Abrir menu principal
Liga Mundial de 2010
Voleibol Volleyball (indoor) pictogram.svg
Informações gerais
País-sede Fase final: Argentina Córdoba, Argentina
Organizador FIVB
Período 4 de junho25 de julho
Participantes 16
Premiações
Campeão Bandeira do Brasil Brasil (9º título)
Vice-campeão Bandeira da Rússia Rússia
MVP Brasil Murilo Endres
◄◄ Sérvia Belgrado 2009 Bola de volei de quadra.svg Gdańsk 2011 Polónia ►►

A Liga Mundial de Voleibol de 2010 foi a 21ª edição do torneio anual de voleibol masculino promovido pela Federação Internacional de Voleibol (FIVB).

Consistindo de duas fases, as dezesseis equipes participantes disputaram a etapa intercontinental entre 4 de junho e 10 de julho. A equipes classificadas disputaram a fase final em Córdoba, na Argentina, entre 21 e 25 de julho.

Pelo segundo ano consecutivo, o Brasil conquistou o título derrotando a Rússia por 3 sets a 1 na final. Foi o nono título da seleção brasileira, ultrapassando a Itália em número de conquistas, e tornando-se a nação mais vitoriosa da Liga Mundial.

[1]

Índice

QualificatóriaEditar

Quatro equipes participaram do primeiro processo de qualificação para a Liga Mundial. Cada uma das confederações filiadas à FIVB teve o direito de indicar um representante através de torneios qualificatórios ou nomeação direta, definido por cada entidade.[2]

A Alemanha enfrentou o México, e o Egito enfrentou o Irã no segundo semestre de 2009. Os vencedores de cada confronto enfrentaram as equipes com pior aproveitamento na edição 2009 da Liga Mundial: Japão (15º) e Venezuela (16º). Alemanha e Egito passaram pelas duas etapas e se classificaram para a Liga Mundial de 2010.[2]

Fórmula de disputaEditar

As dezesseis equipes participantes foram divididas em quatro grupos de quatro na fase intercontinental, disputada durante os meses de junho e julho. Nesta fase, cada equipe realizou dois jogos por fim de semana contra cada equipe do grupo, sendo um par em casa e outro na casa adversária, totalizando 12 jogos.

As quatro equipes de cada grupo que finalizaram com o maior número de pontos na fase intercontinental, mais a seleção do país sede e a melhor equipe entre os segundos colocados, disputaram a fase final na Argentina. Nesta última fase, as seis equipes foram divididas em dois grupos de três equipes cada, realizando uma partida contra cada adversário do grupo. As duas primeiras colocadas de cada grupo avançaram às semifinais, jogando a primeira contra a segunda colocada do outro grupo, com as vencedoras se enfrentando na final.[2]

As duas equipes com o pior aproveitamento na fase intercontinental precisaram disputar a qualificatória para confirmar a vaga na Liga Mundial de 2011.

GruposEditar

Grupo A Grupo B Grupo C Grupo D

  Brasil
  Bulgária
  Países Baixos
  Coreia do Sul

  Sérvia
  Itália
  França
  China

  Rússia
  Estados Unidos
  Finlândia
  Egito

  Cuba
  Argentina
  Polônia
  Alemanha

Fase intercontinentalEditar

A pontuação da fase qualificatória obedece ao seguinte critério:

  • Vitória por 3 sets a 0 ou 3 a 1: 3 pontos para o vencedor;
  • Vitória por 3 sets a 2: 2 pontos para o vencedor e 1 ponto para o perdedor.
Equipes classificadas para a fase final

