Abrir menu principal
Lana
Voleibol
Nome completo Lana Silva Conceição
Apelido Lana
Modalidade Voleibol indoor
Nascimento 8 de dezembro de 1996 (22 anos)
São Paulo, São Paulo|SP
Nacionalidade brasileira
Compleição Peso: 68 kg Altura: 1,82 m
Clube Brasil Camponesa/Minas
Medalhas
Competidora do Bandeira do Brasil Brasil
Jogos Sul-Americanos
Bronze Santiago 2014 Equipe
Campeonato Sul-Americano Sub-23
Ouro Lima 2016 Equipe
Campeonato Mundial Sub-20
Prata Porto Rico 2015 Equipe
Campeonato Sul-Americano Sub-20
Ouro Barrancabermeja 2014 Equipe
Campeonato Mundial Sub-18
Bronze Nakhon Ratchasima 2013 Equipe
Campeonato Sul-Americano Sub-18
Prata Callao 2012 Equipe
Competidora de Camponesa/Minas
Campeonatos Mundiais
Prata Shaoxing 2018 Equipe
Campeonato Sul-Americano de Clubes
Ouro Belo Horizonte 2019 Equipe

Lana Silva Conceição (São Paulo, 8 de dezembro de 1996) é uma voleibolista indoor brasileira, atuante na posição Ponteira, com marca de alcance de 305 cm no ataque e 288 no bloqueio, servindo a seleção brasileira foi medalhista de bronze nos Jogos Sul-Americanos de 2014 no Chile, na base foi medalhista de prata no Campeonato Sul-Americano Infantojuvenil de 2012 no Peru e medalhista de bronze no Campeonato Mundial Infantojuvenil de 2013 na Tailândia, medalhista de ouro no Campeonato Sul-Americano Juvenil de 2014 na Colômbia, medalhista de prata na edição do Campeonato Mundial Juvenil de ̄2015 em Porto Rico, medalhista de ouro no Campeonato Sul-Americano Sub-23 de 2016 no Peru, e atuando por clubes conquistou a medalha de prata no Campeonato Mundial de Clubes de 2018 na China.

Índice

CarreiraEditar

Desde a categoria infantojuvenil esteve presente na base da seleção brasileira e disputou o Campeonato Sul-Americano Infantojuvenil de 2012 em Callao obtendo a medalha de prata[1][2].

Revelada nas categorias de base do São José dos Campos Vôlei foi contratada pelo Sollys/Nestlé/Osasco para o restante da temporada 2012-13[3] e disputou pela seleção brasileira a edição do Campeonato Mundial Infantojuvenil de 2013 em Nakhon Ratchasima, Tailândia[4].

No ano de 2014 foi a capitã da seleção brasileira cujo elenco enviado para ganhar experiência e em sua maioria da categoria juvenil, e disputou a edição dos Jogos Sul-Americanos de Santiago, Chile, ocasião que terminou com a medalha de bronze, época que foi contratada para o EC Pinheiros[5], também disputou a edição do Campeonato Sul-Americano Juvenil de 2014 em Barrancabermeja [6] e conquistando a medalha de ouro[7].

No ano seguinte foi contratada pelo Renata Valinhos/Country Club[8], novamente foi convocada para Seleção Brasileira e disputou a edição do Campeonato Mundial Juvenil de 2015 realizado em Porto Rico[9] sagrando-se medalhista de prata[10]

Em 2016 foi convocada para representar a seleção brasileira na edição do Campeonato Sul-Americano Sub-23 realizado em Lima[11]e foi premiada como a segunda melhor central integrando a seleção do campeonato[12]

Na temporada de 2017-18 atuou novamente pelo Pinheiros/Klar[13].

Integrou o elenco do Camponesa/Minas para temporada 2018-19 [14]e sagrou-se campeã da edição do Campeonato Mineiro de 2018[15] e disputou a edição do Campeonato Mundial de Clubes de 2018 realizado em Shaoxing[16] e conquistou a medalha de prata[17].

Pelo Itambé/Minas conquistou o título da Copa Brasil de 2019 realizada em Gramado[18] e foi bicampeã do Campeonato Sul-Americano de Clubes de 2019 realizado novamente em Belo Horizonte[19];e contribuiu para conquista do clube do título da Superliga Brasileira 2018-19[20].

