Laódice (mãe de Seleuco I Nicátor)

Laódice
Cidadania Macedônia Antiga
Cônjuge Antíoco (pai de Seleuco I Nicator)
Filho(s) Seleuco I Nicator
Ocupação monarca

Laódice foi a mãe de Seleuco I Nicátor.

Laódice era casada com Antígono, um homem estimado pelos generais de Filipe II da Macedónia, e sonhou que estava concebendo um filho de Apolo, e que, depois de ficar grávida, havia recebido de Apolo um anel onde estava gravada uma âncora.[1]

No dia seguinte, um tal anel foi encontrado na cama, e, quando Seleuco nasceu, a figura da âncora era visível em sua coxa.[1] Laódice deu este anel a Seleuco quando ele partiu nas campanhas de Alexandre, dizendo neste momento sobre a sua paternidade.[1]

Outra versão da lenda conta que a mãe de Seleuco [Nota 1] sonhou que o anel que ela achasse, deveria dar ao filho, e ele se tornaria rei onde perdesse o anel.[2] Ela achou um anel de ferro com uma âncora gravada nele, e Seleuco perdeu este anel próximo do Eufrates.[2]

Quando Seleuco se tornor senhor do leste, ele consagrou uma cidade à sua dupla paternidade: a cidade foi chamada de Antioquia, por causa do seu pai Antíoco, e as planícies em volta da cidade foram consagradas a Apolo.[1] A marca de uma âncora na coxa persistiu por várias gerações de descendentes de Seleuco.[1]

Árvore genealógica baseada na lenda contada por Juniano Justino:

Apolo (deus)
Laódice
Antíoco
Seleuco

Notas e referências

Notas

  1. Apiano não diz qual é o nome da mãe de Seleuco.

Referências

  1. a b c d e Justino, Epítome das Histórias de Pompeu Trogo, 15.4 [la] [en] [en] [fr] [ru]
  2. a b Apiano, As Guerras Sírias, 56 [em linha]

Referências