Abrir menu principal

Lago de cratera

lago formado numa cratera, geralmente vulcânica
Para o lugar e Parque Nacional do mesmo nome, ver Lago Crater.
Lago de Atitlán, Guatemala, um dos mais profundos do mundo
El Lago Crater, no Oregon.
Lago formado após a erupção de 1991 do Monte Pinatubo, Filipinas.
Vulcão Irazu, Costa Rica.(9° 58′ 56″ N, 83° 50′ 59″ O)

Um lago de cratera é uma formação geológica, tratando-se basicamente de um lago formado na caldeira de um vulcão. A sua formação ocorre quando o vulcão está inativo durante certo tempo e a quantidade de água que recebe da chuva supera a evaporação e a infiltração. Também podem formar-se numa cratera de impacto, pela queda e colisão de um meteorito com a Terra.

CaracterísticasEditar

Alguns destes lagos têm águas ácidas ou salgadas, devido ao enxofre e minerais que emana lentamente o vulcão (que ainda assim se pode considerar inactivo), como o cratera de Ngoro Nogoro, que tem um lago muito alcalino e salgado, mas alguns têm uma acidez e/ou salinidade muito baixa e são doces.

Alguns destes vulcões apresentam atividade suficiente para considerar as suas águas como termais.

Lagos de cratera vulcânicosEditar

ÁsiaEditar

EuropaEditar

OceaniaEditar

AméricaEditar

ÁfricaEditar

Lagos de cratera meteóricosEditar

Ligações externasEditar

 
Também pode haver lagos de cratera fora da Terra; aqui, uma imagem artística de um em Titã, lua de Saturno.
 
Lago Bosumtwi, no Gana, de origem meteórica.