Lei da Uplândia

Lei da Uplândia
Criado 1296
Ratificado 1296
Propósito Lei provincial da Uplândia e Gestrícia
Autoria Birger Persson
Signatários Birger Magnusson

A Lei da Uplândia (em sueco: Upplandslagen) foi a lei oficial das províncias históricas suecas da Uppland e da Gästrikland, durante a Idade Média, de 1296 até cerca de 1350, altura em que foi substituída pela Lei Nacional de Magnus Eriksson. Foi elaborada por uma comissão chefiada pelo homem de leis Birger Persson e ratificada pelo rei Birger Magnusson. [1][2][3][4]

As leis provinciais da Suécia medieval contêm importante informação sobre a sociedade, cultura e língua da época.[2] A Lei da Uplândia mostra influências do direito europeu na monarquia sueca, neste caso através da Universidade de Bolonha, na Itália.[5] Existem atualmente 5 manuscritos, com o texto praticamente integral desta lei, na Universidade de Upsália, na Biblioteca Nacional da Suécia, no palácio de Ängsö e na casa senhorial de Esplunda.[1]

Ver tambémEditar

Referências

  1. a b «Upplandslagen» (em sueco). Nationalencyklopedin – Enciclopédia Nacional Sueca 
  2. a b Göran Inger. «Landskapslag» (em sueco). Nationalencyklopedin – Enciclopédia Nacional Sueca 
  3. Lars-Olof Delsing. «Upplandslagen» (em sueco). Instituionen för nordiska språk i Lund 
  4. Renan Marques Birro (2013). «Rex perpetuus Norvegiae: a sacralidade régia na monarquia norueguesa e a santificação de Óláfr Haraldsson (c.995-1030) à luz da literatura latina e vernacular (sécs.XI-XII)». Universidade Federal Fluminense. p. 77. Consultado em 29 de dezembro de 2018 
  5. «Upplandslagen gjorde Sverige till en territoriell monarki» (em sueco). Nättidningen Svensk Historia 2000-2016 

Ligações externasEditar