Lúcio Cesênio Antonino

Lúcio Cesênio Antonino (em latim: Lucius Caesennius Antoninus; c. 95–depois de 128) foi um aristocrata romano da gente Cesênia. Ele foi cônsul sufecto para o nundínio de fevereiro e março de 128 juntamente com Marco Ânio Libão[1].

Lúcio Cesênio Antonino
Nascimento década de 90
Cidadania Roma Antiga
Progenitores
Filho(s) Arria Caesennia Paulina
Ocupação político

Sua ancestralidade é incerta. Ronald Syme afirmou que é possível que ele seja filho de Lúcio Cesênio Sospes, cônsul em 114, mas, em uma nota de rodapé, o próprio Syme admite que Antonino pode ser também neto do irmão dele, Lúcio Júnio Cesênio Peto, cônsul em 79[2].

Ver tambémEditar

Cônsul do Império Romano
 
Precedido por:
'Tito Atílio Rufo Ticiano

com Marco Gávio Ésquila Galicano

Lúcio Nônio Calpúrnio Torquato Asprenas II
128

com Marco Ânio Libão
com Lúcio Cesênio Antonino (suf.)

Sucedido por:
'Públio Juvêncio Celso

com Lúcio Nerácio Marcelo


Referências

  1. E. Mary Smallwood, Principates of Nerva, Trajan and Hadrian (Cambridge: University Press, 1966), p. 9
  2. Syme, "The Enigmatic Sospes", Journal of Roman Studies, 67 (1977), p. 46 and n. 92