Abrir menu principal

Liceu Pedro Nunes

escola secundária de Lisboa, Portugal
Escola Secundária Pedro Nunes (arq. Ventura Terra), 2012
Escola Secundária Pedro Nunes (arq. Ventura Terra), 2012
Novo pátio (edifício à esquerda: arq. Pedro Botelho e Mª do Rosário Beija; edifício à direita: arq. Ventura Terra)
Novo átrio de entrada (arq. Pedro Botelho e Mª do Rosário Beija)
Interior de um Laboratório (Pedro Botelho e Mª Rosário Beija)
Sala de aula renovada
Salão (Antigo Ginásio)
Antigas escadas (renovadas)

A Escola Secundária de Pedro Nunes é um antigo liceu e actual escola secundária em Lisboa, na freguesia de Campo de Ourique, localizado na Avenida Álvares Cabral, em frente ao Jardim da Estrela. Frequentemente, ainda é referido como Liceu Pedro Nunes, a sua antiga designação.

O Antigo Liceu de Pedro Nunes, actual Escola Secundária de Pedro Nunes, incluindo os jardins, os campos de jogos, o pavilhão gimnodesportivo e o refeitório está classificado desde 2012 como Monumento de Interesse Público.[1]

Índice

HistóriaEditar

Inicialmente designado Lyceu Central da 3.ª Zona Escolar de Lisboa, em 20 de Janeiro de 1906, começou por estar instalado provisoriamente (três meses) no Liceu do Carmo, no Palácio Valadares. Em 1 de Março desse mesmo ano, as aulas foram transferidas para um edifício alugado na Rua do Sacramento à Lapa, que se veio a mostrar pouco adequado, levando à compra de um terreno e à construção de um edifício de raiz, da autoria do arquitecto Ventura Terra.

O novo edifício abriu as portas a 17 de Novembro de 1911, passando-se então a chamar Lyceu Central de Pedro Nunes.

No ano lectivo de 1930, é classificado como liceu normal, com a missão de apoiar a formação de professores. A sua designação passa a ser Liceu Normal de Lisboa (Pedro Nunes), alterada em 1937 para Liceu Pedro Nunes. Em 1956, mudou novamente a designação, desta vez para Liceu Normal de Pedro Nunes e, finalmente, em 1978 para Escola Secundária de Pedro Nunes que ainda hoje se mantém.

Entre 2008 e 2010 a escola foi alvo de obras de ampliação e modernização, um projecto da autoria dos arquitectos Pedro Viana Botelho e Maria do Rosário Beija, encomendado pela Parque Escolar.

A 11 de Setembro de 2010, o Primeiro-Ministro José Sócrates juntamente com a Ministra da Educação Isabel Alçada, e outras personalidades, inaugaram as novas e restauradas instalações.

AlumniEditar

Desta escola saíram alguns dos que ocupariam as cadeiras mais altas do poder e das artes em Portugal, tais como[2]:

Referências

  1. Lusa (21 de novembro de 2012). «Convento de Arroios, liceus e Torre do Tombo classificados como monumentos de interesse público». Jornal Público. Consultado em 21 de novembro de 2012 [ligação inativa]
  2. Revista E n.º 2407 (15 de Dezembro de 2018). Clube dos Bons Alunos, pág. 22.

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Liceu Pedro Nunes
  Este artigo sobre escolas ou colégios é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.