Abrir menu principal
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações (desde janeiro de 2009). Ajude a melhorar este artigo inserindo fontes.
Licínio França
Nascimento 17 de outubro de 1953 (65 anos)
Nacionalidade português
Ocupação cantor e actor
Cônjuge Divórcio de Noémia Costa

Licínio Conceição de Miranda França (17 de outubro de 1953), é um ator e cantor português.

Índice

CarreiraEditar

Surge como autor-compositor e intérprete em 1972 no concurso "A Oportunidade". Lança o seu primeiro single.

Lança os singles "O Adeus dos Cães Raivosos" (1975) e "Cantar À Liberdade" (1977).

Em 1979 participa no Festival do Illiabum, em Ílhavo, com o conjunto Improviso [1] e como autor de um tema interpretado por Jorge Dias. Esta edição do festival foi ganha por Carlos Paião ainda em início de carreira. Foi também autor da música "Mensagem de Paz e Amor" com que Jô participou nas eliminatórias do Festival RTP da Canção de 1980.

Grava um single com o conjunto Espaço 4 que incluía os temas "Rock Do Zé" e "Rock N' Roll À Portuguesa". Em conjunto com Manuel Rodrigues escrevem para outros nomes como Lúcia e Jorge ("Turma dos Bons") e Stella e Marcela ("Teledisco"). Lança o single "Serás Um Novo Amigo" em 1982.

Em 1983 estreia-se como actor no elenco da versão portuguesa do musical "Annie" onde participaram nomes como Nicolau Breyner e Noémia Costa. O Duo Big-Ben, em conjunto com Noémia, grava um single com versões de Stevie Wonder e Laura Branigan. No ano de 1988 fez parte do elenco fixo do programa "Eu Show Nico". Participa ainda na série "Homens de Segurança" e grava para a RTP1 a comédia "Daqui Fala O Morto", de Henrique Santana. É actor convidado do 18º episódio da série "7º Direito".

Em 1989 foi vencedor do III Festival da Canção de Lisboa, organizado pela RDP ANTENA 1, como autor-compositor e intérprete conjuntamente com Noémia Costa da canção "Lisboa Nunca Esquece". Gravam os LP's "Ternuras" e" Show a Dois".

Integra o elenco da peça de teatro "A Culpa é da Criada", como actor e música de sua autoria.

Em 1994 saiu outro trabalho discográfico, desta vez em CD e Cassete com o titulo genérico "Africa Minha Paixão". Como actor convidado gravou um episódio da série "Queridas e Maduras", para a RTP1. Anda depois em Digressão com o espectáculo de Revista à Portuguesa "Ond'È Que Isto Vai Parar". Prometia a edição de um CD e Cassete com 11 temas dos quais 6 temas seriam da sua autoria.

Foi casado com a actriz Noémia Costa, de quem tem uma filha, a também actriz Joana França, nascida em 1986. O casal divorciou-se depois de estarem juntos durante 20 anos.

Em 2007 lançou o CD "Eterno Apaixonado" com temas da sua autoria.

O ator encontra-se sem trabalho desde 2008 e vive com várias dificuldades financeira. O trabalho mais recente foi na novela Flor do Mar de 2009.

TelevisãoEditar

Pequenas Participações em TelevisãoEditar

Música/DiscografiaEditar

Gravou sete Singles, várias cassetes e dois LP's, em que a maior parte dos temas são de sua autoria.

  • (Single, 1974)
  • O Adeus dos Cães Raivosos / Lutemos (Single, Tecla, 1975) TE 20071
  • Cantar À Liberdade / Cais da Vida (Single, Tecla, 1977) TE 20073
  • Rock do Zé / Rock Do Zé / Rock N' Roll À Portuguesa (Single, Metro-Som, 1981) - como Licinio + Espaço 4
  • Serás Um Novo Amigo (Single, Materfonis, 1982)
  • Eu Só Liguei Para Dizer Que Te Amo / O Meu Control (Single, Vira, 1984) - Duo Big-Ben (com Noémia Costa)
  • Ternuras (LP, 1989) - Licínio & Noémia
  • Show A Dois ‎(LP, Disconorte, 1990) - Licínio & Noémia
  • África, Minha Paixão (CD, 1994)
  • Eterno Apaixonado (CD, 2007)

Ligações externasEditar