Abrir menu principal
Leopoldo de Morais da Cunha Matos
Nascimento 27 de abril de 1923
Coimbra
Morte 12 de novembro de 2018 (95 anos)
Cidadania Portugal
Ocupação engenheiro
Prêmios Grande-Oficial da Ordem do Mérito, Grã-Cruz da Ordem de Nossa Senhora da Conceição de Vila Viçosa

Leopoldo de Morais da Cunha Matos GOMGCNSC (Coimbra, Sé Nova, 27 de Abril de 1923 - 12 de Novembro de 2018) foi um engenheiro,[1] político e filantropo português.

FamíliaEditar

Filho mais velho de Leopoldo da Cunha Matos, sobrinho-bisneto por via matrilineal e natural da 1.ª Viscondessa de Dominguizo, e de sua mulher Madalena Angélica de Morais.[2]

BiografiaEditar

Licenciado em Engenharia Eletrotécnica pela Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto,[1][3] na área profissional, trabalhou como Engenheiro dos Serviços Municipalizados de Viseu, Engenheiro-Chefe dos Serviços de Eletricidade e Diretor-Delegado dos Serviços Municipalizados de Coimbra.[1][4][5]

Católico, foi Dirigente de várias Organizações ligadas à Igreja e de beneficência, designadamente Membro da União Católica dos Industriais e Dirigentes do Trabalho, em Coimbra, da Acção Católica e das Conferências de São Vicente de Paulo, em Viseu, Coimbra e Porto,[1] desempenhou as funções de Director do Centro de Democracia Cristã da Ordem dos Engenheiros, da Cruz Vermelha Portuguesa e do Grémio da Lavoura, em Viseu,[1] integrou sendo Membro da Comissão Concelhia da União Nacional de Viseu[1] e de Coimbra[4] e Graduado da Mocidade Portuguesa.[1]

Foi Membro da Comissão Executiva das Comemorações do 9.° Centenário da Reconquista Cristã de Coimbra e da Comissão do 40.° Aniversário do 28 de Maio de 1926, em Viseu.[1]

Foi Presidente da Câmara Municipal de Viseu, e, nesta qualidade, integrou a Câmara Corporativa, em representação dos Municípios rurais dos Distritos de Aveiro, Viseu, Coimbra, Guarda, Castelo Branco, Leiria e Lisboa durante a IX Legislatura, entre 1965 e 1969, na qual fez parte da XI/11.ª Secção - Autarquias Locais, tendo subscrevido ou relatado um total de dois Pareceres: 7/IX - Plano Diretor da Região de Lisboa e 9/IX - Projeto do III Plano de Fomento, para 1968-1973 - Continente e Ilhas - Anexo VI - Melhoramentos Rurais.[1][4][6][7][8]

Foi Governador Civil do Distrito de Coimbra de 1 de Agosto de 1970 a 25 de Abril de 1974, data em que foi demitido.[9]

A 3 de Setembro de 1972, foi feito 75.º Sócio Honorário do Ginásio Clube Figueirense, na altura da inauguração da respectiva piscina.[10][11]

Foi Irmão, Vice-Provedor em exercício e Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Viseu[1] e Irmão e Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Coimbra[5] entre 1981 e 1996.[12][13]

Teve Brasão de Armas de Saraiva, da Cunha dos Senhores de Tábua, de Proença e Coutinho com timbre de Saraiva por Alvará de Confirmação do Conselho de Nobreza de D. Duarte Pio de Bragança de 15 de Julho de 1982.[14] D. Duarte Pio de Bragança agraciou-o com a Grã-Cruz da Real Ordem Militar de Nossa Senhora da Conceição de Vila Viçosa.

Em 1985 escreveu "A Utilização do Troleicarro", Separata da revista "Electricidade - Energia - Electrónica", N.ºs 214-215, Agosto-Setembro de 1985.[15]

A 4 de Março de 1998 foi feito Grande-Oficial da Ordem do Mérito.[16]

Foi Vogal da Direção do Banco Alimentar Contra a Fome de Coimbra.[17]

Foi o Confrade N.º 391 e o Irmão N.º 3.462 da Confraria da Rainha Santa Isabel de Coimbra.[18]

