Leonardo Franco Vieira de Oliveira (Rio de Janeiro, 3 de abril de 1964) é um ator e produtor brasileiro. No Rio de Janeiro é reconhecido por ser o idealizador e diretor geral do Centro Cultural Solar de Botafogo, um empreendimento cultural de destaque na cidade pelo qual recebeu o Prêmio Shell 2007, na Categoria Especial.[1] Nacionalmente é reconhecido por protagonizar o seriado Preamar da HBO,[2] dirigido por Estevão Ciavatta. Na esteira de Preamar, seu trabalho foi conhecido internacionalmente também por atuar ao lado de Ricardo Darin, no longa La Cordillera, uma produção da Warner,[3] dirigida por Santiago Mitre e que teve sua estreia mundial no Festival de Cannes 2017.

Leonardo Franco

Leonardo Franco em 2022
Nome completo Leonardo Franco Vieira de Oliveira
Nascimento 3 de abril de 1964 (60 anos)
Rio de Janeiro, RJ
Nacionalidade brasileiro
Ocupação
Atividade 1987–presente

Biografia

editar

Foi durante a faculdade de psicologia da UFRJ que Leonardo Franco entrou em contato com as artes cênicas. Influenciado pelas técnicas do psicodrama resolveu aprofundar-se no estudo da interpretação Em 1983 fez seu primeiro curso de teatro no Casa das Artes de Laranjeiras (CAL) com Sergio Brito, fundador do Teatro dos Quatro, depois disto, paralelamente à universidade, começou a estudar a história do teatro nacional e mundial. A ideia de mudar de trajetória o acompanhou até o último ano de faculdade, quando decidiu abandonar a psicologia e seguir a carreira de ator.

Carreira

editar

Em 1987 Leonardo estreou como ator e produtor no papel de Mário, na peça O Voo dos Pássaros Selvagens de Aldomar Conrado, com direção de Rogério Froes.[4] Nós anos seguintes fez O Califa da Rua do Sabão de Artur de Azevedo, Trair e Coçar é Só Começar de Marcos Caruzo, Tem um Psicanalista na nossa Cama de João Bittencourt e Querelle de Jean Genet.[5] Em seguida conhece o ator Raul Cortez que o convidou para fazer a peça O Lobo de Ray-Ban de Renato Borghi,[6] com direção de José Possi Neto.

Nos anos 90, Leonardo foi convidado por Herval Rossano para a série O Portador.[7]Para TV, integrou os elencos de Contos de Verão, Você Decide, O Campeão, Torre de Babel e Chiquititas. Interpretou um dos filhos de Gianfrancesco Guarnieri na novela Canoa do Bagre na TV Record. Em seguida Guarnieri o convidou para ser protagonista de uma de suas peças, Anjo na Contramão, com direção de Roberto Lage.[8] Bibi Ferreira o dirigiu em o Bosque do Coração do Brasil. Na televisão seus trabalhos de destaque foram Contos de Verão, Você Decide, O Campeão e Torre de Babel e Chiquititas.

Em 2002, atuou na novela O Quinto dos Infernos. Franco voltou a trabalhar com Raul Cortez em na peça Rei Lear no papel de Duque de Cornualha. Também no teatro participa de Engraçadinha seus Amores e seus Pecados no Teatro do Banco do Brasil,[9] com direção de Luiz Arthur Nunes.

 
Leonardo (a direita) em 2015 nos bastidores do filme A Cordillera.

Interpretou Ferdinando na peça O Último dos Homens, adaptação de O Colecionador com direção de Marcos Schechtman. E interpretou Hércules na peça Campo de Provas[10] de Aimar Labaki.

Em 2006, Leonardo inaugura seu próprio teatro, o Centro Cultural Solar de Botafogo,[11] empreendimento pela qual recebe o Prêmio Shell na categoria especial.

Em 2008 Leonardo atuou na peça Traição de Harold Pinter, interpretação que lhe rendeu indicação a todos os principais prêmios de teatro. Em 2009 Leo produziu e atuou ao lado de Christiane Torloni na versão feminina do texto de Renato Borghi A Loba de Ray-Ban com direção de José Possi Neto.[12]

Em 2011, foi convidado pelo diretor Estevão Ciavatta para protagonizar a série Preamar lançada pela HBO.[13] Nos dois anos seguintes interpretou Olavo Menezes da novela Malhação.

Logo depois foi destaque no teatro, Leo atuou em Adorável Garoto[14] de Nicky Silver com direção de Maria Maya e foi indicado ao Prêmio APTR de melhor ator.[15] Entre 2012 e 2015, participa das séries Dupla Identidade, direção de Mauro Mendonça Filho e Questão de Família de Sérgio Resende. Em cinema atuou em Minha Família Perfeita e Até que a Sorte nos Separe 3. Em teatro, no mesmo período, traduziu, participou de Pinteresco, Adorável Garoto e traduziu, adaptou, produziu e protagonizou Talk Radio de Erick Bogosian dirigida por Maria Maya.

