Abrir menu principal

Leopoldo Clemente, príncipe-herdeiro de Lorena

Leopoldo Clemente, príncipe-herdeiro de Lorena
Retracto de Leopoldo Clemente da autoria de Pierre Gobert.
Príncipe-herdeiro de Lorena
Reinado 10 de maio de 1711 - 4 de junho de 1723
Antecessor(a) Luís, príncipe-herdeiro de Lorena
Sucessor(a) Francisco Estêvão de Lorena
 
Casa Lorena
Nome completo
Léopold Clément Charles de Lorraine
Nascimento 25 de abril de 1707
  Château de Lunéville, França
Morte 4 de junho de 1723 (16 anos)
  Château de Lunéville, França
Enterro Église Saint-François-des-Cordeliers, Nancy, França
Pai Leopoldo, Duque de Lorena
Mãe Isabel Carlota de Orleães
Religião Catolicismo

Leopoldo Clemente, príncipe-herdeiro de Lorena (Leopoldo Clemente Carlos), (25 de Abril de 1707 – 4 de Junho de 1723)[1] foi herdeiro aparente do trono do ducado de Lorena.

O seu pai era o duque reinante de Lorena e a sua mãe pertencia à Casa de Bourbon, que, na altura, reinava o Reino de França. Tornou-se príncipe-herdeiro após a morte do seu irmão mais velho, Luís em 1711, mas acabaria por morrer de varíola em 1723, quando tinha dezasseis anos de idade. Nunca se casou nem deixou descendentes.

Índice

BiografiaEditar

Nasceu no Château de Lunéville, filho do duque Leopoldo de Lorena e da sua esposa, a princesa Isabel Carlota de Orleães.

Leopoldo foi o terceiro filho varão do casal. O seu irmão mais velho, que também se chamava Leopoldo (1669–1700), morreu aos oito meses de idade. Outros três irmãos seus morreram durante um surto de varíola que afectou Lunéville: Isabel Carlota (1700–1711), Maria Gabriela (1702–1711) e Luís (1704–1711). Esta epedemia também matou outros membros da realeza, nomeadamente o grande delfim e o sacro-imperador José I da Áustria

Em 1722, Leopoldo tornou-se também herdeiro do ducado de Teschen que tinha sido entregue ao seu pai como compensação pelos direitos da avó materna dele ao ducado de Montferrat no norte de Itália, que o sacro-imperador Carlos VI tinha conquistado e entregue aos seus rivais, os duques de Sabóia.

Em 1723, Leopoldo foi enviado para Viena para estudar sob a orientação do primo direito do seu pai, o sacro-imperador Carlos VI. Outro motivo para esta viagem era a esperança de tentar criar uma aliança matrimonial com a arquiduquesa Maria Teresa.[citation needed]

Pouco depois, o príncipe contraiu varíola em Lunéville e morreu. Foi enterrado na cripta ducal na igreja de Saint-François-des-Cordeliers, em Nancy. O seu irmão mais novo, Francisco Estêvão tornou-se então herdeiro do ducado e acabaria por se casar mais tarde com a arquiduquesa Maria Teresa, herdeira dos Habsburgo e futura rainha da Hungria e da Boémia.

GenealogiaEditar

Os antepassados de Leopoldo Clemente, príncipe-herdeiro de Lorena em três gerações
Leopoldo Clemente, príncipe-herdeiro de Lorena Pai:
Leopoldo, Duque de Lorena
Avô paterno:
Carlos V da Lorena
Bisavô paterno:
Nicolau Francisco, duque de Lorena
Bisavó paterna:
Cláudia Francisca de Lorena
Avó paterna:
Leonor da Áustria, Rainha da Polónia
Bisavô paterno:
Fernando III da Germânia
Bisavó paterna:
Leonor Gonzaga
Mãe:
Isabel Carlota de Orleães
Avô materno:
Filipe I, Duque de Orleães
Bisavô materno:
Luís XIII de França
Bisavó materna:
Ana de Áustria, rainha de França
Avó materna:
Isabel Carlota do Palatinado
Bisavô materno:
Carlos I Luís, Eleitor Palatino
Bisavó materna:
Carlota de Hesse-Cassel

Títulos, formas de tratamento, honras e brasão de armasEditar

Títulos e formas de tratamentoEditar

  • 25 de Abril de 1707 – 10 de Maio de 1711 Sua alteza, o príncipe Leopoldo Clemente de Lorena
  • 10 de Maio de 1711 – 4 de Junho de 1723 Sua alteza, o príncipe-herdeiro de Lorena

Notas e referênciasEditar

  1. van de Pas, Leo. «Prince Léopold Clément de Lorraine». Genealogics .org. Consultado em 1 de dezembro de 2009