Laso de Hermíone (em grego: Λάσος ὁ Ἑρμιονεύς) foi um poeta lírico grego do século VI a.C. da cidade de Hermíone na Argólida. Ele é conhecido por ter atuado em Atenas durante o reinado de Pisístrato. De Musica, do Pseudo-Plutarco, credita-lhe as inovações do hino do ditirambo. De acordo com Heródoto, Laso também expôs as falsificações de Onomácrito dos oráculos de Museu.[1]

Referências

  1. Heródoto 7.6.3-5

Ligações externasEditar