Abrir menu principal
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde outubro de 2010). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Larissa Luz
Larissa Luz em 2009.
Informação geral
Nome completo Larissa Luz de Jesus
Nascimento 15 de maio de 1987 (32 anos)
Local de nascimento Salvador, Bahia
Brasil
Nacionalidade brasileira
Gênero(s) MPB, pagode baiano, samba-reggae, trap, rap, dubstep, rock, ijexá[1]
Ocupação(ões) Cantora, compositora e atriz
Gravadora(s) Independente
Afiliação(ões) Ara Ketu
Página oficial larissaluz.com.br

Larissa Luz de Jesus (Salvador, 15 de maio de 1987) é uma cantora, compositora e atriz brasileira.[2] Larissa se identifica com os movimentos estéticos afrofuturismo e afropunk.[1]

Índice

BiografiaEditar

Larissa Luz nasceu em Salvador, Bahia, em 1987. Filha de uma professora de português chamada Regina Luz e cresceu em meio a livros e música. Aos dez anos começou a cursar canto e teclado no curso Tom Musical com a professora Soraya Aboim.[2] Desde então não parou mais. Seguiu com o propósito de ser cantora e fez curso livre de violão na UFBA e teatro. Começou então a apresentar-se em shopping. Participou de outros movimentos artísticos como por exemplo concurso de desenho e sua peça tornou-se conhecida em toda a Bahia.

Ao longo dos anos, foi aprimorando seus conhecimentos na área da música e do teatro deixando para trás o desenho. Cantou em bares de Salvador, como o Pedra da Sereia, depois na banda Lucy in the Sky, Egrégoras e no grupo Interart[3] ela fez diversas apresentações em navios. Larissa integrou a banda Ara Ketu entre 2007 e 2012, quando o antigo vocalista, Tatau, voltou a fazer parte do grupo.

Foi indicada ao Grammy Latino de 2016 na categoria de Melhor Álbum Pop Contemporâneo em Língua Portuguesa pelo álbum Território Conquistado.[4][5]

Em 2018, interpretou Elza Soares na peça de teatro musical "Elza".[6]

Em 2019, foi a intérprete oficial da São Clemente, onde formou trio com Bruno Ribas e Leozinho Nunes.[7].

DiscografiaEditar

Álbuns de estúdio
  • 2012: Mundança
  • 2016: Território Conquistado

Referências

  1. a b Sobral: Rec-beat promove o poder feminino com shows de Karina Buhr e Larissa Luz
  2. a b «Larissa Luz». Dicionário Cravo Albin da Música Popular Brasileira. Consultado em 20 de novembro de 2016 
  3. http://atarde.uol.com.br/cultura/teatro/noticias/1721912-vivendo-no-rj-larissa-luz-investe-na-musica-e-no-teatro Vivendo no RJ, Larissa Luz investe na música e no teatro]
  4. Line, A TARDE On. «Larissa Luz é a única baiana a concorrer ao Grammy Latino 2016». Portal A TARDE 
  5. Line, A TARDE On. «Reinvenção de Luz». Portal A TARDE 
  6. Larissa Luz vive Elza Soares em espetáculo musical
  7. São Clemente (18 de setembro de 2018). «Nova voz! Larissa Luz, do musical Elza, é a nova intérprete da São Clemente». Consultado em 13 de outubro de 2018 

Ligações externasEditar