Leonor Gonzaga

Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Leonor Gonzaga (desambiguação).

Leonor Gonzaga (em italiano: Eleonora; Mântua, 23 de setembro de 1598Viena, 27 de junho de 1655), foi uma princesa italiana, Imperatriz consorte do Sacro Império Romano-Germânico, casada com Fernando II, Sacro-Imperador Romano-Germânico.

Leonor Gonzaga
Princesa de Mântua e Monferrato
Imperatriz do Sacro Império
Rainha consorte da Germânia, da Hungria e da Boêmia
Retrato de Leonor de Gonzaga, por Justus Sustermans
Consorte Fernando II, Sacro Imperador Romano-Germânico
Antecessor(a) Maria de Espanha
Sucessor(a) Maria Ana de Espanha
Nascimento 23 de setembro de 1598
  Mântua, Mantua Flag 1575-1707 (new).svg Ducado de Mântua
Morte 27 de junho de 1655 (56 anos)
  Viena, Flag of Archduchy of Austria (1894 - 1918).svg Arquiducado da Áustria
Casa Casa Soberana de Mântua
Dinastia Gonzaga (por nascimento)
Habsburgo (por casamento)
Pai Vicente I Gonzaga
Mãe Leonor de Médici
Filho(s) sem geração

Foi também Arquiduquesa consorte da Áustria, Rainha Consorte da Germânia, da Hungria e da Boêmia.[1]

BiografiaEditar

 
Gravura de Leonor Gonzaga

Nascida em Mântua em 1598, Leonor era a filha mais nova do duque Vicente I Gonzaga de Mântua e de Leonor de Médici.

Leonor passou a sua infância na côrte de Mântua. Famosa pela sua beleza singular, casou com Fernando em Innsbruck em 2 de fevereiro de 1622, uma vez que a anterior mulher do imperador, Maria Ana da Baviera, morrera em 1616. Ao contrário do esperado, a família Gonzaga não beneficiou desta ligação, uma vez que os conselheiros do Imperador não apoiavam a aliança. As tropas imperiais capturaram e destruíram Mântua em 1630 durante a Guerra da Sucessão de Mântua.

O Núncio papal Caraffa descreveu Leonor não só como muito bela mas também piedosa, tendo estabelecido conventos Carmelitas, quer em Graz, quer em Viena.

O casal não teve descendência, mas Leonor tornou-se madrasta dos quatro filhos sobreviventes do anterior casamento de Fernando, de onde se salienta o sucessor do marido que viria a ser o imperador Fernando III.

Leonor morreu em Viena em 1655 sendo primeiro sepultada no convento Carmelita da Capital Austríaca até que o seu corpo foi transferido, em 1782, para a Catedral de Santo Estêvão na mesma cidade.

GaleriaEditar

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Leonor Gonzaga

BibliografiaEditar

  • Brigitte Hamann, Die Habsburger, pág. 79, 1988.
  • Giuseppe Coniglio, I Gonzaga, Varese, Dall'Oglio, 1967
  • Adelaide Murgia, I Gonzaga, Mondadori, Milano, 1972
  • Giancarlo Malacarne Gonzaga, Genealogie di una dinastia, Modena, Il Bulino, 2010 - ISBN=978-88-86251-89-1

ReferênciasEditar

Precedido por
Maria de Espanha
 
Rainha da Germânia e
Imperatriz do Sacro Império Romano-Germânico

1622 - 1637
Sucedido por
Maria Ana de Espanha