Línguas cariris

Cariri
Falado em: Brasil
Total de falantes:
Família: Macro-jê
 Cariri
Códigos de língua
ISO 639-1: --
ISO 639-2: ---

Cariri, cairiri ou quiriri (do tupi kiri'ri, "silencioso")[1] é a designação da principal família de línguas indígenas do sertão do Nordeste do Brasil.

Descrição linguísticaEditar

Apesar de comprovadamente presente em todo o semiárido nordestino, apenas quatro das línguas cariris chegaram a ser minimamente descritas, todas elas da região ao sul do rio São Francisco: o dzubukuá, falado por grupos no arco do submédio São Francisco (entre o que é hoje Petrolina e Paulo Afonso); o kipea, falado por índios que se tornaram conhecidos como quiriris (ou Kiriri) principalmente na bacia do Rio Itapicuru, na Bahia; e o camuru (ou cariri) e o sapuiá, de duas aldeias próximas na região de Pedra Branca (bacia do rio Paraguaçu), também na Bahia.

Ver tambémEditar

Referências

  1. FERREIRA, A. B. H. Novo Dicionário da Lìngua Portuguesa. 2ª edição. Rio de Janeiro. Nova Fronteira. 1986. p. 314, 1 438.
  Este artigo sobre linguística ou um linguista é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.