Leonard Chess

Leonard Chess
Nascimento 12 de março de 1917
Motal
Morte 16 de outubro de 1969 (52 anos)
Chicago
Residência Chicago
Cidadania Estados Unidos
Filho(s) Marshall Chess
Irmão(s) Phil Chess
Ocupação produtor musical, executivo de música
Prêmios Prêmio Grammy Trustees
Causa da morte parada cardiorrespiratória

Leonard Chess (Motal, 12 de março de 1917 – Chicago, 16 de outubro de 1969) foi o fundador da Chess Records. Influência no desenvolvimento do blues elétrico.

Início de sua vidaEditar

Nascido Lejzor Czyz em uma comunidade judia em Motal, Polônia. Ele e seu irmão Fiszel, irmã Malka e mãe seguiram seu pai para Chicago em 1928. O nome da família foi mudado para Chess, com Lejzor se tornando Leonard e Fizsel se tornando Philip.

Chess RecordsEditar

Leonard e seu irmão Phil se envolveram na cena de clubes noturnos negros do sul de Chicago em 1946, quando eles fundaram o Macomba Lounge. Em 1947, Leonard se associou com a Aristocrat Records, aumentando sua parte na companhia com o tempo; eventualmente ele e Phil viriam a tomar controle total. Os irmãos Chess mudaram a companhia de pop negro, jazz e outros gêneros para blues sulista com artistas como Muddy Waters. Em 1950, os irmãos Chess trocaram o nome da companhia para Chess Records. My foolish heart (Gene Ammons), Rollin Stone (Muddy Waters) e That's all right (Jimmy Rogers) estavam entre os primeiros lançamentos do novo selo. Leonard Chess tocou baixo e bateria em uma das sessões de gravação de Muddy Waters em 1951.

Leonard entrou em contato com Sam Philips (da Sun Records) para ajudá-lo a encontrar e gravar novos artistas do sul. Phillips forneceu Chess com gravações de Howlin' Wolf, Rufus Thomas, e Doctor Ross entre outros. Desses, Howlin' Wolf especialmente se tornou muito popular, e a Chess Records teve que lutar por ele contra outras companhias que também receberam gravações de Wolf feitas por Phillips. Ao mesmo tempo, outros artistas importantes ingressaram, incluindo Bo Diddley e Sonny Boy Williamson, enquanto Willie Dixon e Robert Lockwood Jr. tinham um papel significativo nos bastidores compondo músicas e participando como músicos de estúdio. Nos anos 50, o sucesso comercial da Chess Records cresceu com artistas como Little Walter, The Moonglows, The Flamingos e Chuck Berry, e nos anos 60 com Etta James, Fontella Bass, Koko Taylor, Little Milton, Laura Lee and Tommy Tucker assim como os selos subsidiários Checker, Argo e Cadet.

Com o passar dos anos 60, a Chess começou a gravar outros gêneros incluindo gospel, jazz tradicional, comédia e outros. No começo dos anos 60, Leonard se envolveu com o negócio de radiodifusão como dono de parte da rádio WVON-AM e mais tarde adquiriu a WSDM-FM, ambas em Chicago. Em outubro de 1969, poucos meses depois de vender seu selo para a General Recorded Tape (GRT) por 6 milhões e meio de dólares, Leonard Chess morreu de um ataque cardíaco.

Adaptações em FilmeEditar

Leonard Chess foi o foco de dois filmes, Cadillac Records de 2008 onde foi interpretado por Adrien Brody e Who do you love? interpretado por Alessandro Nivola.

Ligações externasEditar

Referências

  • Este artigo foi inicialmente traduzido do artigo da Wikipédia em inglês, cujo título é « Leonard Chess».