Lúcio Antíscio Burro

Lúcio Antíscio Burro Advento (em latim: Lucius Antistius Burrus Adventus; m. 188) foi um senador romano da gente Antíscia conhecido por ter sido um dos genros do imperador Marco Aurélio e da imperatriz-consorte Faustina.

HistóriaEditar

Burro era membro de uma família de status senatorial de Tíbilis, uma cidade perto de Hipo Régio na província romana da África. Embora ele tenha nascido e sido criado em Tíbilis, sua família não ostentava uma linhagem muito antiga. Burro era filho de Quinto Antíscio Advento Aquilino Póstumo, um general romano que foi cônsul sufecto em 166[1], e de uma nobre chamada Novia Crispina, conhecida apenas através de uma inscrição dedicada a ela quando o marido serviu como governador da Arábia Pétrea.

Em algum momento antes da morte do imperador Marco Aurélio (180), Burro ficou noivo e se casou com a filha mais nova dele, Víbia Aurélia Sabina, com quem viveu em Tíbilis. Cômodo, irmão de Aurélia Sabina, ascendeu ao trono em 180 e Burro serviu como cônsul ordinário no ano seguinte.

Em 188, Antíscio Burro se viu envolvido juntamente com outros senadores em uma conspiração contra Cômodo e acabou sendo executado. Aurélia Sabina não estava envolvida e sobreviveu ao marido em Tíbilis, onde se casou novamente e viveu até a morte.

Árvore genealógicaEditar

Referências

  1. Anthony Birley, The Fasti of Roman Britain, (Oxford: Clarendon Press, 1981), pp. 129-132

BibliografiaEditar

  • Birley, Anthony Richard (2005). The Roman Government of Britain (em inglês). London: Oxford University Press 
  • Birley, Anthony Richard (2000). Marcus Aurelius (em inglês). London: Routledge 
  • Garzetti, Albino (1974). From Tiberius to the Antonines: a history of the Roman Empire AD 14-192 (em inglês). [S.l.: s.n.] 

Ligações externasEditar

Cônsul do Império Romano
 
Precedido por:
'Caio Brúcio Presente

com Sexto Quintílio Condiano

Cômodo III
181

com Lúcio Antíscio Burro

Sucedido por:
'Marco Petrônio Sura Mamertino

com Quinto Tineio Rufo