Títulos e resultadosEditar

Premiações individuaisEditar

Referências

  1. «Brasil começa Sul-Americano Infanto-Juvenil de Vôlei com vitória». Click RBS (em portugues). 22 de novembro de 2012. Consultado em 9 de dezembro de 2018. Cópia arquivada em 9 de dezembro de 2018 
  2. CSV (27 de novembro de 2012). «SUDAMERICANO MENORES FEMENINO:Perú hace historia al obtener título Sudamericano luego de 32 años» (em espanhol). Consultado em 9 de dezembro de 2018 
  3. «Sollys/Nestlé apresenta jogadoras da seleção de base para a Superliga». Melhor do Vôlei. 29 de setembro de 2014. Consultado em 9 de dezembro de 2018. Cópia arquivada em 9 de dezembro de 2018 
  4. «Brasil é bronze no Mundial Infanto-Juvenil de Vôlei Feminino». Click RBS (em portugues). 4 de agosto de 2013. Consultado em 9 de dezembro de 2018. Cópia arquivada em 9 de dezembro de 2018 
  5. «Lana valoriza experiência nos Jogos Sul-Americanos e sonha com Superliga». O Estadão. 14 de março de 2014. Consultado em 9 de dezembro de 2018. Cópia arquivada em 9 de dezembro de 2018 
  6. «Seleção Juvenil Feminina estreia nesta terça-feira no Sulamericano da categoria». Melhor do Vôlei. 29 de setembro de 2014. Consultado em 9 de dezembro de 2018. Cópia arquivada em 9 de dezembro de 2018 
  7. «SUDAMERICANO JUVENIL:Brasil campeón y clasificado al Mundial». CSV (em espanhol). 5 de outubro de 2014. Consultado em 9 de dezembro de 2018 
  8. «Renata Valinhos/ Country acerta com duas jogadoras para reforçar a equipe.». Voleibol Interior.com. 15 de dezembro de 2015. Consultado em 9 de dezembro de 2018. Cópia arquivada em 9 de dezembro de 2018 
  9. «DOMINICAN REPUBLIC AND BRAZIL SET TO BATTLE FOR WOMEN'S U20 GOLD MEDAL». FIVB (em ingles). 19 de setembro de 2015. Consultado em 9 de dezembro de 2018 
  10. «UNPRECEDENTED GLORY FOR DOMINICAN REPUBLIC AT WOMEN'S U20 WORLD CHAMPIONSHIP». FIVB (em ingles). 20 de setembro de 2015. Consultado em 9 de dezembro de 2018 
  11. Regys Silva (9 de junho de 2016). «Convocada a seleção sub-23 do vôlei feminino do Brasil». Surto Olímpico.com. Consultado em 9 de dezembro de 2018. Cópia arquivada em 9 de dezembro de 2018 
  12. «SUDAMERICANO U23: BRASIL BICAMPEÓN». CSV (em espanhol). 1 de agosto de 2016. Consultado em 9 de dezembro de 2018 
  13. «Esporte Clube Pinheiros-Elenco- 2017/2018». CBV. 2017. Consultado em 9 de dezembro de 2018. Cópia arquivada em 9 de dezembro de 2018 
  14. Júnior Barbosa (9 de dezembro de 2018). «Camponesa/Minas anuncia mais três reforços para a próxima temporada». Melhor do Vôlei. Consultado em 9 de dezembro de 2018. Cópia arquivada em 9 de dezembro de 2018 
  15. a b Rodrigo Gini (7 de novembro de 2018). «Minas Tênis supera o Praia Clube e fica com o título no Mineiro Adulto Feminino de Vôlei». Hoje Em Dia. Consultado em 9 de dezembro de 2018. Cópia arquivada em 7 de novembro de 2018 
  16. Carolina Canossa (8 de dezembro de 2018). «Minas faz história e Praia Clube esbarra na força da nova geração turca». Saída de Rede. Consultado em 9 de dezembro de 2018. Cópia arquivada em 9 de dezembro de 2018 
  17. Daniel Rodrigues (9 de dezembro de 2018). «Mundial de Clubes: Zhu é eleita a MVP e três brasileiras entram para seleção do torneio». Melhor do Vôlei. Consultado em 9 de dezembro de 2018. Cópia arquivada em 9 de dezembro de 2018 
  18. a b «Minas bate Praia Clube de virada e conquista título inédito da Copa Brasil». GloboEsporte.com. 2 de fevereiro de 2019. Consultado em 23 de fevereiro de 2019. Cópia arquivada em 23 de fevereiro de 2019 
  19. «Minas atropela o Praia, conquista o Sul-Americano e garante classificação para o Mundial». GloboEsporte.com. 23 de fevereiro de 2019. Consultado em 23 de fevereiro de 2019. Cópia arquivada em 23 de fevereiro de 2019 
  20. «O domínio é azul: Minas se impõe, bate o Praia Clube e é campeão da Superliga após 17 anos». Globo Esporte. 26 de Abril de 2019. Consultado em 26 de Abril de 2019 

.

Ligações externasEditar