Em 2016, atuou na novela A Terra Prometida da TV Record com direção de Alexandre Avancini. No mesmo ano atuou em seu longa-metragem de maior destaque; A Cordilheira, trabalhando ao lado de Ricardo Darin, com direção de Santiago Mitre. Uma produção da Warner, onde interpreta o Presidente brasileiro. O filme teve sua estreia mundial no Festival de Cannes. Em 2017 esteve em um dos papeis principais da telenovela medieval e Belaventura, interpretando o cavaleiro real Mistral. No ano seguinte Franco participou dos filmes Polícia Federal a Lei é para Todos, Nada a Perder, O Candidato Honesto 2, O Paciente.

Em 2018, participou da terceira temporada de Sob Pressão com direção de Andrucha Waddington e do longa-metragem Kardec de Wagner de Assis, ambos produzidos pela Conspiração Filmes. No mesmo ano trabalhou com Flávio Marinho na peça Irmãozinho Querido. Também em 2018 interpretou o Dr. Valentim na série Pais de Primeira da Globo. Em 2019, com locações no Marrocos, Leonardo gravou a novela Jezabel, com direção de Alexandre Avancini e o longa-metragem Porto Príncipe de Maria Emília de Azevedo.

Em 2021, participou da novela Gênesis, na TV Record, com direção de Edgard Miranda. No ano seguinte é convidado pelo diretor Marcelo Antunez para atuar ao lado de Camila Queiroz, no longa-metragem Procura-se, com produção de Framboesa Filmes. Ao final de 2022, iniciou os ensaios de American Son(O Incidente), peça teatral dirigida por Tadeu Aguiar, que teve sua estreia em janeiro de 2023.

Vida pessoal

editar

Leonardo Franco é filho de José Aldrovando de Oliveira e Talita Romero Franco. Tem dois irmãos; Diogo Franco e Penelope Edelweiss. Foi casado com a atriz Claudia Lira entre 2002 e 2006, com quem tem uma filha: Valentina, nascida em 2006. Em agosto de 2013, casou-se com Maria Griffith, com quem tem uma filha, Maria Flor, nascida em outubro de 2012.

Filmografia

editar

Televisão

editar
Ano Título Personagem Notas
1989 Que Rei Sou Eu? Fernão
1991 Ilha das Bruxas Miguel
O Portador Comandante Pessoa
1993 Contos de Verão Gusmão Episódio: "14 de maio"
1994 Você Decide Heleno Chagas Episódio: "A Viúva Negra"
Incrível, Fantástico, Extraordinário Otávio Episódio: "Gêmeas"
1996 O Campeão Luiz Miguel
1997 Direito de Vencer Túlio
Chiquititas Otávio 1º temporada
Canoa do Bagre Antônio
1999 Torre de Babel Noronha Episódios: 133 a 198(último)
2002 O Quinto dos Infernos Badaró Episódio: "8 de janeiro"
2006 Linha Direta Justiça Coronel Valmir Alves Brum Episódio: "A Chacina da Candelária"
2012 Preamar João Ricardo Velasco
Malhação: Intensa como a Vida Olavo Menezes Temporadas 2012 e 2013
2014 Dupla Identidade Juiz Episódio: "12 de dezembro"
2015 Questão de Família Corregedor Episódio: "Recomeço"
2016 A Terra Prometida Coronel Tibar
2017 Belaventura Mistral
2018 Sob Pressão Sérgio Menezes Episódio: "13 de novembro"
Pais de Primeira Dr. Valentim Episódio: "Charutinho"
Episódio: "Saúde Para Dar e Vender"
2019 Jezabel Inlá [16]
2021 Gênesis Abimeleque Fase: Jornada de Abraão[17]
2023 Vai na Fé Promotor Robério Gerosa Episódio: "11 de julho"
2024 A Rainha da Pérsia Memucã [18]

Cinema

editar
Ano Título Personagem Notas
1987 Réquiem Sandro Curta-metragem
1991 Caçada ao Escorpião Dourado Fiscal da Aduana Longa-metragem
2004 Resto da Vida Marcos Curta-metragem
2008 Conversinha Mineira Homem da cidade
2011 Cala a Boca e me Beija Horácio
2015 A Família Perfeita Dênis Longa-metragem
Até que a Sorte nos Separe 3 Rique Barelli
2017 A Cordilheira Presidente Oliveira Prestes
Polícia Federal: A Lei É para Todos Pedro Henrique
2018 Kardec Carlotti
O Paciente - O Caso Tancredo Neves Dr. Gilberto Assis
O Candidato Honesto 2 Ricardo Grecco
Nada a Perder Antônio
2019 Nada a Perder 2
Porto Príncipe Henrique
2022 Procura-se Clóvis

Teatro

editar
Ano Título Personagem Diretor
1987 O Voo dos Pássaros Selvagens Mário Rogerio Froes
1988 O Califa da Rua do Sabão Romualdo Márcio Augusto
1989 Querelle Tenente Seblon Fábio Pilar
1989 O Lobo de Ray-Ban Fernando José Possi
1990 Tem um Psicanalista na nossa Cama Psicanalista Paulo Afonso de Lima
1991 Trair e Coçar é só Começar Carlos Alberto Attílio Riccó
1992 O Bosque do Coração do Brasil Apresentador Bibi Ferreira
1992 Queridos Monstrinhos Drácula Leonardo Franco
1993 Sensações Perigosas Cyrano Rosalem
Gnomos - Mais que uma Lenda Afonso Márcio Augusto
1994 O Fiel Camareiro Norman Paulo Afonso de Lima
1998 Anjo na Contramão Vítor Roberto Lage
2000 Rei Lear Duque de Cornualha Ron Daniels
2001 Engraçadinha Luís Cláudio, Durval, Sílvio e Tinhorão Luiz Arthur Nunes
2002 Tango, Bolero e Chá-Chá-Chá Peter Bibi Ferreira
2002 O Último dos Homens Ferdinando Marcos Shertan
2005 A Comédia da Vida Fácil Paulo / Gregório / Leandro / Assis Leonardo Franco
2007 Campo de Provas Hércules Gilberto Gavanski
2008 Traição Robert Ary Coslov
2009 A Loba de Ray-Ban Paulo José Possi Neto
2012 Pinteresco Ministro / Gene / Homem Leonardo Franco
2014 Adorável Garoto Harry Maria Maya
2015 Talk Radio Barry Champlain Maria Maya
2018 Irmãozinho Querido Léo Flávio Marinho
2023 American Son / O Incidente Scott Alan Connor Tadeu Aguiar

Referências

  1. «Conheça os vencedores do prêmio Shell de Teatro do Rio - 11/03/2008 - Ilustrada». Folha de S.Paulo. Consultado em 9 de setembro de 2019 
  2. «'Preamar' estreia na HBO Brasil | Nova Temporada». VEJA.com. Consultado em 9 de setembro de 2019 
  3. AdoroCinema, A Cordilheira, consultado em 9 de setembro de 2019 
  4. Cultural, Instituto Itaú. «O Vôo dos Pássaros Selvagens». Enciclopédia Itaú Cultural. Consultado em 8 de setembro de 2019 
  5. «Folha de S.Paulo - Teatro: "Querelle" é encenado em palco erótico - 25/01/2001». www1.folha.uol.com.br. Consultado em 8 de setembro de 2019 
  6. Cultural, Instituto Itaú. «O Lobo de Ray-Ban». Enciclopédia Itaú Cultural. Consultado em 8 de setembro de 2019 
  7. Xavier, Nilson. «O Portador». Teledramaturgia. Consultado em 9 de setembro de 2019 
  8. Cultural, Instituto Itaú. «Anjo na Contramão». Enciclopédia Itaú Cultural. Consultado em 8 de setembro de 2019 
  9. «engraçadinha, seus amores e seus pecados | Todo Teatro Carioca - Teatro, Espetáculos, Atores, Autores, Peças teatrais». www.todoteatrocarioca.com.br. Consultado em 8 de setembro de 2019 
  10. Cultural, Instituto Itaú. «Aimar Labaki». Enciclopédia Itaú Cultural. Consultado em 8 de setembro de 2019 
  11. OFuxico. «Solar de Botafogo: Inauguração de Centro Cultural reúne futuras mamães». www.ofuxico.com.br. Consultado em 8 de setembro de 2019 
  12. «Triângulo amoroso invertido». Gazeta do Povo. Consultado em 9 de setembro de 2019 
  13. Freire, Quintino Gomes (3 de maio de 2012). «Preamar, uma série da HBO sobre o comércio nas praias do Rio de Janeiro». Diário do Rio de Janeiro. Consultado em 9 de setembro de 2019 
  14. «Maria Maya faz sua estreia como diretora em 'Adorável Garoto', espetáculo de Nicky Silver». Divirta-se. Consultado em 8 de setembro de 2019 
  15. «APTR anuncia indicados da nona edição do seu prêmio teatral». O Globo. 10 de fevereiro de 2015. Consultado em 8 de setembro de 2019 
  16. «Inlá (Leonardo Franco) – Personagem de "Jezabel"». Consultado em 3 de maio de 2019 
  17. «Exclusivo: Ator Leonardo Franco é mais um nome confirmado em 'Gênesis'». Consultado em 11 de dezembro de 2020 
  18. «Imagens de Gottino e Bonner são usadas em novo golpe». R7.com. 30 de novembro de 2023. Consultado em 30 de novembro de 2023 

Ligações externas

editar