é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.