Liga C9

Universidades

A Liga C9 (chinês tradicional: 九校聯盟, chinês simplificado: 九校联盟) é uma aliança oficial de nove universidades da China continental.[1] Essas universidades são indicadas pelo governo central da China através do Projeto 985 para promover o desenvolvimento e a reputação do ensino superior na China. Juntas, as universidades da Liga C9 respondem por 3% dos pesquisadores do país, mas recebem 10% dos gastos nacionais em pesquisa.[2] Elas produzem 20% das publicações acadêmicas de todo o país e são responsáveis por 30% do total de citações.[2] O Diário do Povo, jornal oficial do Partido Comunista da China, refere-se à Liga C9 como a Ivy League da China.[3]

Liga C9 de Universidades Chinesas
九校联盟
Fundação 4 de maio de 1998 (23 anos)
Sede Pequim, República Popular da China China
Membros Universidade Fudan

Instituto de Tecnologia de Harbin

Universidade de Nanquim

Universidade de Pequim

Universidade Jiao Tong de Xangai

Universidade Tsinghua

Universidade de Ciência e Tecnologia da China

Universidade Jiao Tong de Xiam

Universidade de Zhejiang

Línguas oficiais Chinês
Filiação Ministério da Educação da República Popular da China

Afiliação e benefíciosEditar

As escolas da Liga C9 possuem um alocamento especial de recursos e possuem acordos especiais para compartilhar esses recursos entre si.[3] Possuem uma fração maior dos acadêmicos de elite que foram premiados com uma das principais honrarias acadêmicas da China, o Plano de Mil Talentos dos Professores e o Professor Changjiang, sendo que muitas vezes alguns foram premiados com ambos.[1] As escolas da C9 recebem fundos substanciais dos governos nacional e local para construir novos centros de pesquisa, melhorar as instalações, realizar conferências internacionais, atrair professores de renome mundial e acadêmicos visitantes, e ajudar o corpo docente chinês a participar de conferências no exterior.[4]

Universidade Província ou Municipalidade Fundação
Universidade Jiao Tong de Xangai Xangai 1896   Dinastia Qing
Universidade Jiaotong de Xiam Xianxim 1896   Dinastia Qing
Universidade de Zhejiang Zhejiang 1897   Dinastia Qing
Universidade de Pequim Pequim 1898   Dinastia Qing
Universidade de Nanquim Jiangsu 1902   Dinastia Qing
Universidade Fudan Xangai 1905   Dinastia Qing
Universidade Tsinghua Pequim 1911   Dinastia Qing
Instituto de Tecnologia de Harbin Heilongjiang, Shandong e Cantão 1920   República da China
Universidade de Ciência e Tecnologia da China Anhui 1958   República Popular da China

Relacionamento com outras universidades de eliteEditar

O governo chinês possui quatro categorias principais de universidades de elite. O primeiro e maior desses grupos é o Projeto 211, estabelecido em 1995 para fortalecer os padrões de pesquisa nas melhores universidades da China, com universidades que excedem um determinado limite recebendo fundos significativamente maiores.[2]Em 2018, 116 instituições de ensino superior faziam parte do Projeto 211.

O segundo, estabelecido em 2015, é o Plano Duplo de Universidades de Primeira Classe, cujo objetivo é criar 42 universidades de nível mundial até 2050.[5] Um terceiro grupo, mais seletivo, é o Projeto 985, estabelecido em 1998. O governo chinês incluiu 39 universidades nesse projeto e limitou a adesão a essas 39 em 2011.

O grupo final e mais seletivo é a Liga C9, estabelecida pelo governo chinês em 4 de maio de 1998 como parte do Projeto 985. O objetivo é promover o ensino superior chinês formalizando um grupo de elite de universidades para formar melhores estudantes e compartilhar recursos. Nove universidades foram selecionadas e passaram a receber financiamento, e em 10 de outubro de 2009, a relação entre essas nove universidades foi formalizada pela Liga C9 da China.[6]

Ver tambémEditar

Referências

  1. a b Li, Feng; Miao, Yajun; Yang, Chenchen (março de 2015). «How do alumni faculty behave in research collaboration? An analysis of Chang Jiang Scholars in China». Research Policy. 44 (2): 438–450. ISSN 0048-7333. doi:10.1016/j.respol.2014.09.002 
  2. a b c «Eastern stars: Universities of China's C9 League excel in select fields». Times Higher Education (THE) (em inglês). 17 de fevereiro de 2011. Consultado em 10 de maio de 2019 
  3. a b «China's Ivy League:C9 League». en.people.cn. Consultado em 10 de maio de 2019 
  4. «International Rankings and Chinese Higher Education Reform». WENR (em inglês). 1 de outubro de 2006. Consultado em 10 de maio de 2019 
  5. «China to develop 42 world-class universities - People's Daily Online». en.people.cn. Consultado em 10 de maio de 2019 
  6. «九校签订《一流大学人才培养合作与交流协议书》_交大新闻网». archive.is. 5 de agosto de 2012. Consultado em 10 de maio de 2019 

NotasEditar