Abrir menu principal
Liberais e Democratas Flamengos
Open Vlaamse Liberalen en Democraten
Líder Gwendolyn Rutten
Fundação 1992
Sede Bruxelas,  Bélgica
Ideologia Liberalismo
Liberalismo económico
Social liberalismo
Federalismo europeu
Espectro político Centro-direita
Antecessor Partido da Liberdade e Progresso
Membros  (2014) 63.239
Afiliação internacional Internacional Liberal
Afiliação europeia ELDR
Grupo no Parlamento Europeu Aliança dos Democratas e Liberais pela Europa
Partido-irmão francófono Movimento Reformador
Cores Azul e Branco

Os Liberais e Democratas Flamengos (em holandês: Open Vlaamse Liberalen en Democraten, Open VLD/VLD) é um partido político liberal da região flamenga da Bélgica[1].

O partido foi fundado em 1992, como sucessor do unitário Partido da Liberdade e Progresso, que, tal como outros partidos belgas, se dividiu conforme as zonas linguísticas e regionais[2]. O partido-irmão francófono é o Movimento Reformador.

Ideologicamente, o partido definia-se, claramente, como centro-direita, defendendo um programa económico liberal e uma posição conservadora em temas sociais[3]. No final da década de 1990, o partido moveu-se para o centro, tornando-se um partido claramente liberal, quer a nível económico, quer a nível social[4]. Além do seu liberalismo, o VLD é o partido belga que, mais abertamente, defende o federalismo europeu e o desenvolvimento da União Europeia em Estados Unidos da Europa[5].

A nível internacional, o partido é membro do ELDR e da Internacional Liberal[6].

Índice

Resultados eleitoraisEditar

Eleições legislativasEditar

Câmara dos DeputadosEditar

Data CI. Votos % +/- Deputados +/- Status
1995 2.º 798 363
13,1 / 100,0
21 / 150
Oposição
1999 1.º 888 861
14,3 / 100,0
 1,2
23 / 150
 2 Governo
2003 1.º 1 009 223
15,4 / 100,0
 1,1
25 / 150
 2 Governo
2007 4.º 789 455
11,8 / 100,0
 3,6
18 / 150
 7 Governo
2010 6.º 563 873
8,6 / 100,0
 3,2
13 / 150
 5 Governo
2014 4.º 650 290
9,6 / 100,0
 1,0
14 / 150
 1 Governo
2019 6.º 579 334
7,6 / 100,0
 2,0
12 / 100
 2

SenadoEditar

Data CI. Votos % +/- Deputados +/-
1995 2.º 796 154
13,3 / 100,0
6 / 40
1999 1.º 952 116
15,4 / 100,0
 2,1
6 / 40
 
2003 1.º 1 007 868
15,4 / 100,0
 
7 / 40
 1
2007 2.º 821 980
12,4 / 100,0
 3,0
5 / 40
 2
2010 6.º 533 124
8,2 / 100,0
 4,2
4 / 40
 1

Eleições regionaisEditar

FlandresEditar

Data CI. Votos % +/- Deputados +/- Status
1995 2.º 761 262
20,2 / 100,0
27 / 124
Oposição
1999 2.º 855 867
22,0 / 100,0
 1,8
27 / 124
  Governo
2004 3.º 804 578
19,8 / 100,0
 3,1
25 / 124
 2 Oposição
2009 4.º 616 610
15,0 / 100,0
 4,8
21 / 124
 4 Governo
2014 3.º 594 469
14,2 / 100,0
 0,8
19 / 124
 2 Governo
2019 4.º 556 630
13,1 / 100,0
 1,1
16 / 124
 3

BruxelasEditar

Data CI. Votos % +/- Deputados +/- Status
1995 8.º 11 034
2,7 / 100,0
 0,6
2 / 75
 1 Oposição
1999 7.º 13 729
3,2 / 100,0
 0,5
2 / 75
  Governo
Resultados da área flamenga
2004 2.º 12 433
19,9 / 100,0
4 / 17
Governo
2009 1.º 11 957
23,1 / 100,0
 3,2
4 / 17
  Governo
2014 1.º 14 296
26,7 / 100,0
 3,6
5 / 17
 1 Governo
2019 3.º 11 051
15,8 / 100,0
 10,9
3 / 17
 2

Eleições europeiasEditar

Resultados referentes ao colégio flamengoEditar

Data CI. Votos % +/- Deputados +/-
1994 2.º 678 421
18,4 / 100,0
3 / 14
1999 1.º 847 099
21,9 / 100,0
 3,5
3 / 14
 
2004 3.º 880 279
21,9 / 100,0
 
3 / 14
 
2009 2.º 837 884
20,6 / 100,0
 1,3
3 / 13
 
2014 2.º 858 872
23,3 / 100,0
 2,7
3 / 12
 
2019 3.º 678 051
16,0 / 100,0
 7,3
2 / 12
 1

Referências

  1. «Parties and Elections in Europe». www.parties-and-elections.eu. Consultado em 10 de abril de 2016 
  2. «Flemish Liberals and Democrats – The Democratic Society». www.demsoc.org. Consultado em 10 de abril de 2016 
  3. «Flemish Liberals and Democrats – The Democratic Society». www.demsoc.org. Consultado em 10 de abril de 2016 
  4. «Flemish Liberals and Democrats – The Democratic Society». www.demsoc.org. Consultado em 10 de abril de 2016 
  5. «Flemish Liberals and Democrats – The Democratic Society». www.demsoc.org. Consultado em 10 de abril de 2016 
  6. «Flemish Liberals and Democrats – The Democratic Society». www.demsoc.org. Consultado em 10 de abril de 2016