Abrir menu principal
Liesel Matthews
Nome completo Liesel Anne Pritzker
Nascimento 14 de março de 1984 (35 anos)
Estados Unidos Chicago, Illinois
Ocupação Atriz

Liesel Matthews (Chicago, 14 de março de 1984) é uma ex-artista-mirim norte-americana e herdeira da fortuna dos Hotéis Hyatt.

Ela é mais conhecida por ter estrelado como Sara Crewe no filme A Princesinha, uma adaptação de 1995 do clássico de Frances Hodgson Burnett.

Índice

Vida pessoalEditar

Família e educaçãoEditar

Liesel Anne Pritzker nasceu na família Pritzker, uma das famílias mais ricas dos Estados Unidos da América. É filha do empresário Robert Pritzker e de sua segunda esposa Irene, que se divorciaram em 1989; posteriormente, sua mãe casou-se com o advogado James Bagley. Ela e seu irmão Matthew Pritzker (n. 1982) cresceram em Kenilworth, perto do Lago Michigan, ao lado da mãe e do padrasto.

Liesel é neta do financista e industrial Abram Nicholas Pritzker, falecido em 1986, e sobrinha de Jay Pritzker, fundador da cadeia de Hotéis Hyatt[1].

Matthews graduou-se pela New Trier High School, uma escola pública fora de Chicago, e entrou para a Universidade Columbia.

ProcessoEditar

Em 2002, aos dezesseis anos, Liesel processou seu pai Robert e outros parentes acusando-os de terem desviado 1 bilhão de dólares em fundos de ações em seu nome no exterior. Eles eram administrados por membros da família desde a menoridade de Liesel. O dinheiro foi transferido para outros fundos dos Pritzker; porém, ela e seu irmão, que se juntou ao processo judicial alguns meses depois, alegaram que a transferência fazia parte de um "plano secreto" para dividir a fortuna entre Robert, seus três filhos do primeiro casamento (meios-irmãos de Liesel) e seus sobrinhos.

Os irmãos exigiram uma explicação para as movimentações de dinheiro e uma indenização de 6 bilhões de dólares. Robert defendeu-se alegando que o procedimento não era ilegal e que fora feito apenas para proteger o patrimônio familiar[2].

No começo de 2005, a fortuna da família foi dividida de onze maneiras diferentes, o que fez com que mais dez Pritzker se juntassem à lista Forbes 400 (o maior número de pessoas da mesma família), que cataloga os 400 norte-americanos mais ricos do mundo. Contudo, Liesel e seu irmão Matthew não estão na lista, tendo recebido cada um cerca de 500 milhões[3].

CarreiraEditar

Liesel usou o nome artístico Liesel Matthews para homenagear seu irmão Matthew e para evitar que seus pais divorciados discutissem a incorporação do sobrenome do padrasto dela (Bagley).[4]

Seu primeiro trabalho profissional como atriz foi uma produção de To Kill a Mockingbird (O Sol é para Todos), em Chicago. Foi nessa ocasião que um caça talentos a descobriu e a convidou para ir a Los Angeles, onde Liesel ganhou o papel de Sara Crewe no filme do diretor Alfonso Cuarón.

Em 1995, atuou como a pequena Sara, em A Little Princess.

Em 1997, Liesel atuou como Alice Marshall em Air Force One (Força Aérea Um), a filha do presidente James Marshall, interpretado por Harrison Ford.

Seu último filme foi Blast, de 2000, no papel de Jessie "Ears".

Referências

Ligações externasEditar