Legio III Italica

Disambig grey.svg Nota: Para outros significados de Legio III, veja Legio III (desambiguação).

Legio tertia Italica ou Legio III Italica ("Terceira legião Italiana") foi uma legião do exército imperial romano mobilizada pelo imperador Marco Aurélio por volta do ano 165 para a sua campanha contra os Marcomanos. O cognome Italica sugere que os legionários foram recrutados originalmente na Itália. A legião ainda estava ativa na Récia e em outras províncias no século V (Notitia Dignitatum, circa 420).

Legio III Italica
Antoninianus Gallienus 260-leg 3 Italica.jpg
Moeda de circa 260 do imperador Galiano, com seu busto no anverso e o texto LEG III ITAL VI P VI F("Legio III Italica', seis vezes leal, seis vezes fiel") e uma cegonha - símbolo da legião - no reverso.
País Império Romano
Denominação Italica, "Italiana" (a partir de 165)
VI Pia VI Fidelis e VII Pia VII Fidelis, "Seis" e "Sete vezes leal e fiel" (após 260)
Criação 165
Extinção século V
Mascote Cegonha
História
Guerras/batalhas Invasão dos marcomanos (165)
Campanha contra os alamanos de Caracala (213)
Campanha contra os sassânidas de Gordiano III (243-244)
Campanha de Aureliano contra o Império de Palmira (273)
Comando
Comandantes
notáveis
Caracala (campanha)
Gordiano III (campanha)
Aureliano (campanha)
Sede
Guarnição Castra Regina (Ratisbona), Germânia (165 - séc. V)

Juntamente com as legiões II Italica e a I Adiutrix, a III Italica esteve nas províncias do Danúbio desde o começo, lutando contra os Marcomanos, que haviam invadido as províncias da Récia e Nórica. Em 171, a Terceira construiu o campo de Castra Regina (que se tornaria Ratisbona), projetado como uma posição encastelada fortemente defendida.

Na guerra civil de 193, esta legião apoiou Sétimo Severo e ajudou-o a derrotar seus oponentes: primeiro Pertinax e Dídio Juliano, posteriormente Pescênio Níger e Clódio Albino. A lealdade da III Italica se estendeu posteriormente para o seu sucessor, o imperador Caracala, por quem eles lutaram em 213 numa campanha contra os alamanos.

Uma vez que há registro do cognome III Italica Gordiana, vexillationes (sub-unidades) desta legião estiveram envolvidas na campanha do imperador Gordiano III contra o Império Sassânida em 243 - 244

Como parte de um poderoso exército no Danúbio, a III Italica tomou parte nas frequentes disputas pelo poder do século III Ela lutou em favor de Galiano (r. 253–268) contra o seu rival Póstumo (r. 260–269) e, por isso, recebeu os títulos de VI Pia VI Fidelis e VII Pia VII Fidelis ("Seis" e "Sete vezes leal e fiel"). O acampamento principal da III Italica ainda era Ratisbona, mas eles foram incluídos na campanha comandada pelo imperador Aureliano contra os palmirenses da rainha Zenóbia em 273

Sub-unidades desta legião, uma comitatense, é mencionada na Notitia Dignitatum como estando ainda em Castra Regina e nas províncias do Danúbio no início do século V

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar