Leonor Freitas

empresária
Leonor Freitas
Nascimento 1952 (69 anos)
Cidadania Portugal
Ocupação empresária

Leonor Freitas (Palmela, 1952), é proprietária da empresa Casa Ermelinda Freitas. Desde que iniciou a sua gestão, no final da década de 90, os vinhos Casa Ermelinda Freitas foram distinguidos com vários troféus do sector vitivinícola em Portugal. [1]

PercursoEditar

Estudou no Instituto Superior de Serviço Social que na altura ficava no largo do Mitelo, onde fez a licenciatura em Serviço Social. Terminada a universidade foi trabalhar para o Ministério da Saúde em Setúbal durante mais de 20 anos, na área da prevenção do alcoolismo, toxicodependência e educação para a saúde. [2][1]

No final da década de 90, a morte do pai levou-a a abandonar o emprego no estado e a assumir a liderança da empresa vinícola da família fundada que a sua avó Leonilde Assunção fundou em Fernão Pó no concelho de Palmela em 1920. [2][3][4]

Uma das suas primeiras decisões foi adquirir mais terras de maneira a dar resposta às necessidades do mercado e neste momento a herdade ocupar uma área de 550 hectares e produz milhares de litros de vinho. [4]

Apostou no mercado de exportação e na criação de marcas, como o Terras do Pó que foi o primeiro vinho engarrafado e produzido pela Casa Ermelinda. [4]

Para fazer face às necessidades do mercado adquiriu mais terras e neste momento a herdade ocupa uma área de 550 hectares e produz milhares de litros de vinho. [3][4]

Reconhecimentos e PrémiosEditar

Em 2009, recebeu Ordem de Mérito Agrícola do Estado Português que lhe foi entregue pelo então presidente da república portuguesa Cavaco Silva [5]

Foi capa da revista Forbes em 2017. [6]

Venceu a primeira edição do Prémio Mulher Empresária atribuído pelo BPI em 2018. [4][7]

Leonor encontra-se entre as mulheres que dão o seu testemunho no documentário Histórias das Mulheres do Meu País da realizadora Raquel Freire. [8]

Ligações externasEditar

Casa Ermelinda Freitas: Entrevista a Leonor Freitas

ReferênciasEditar

  1. a b «Leonor Freitas: Não havia espaço para errar, tinha os olhos dos homens postos em mim». www.jornaldenegocios.pt. Consultado em 5 de abril de 2021 
  2. a b «Como Leonor Freitas deu a volta ao negócio de família». Executiva. 3 de novembro de 2016. Consultado em 5 de abril de 2021 
  3. a b «Qualidade dos vinhos da Casa Ermelinda Freitas premiada cá e lá fora». www.sabado.pt. Consultado em 5 de abril de 2021 
  4. a b c d e Digital, P. M. E. (13 de agosto de 2018). «Leonor Freitas ganha Prémio Mulher Empresária do BPI». PME Magazine. Consultado em 5 de abril de 2021 
  5. «ENTIDADES NACIONAIS AGRACIADAS COM ORDENS PORTUGUESAS - Página Oficial das Ordens Honoríficas Portuguesas». www.ordens.presidencia.pt. Consultado em 5 de abril de 2021 
  6. «A outra Dona Ermelinda». Forbes. 2 de março de 2017. Consultado em 5 de abril de 2021 
  7. «Prémio Mulher Empresária do BPI | BPI». Banco BPI. Consultado em 5 de abril de 2021 
  8. «Visão | "Histórias das Mulheres do meu País": As nossas heroínas anónimas na minissérie de Raquel Freire». Visão. 8 de março de 2021. Consultado em 5 de abril de 2021