Lúcio Dúvio Ávito

político

Lúcio Dúvio Ávito (em latim: Lucius Duvius Avitus) foi um senador romano nomeado cônsul sufecto para o nundínio de novembro a dezembro de 56 com Públio Clódio Trásea Peto. Era oriundo de Vasio Vocontiorum, na Gália Narbonense, e foi o primeiro gaulês a entrar para o Senado Romano.

Lúcio Dúvio Ávito
Cônsul do Império Romano
Consulado 56 d.C.

CarreiraEditar

Antes do consulado, Ávito foi legado imperial propretor da Gália Aquitânia. Ao terminar seu mandato de cônsul, o prefeito pretoriano Sexto Afrânio Burro, que era conterrâneo de Ávito, o nomeou legado da Germânia Inferior para o período entre 57 e 58. Durante seu mandato, Ávito, juntamente com o governador da Germânia Superior, Tito Curtílio Mância, repeliu um ataque dos ampsivários, que haviam ocupado a Frísia, e depois atravessou o Reno para realizar uma campanha punitiva no território deles[1]. Depois disto ele desapareceu das fontes.

Ver tambémEditar

Cônsul do Império Romano
 
Precedido por:
'Nero I

com Lúcio Antíscio Veto
com Numério Céstio (suf.)
com Públio Cornélio Dolabela (suf.)
com Lúcio Aneu Sêneca (suf.)
com Marco Trebélio Máximo (suf.)
com Públio Palfúrio (suf.)
com Cneu Cornélio Lêntulo Getúlico (suf.)
com Tito Curtílio Mância (suf.)

Quinto Volúsio Saturnino
56

com Públio Cornélio Cipião
com Lúcio Júnio Gálio Aniano (suf.)
com Tito Cúcio Cilto (suf.)
com Lúcio Dúvio Ávito (suf.)
com Públio Clódio Trásea Peto (suf.)

Sucedido por:
'Nero II

com Lúcio Calpúrnio Pisão
com Lúcio Césio Marcial (suf.)


Referências

  1. Tácito, Anais XIII 54-56

BibliografiaEditar

  • Der Neue Pauly, Stuttgardiae 1999, T. 3, c. 852