Casamento e descendênciaEditar

Casou em Viseu, na Capela da Casa do Serrado, na presença do 80.º Bispo de Viseu D. José da Cruz Moreira Pinto, a 2 de Setembro de 1948 com Maria de Melo de Lemos e Alvelos Ferreira de Figueiredo Viana (24 de Novembro de 1922 - Abril de 2017), bisneta por via matrilineal do 1.° Visconde do Serrado, Senhora de toda a Casa de seu pai e, juntamente com sua única irmã mais velha Eugénia Maria Viana Ferreira de Melo de Lemos e Alvelos (Viseu, 22 de Fevereiro de 1920 - Viseu, Santa Maria de Viseu, Casa do Serrado, 25 de Janeiro de 2013), Fidalga de Cota de Armas partidas de de Lemos e de Alvelos, Senhora da Casa do Serrado, em Viseu, da Casa de Corvos à Nogueira e da Casa do Cabo em Cernache, condecorada com a Medalha ou Cruz de Honra Pro Ecclesia et Pontifice, solteira e sem geração, de toda a Casa de seus avós maternos, que teve Brasão de Armas de Lemos, de Alvelos, de Melo e Guedes por Alvará do Conselho de Nobreza de D. Duarte Nuno de Bragança passado a 12 de Abril de 1957, Consor N.º 396 e Irmã N.º 3.766 da Confraria da Rainha Santa Isabel de Coimbra,[18] netas maternas de Luís Ferreira de Figueiredo e de sua mulher Maria de Melo de Lemos e Alvelos Castel-Branco, da qual teve três filhos e uma filha.[19]

Referências

  1. a b c d e f g h i j Manuel Braga da Cruz e António Costa Pinto (Lisboa, 2005). Dicionário Biográfico Parlamentar (1935-1974). [S.l.]: co-edição Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa e Assembleia da República. pp. Vol. V. 87  Verifique data em: |ano= (ajuda)
  2. Fernando de Castro Pereira Mouzinho de Albuquerque da Cunha (MCMXCV). Instrumentário Genealógico. [S.l.]: Edição do Autor. 511-2  Verifique data em: |ano= (ajuda)
  3. Universidade do Porto. Gisaweb.fe.up.pt http://gisaweb.fe.up.pt/names/17809/  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  4. a b c Assembleia da República (PDF). App.parlamento.pt http://app.parlamento.pt/PublicacoesOnLine/OsProcuradoresdaCamaraCorporativa%5Chtml/pdf/m/matos_leopoldo_de_morais_da_cunha.pdf  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  5. a b Fernando de Castro Pereira Mouzinho de Albuquerque da Cunha (MCMXCV). Instrumentário Genealógico. [S.l.]: Edição do Autor. 512  Verifique data em: |ano= (ajuda)
  6. (PDF). Ccdr-n.pt https://web.archive.org/web/20140824232427/http://www.ccdr-n.pt/fotos/editor2/ccdrn/ccdrn_40anos_v1_cap_1.pdf. Arquivado do original (PDF) em 24 de agosto de 2014  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  7. Universidade de Lisboa (PDF). Repositorio.ul.pt http://repositorio.ul.pt/bitstream/10451/316/2/18508_ulsd_re374_CC_no_EN_Anexos.pdf  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  8. Google. Books.google.pt http://books.google.pt/books?isbn=9724740641  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  9. Universidade de Coimbra. Uc.pt http://www.uc.pt/auc/fundos/ficheiros/GCC  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  10. (PDF). Ginasiofigueirense.com http://www.ginasiofigueirense.com/media/socios_honorarios2.pdf  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  11. (PDF). Ginasiofigueirense.com http://www.ginasiofigueirense.com/media/individualidades.pdf  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  12. Misericordiacoimbra.pt http://www.misericordiacoimbra.pt/corposgerentes/provedores/  Em falta ou vazio |título= (ajuda)[ligação inativa]
  13. (PDF). Misericordiacoimbra.pt http://www.misericordiacoimbra.pt/ficheiropdf/Compromisso.pdf  Em falta ou vazio |título= (ajuda)[ligação inativa]
  14. Fernando de Castro Pereira Mouzinho de Albuquerque da Cunha (MCMXCV). Instrumentário Genealógico. [S.l.]: Edição do Autor. 513  Verifique data em: |ano= (ajuda)
  15. Câmara Municipal do Porto. Bibliotecas.cm-porto.pt http://bibliotecas.cm-porto.pt/ipac20/ipac.jsp?session=132656DY7U140.40769&profile=bmp&uri=full%3D3100024~!53351~!0&booklistformat=  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  16. «Cidadãos Nacionais Agraciados com Ordens Portuguesas». Resultado da busca de "Leopoldo de Morais da Cunha Matos". Presidência da República Portuguesa. Consultado em 28 de Fevereiro de 2013 
  17. Coimbra.bancoalimentar.pt https://web.archive.org/web/20120822085255/http://coimbra.bancoalimentar.pt/article/2. Arquivado do original em 22 de agosto de 2012  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  18. a b Rainhasantaisabel.org http://www.rainhasantaisabel.org/index.php?option=com_content&view=article&id=154&Itemid=150  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  19. Fernando de Castro Pereira Mouzinho de Albuquerque da Cunha (MCMXCV). Instrumentário Genealógico. [S.l.]: Edição do Autor. 512-5  Verifique data em: |ano= (ajuda)

BibliografiaEditar

  • Actas da Câmara Corporativa, 1965-1969
  • Anais da Assembleia Nacional e da Câmara Corporativa, IX Legislatura