Grupo AEditar

Jogos Pontos Sets
Pos Equipe Pts T V D V P R V P R
1   Brasil 30 12 11 1 1172 1028 1.140 33 16 2.063
2   Bulgária 26 12 8 4 1029 956 1.076 30 13 2.308
3   Países Baixos 16 12 5 7 920 963 0.955 19 22 0.864
4   Coreia do Sul 0 12 0 12 856 1030 0.831 5 36 0.139
1ª rodada
Data Placar 1º Set 2º Set 3º Set 4º Set 5º Set Total
4 Jun Brasil   3–1   Bulgária 22–25 25–20 26–24 25–23   98–92
5 Jun Coreia do Sul   0–3   Países Baixos 23–25 21–25 20–25     64–75
5 Jun Brasil   3–2   Bulgária 24–26 25–19 25–15 22–25 15–9 111–94
6 Jun Coreia do Sul   0–3   Países Baixos 18–25 19–25 18–25     55–75
2ª rodada
Data Placar 1º Set 2º Set 3º Set 4º Set 5º Set Total
12 Jun Coreia do Sul   0–3   Bulgária 19–25 19–25 20–25     58–75
12 Jun Brasil   0–3   Países Baixos 24–26 23–25 23–25     70–76
13 Jun Coreia do Sul   0–3   Bulgária 22–25 21–25 22–25     65–75
13 Jun Brasil   3–1   Países Baixos 25–14 25–27 25–18 25–19   100–78
3ª rodada
Data Placar 1º Set 2º Set 3º Set 4º Set 5º Set Total
18 Jun Brasil   3–1   Coreia do Sul 23–25 25–14 25–20 25–21   98–80
19 Jun Países Baixos   0–3   Bulgária 19–25 22–25 23–25     64–75
19 Jun Brasil   3–0   Coreia do Sul 25–19 25–15 25–19     75–53
20 Jun Países Baixos   0–3   Bulgária 21–25 20–25 22–25     63–75
4ª rodada
Data Placar 1º Set 2º Set 3º Set 4º Set 5º Set Total
26 Jun Países Baixos   1–3   Brasil 20–25 25–23 24–26 16–25   85–99
26 Jun Bulgária   3–0   Coreia do Sul 25–23 25–20 25–16     75–59
27 Jun Países Baixos   2–3   Brasil 25–19 25–23 22–25 17–25 10–15 99–107
27 Jun Bulgária   3–1   Coreia do Sul 31–29 25–21 22–25 25–23   103–98
5ª rodada
Data Placar 1º Set 2º Set 3º Set 4º Set 5º Set Total
3 Jul Coreia do Sul   1–3   Brasil 25–27 21–25 25–22 13–25   84–99
3 Jul Bulgária   3–0   Países Baixos 25–9 25–17 27–25     77–51
4 Jul Coreia do Sul   1–3   Brasil 18–25 23–25 25–23 15–25   81–98
4 Jul Bulgária   3–0   Países Baixos 25–22 25–20 32–30     82–72
6ª rodada
Data Placar 1º Set 2º Set 3º Set 4º Set 5º Set Total
8 Jul Países Baixos   3–0   Coreia do Sul 31–29 28–26 25–21     84–76
8 Jul Bulgária   1–3   Brasil 22–25 23–25 25–23 24–26   94–99
9 Jul Bulgária   2–3   Brasil 21–25 26–24 31–29 22–25 12–15 112–118
9 Jul Países Baixos   3–1   Coreia do Sul 25–17 23–25 25–18 25–23   98–83

Grupo BEditar

Jogos Pontos Sets
Pos Equipe Pts T V D V P R V P R
1   Itália 28 12 9 3 1098 999 1.099 33 15 2.200
2   Sérvia 26 12 9 3 1109 1043 1.063 32 18 1.778
3   França 12 12 5 7 1073 1094 0.981 20 29 0.690
4   China 6 12 1 11 916 1060 0.864 11 34 0.324
1ª rodada
Data Placar 1º Set 2º Set 3º Set 4º Set 5º Set Total
4 Jun Sérvia   3–0   China 25–20 25–21 25–20     75–61
4 Jun Itália   3–0   França 27–25 26–24 25–17     78–66
5 Jun Itália   3–2   França 25–22 25–23 29–31 24–26 15–10 118–112
6 Jun Sérvia   3–1   China 25–18 25–21 22–25 25–14   97–78
2ª rodada
Data Placar 1º Set 2º Set 3º Set 4º Set 5º Set Total
10 Jun França   0–3   Sérvia 21–25 23–25 23–25     67–75
11 Jun Itália   3–0   China 25–21 25–18 25–18     75–57
12 Jun França   0–3   Sérvia 20–25 21–25 21–25     62–75
13 Jun Itália   3–0   China 25–15 25–22 25–22     75–59
3ª rodada
Data Placar 1º Set 2º Set 3º Set 4º Set 5º Set Total
18 Jun Itália   2–3   Sérvia 25–20 19–25 16–25 25–12 12–15 97–97
18 Jun França   3–0   China 25–20 25–18 27–25     77–63
19 Jun França   1–3   China 25–16 22–25 22–25 22–25   91–91
20 Jun Itália   3–2   Sérvia 21–25 25–20 25–18 20–25 15–13 106–101
4ª rodada
Data Placar 1º Set 2º Set 3º Set 4º Set 5º Set Total
25 Jun França   3–2   Itália 19–25 25–19 25–20 17–25 15–13 101–102
26 Jun China   1–3   Sérvia 25–23 22–25 16–25 16–25   79–98
27 Jun China   2–3   Sérvia 25–21 23–25 17–25 25–21 11–15 101–107
27 Jun França   1–3   Itália 19–25 22–25 25–23 23–25   89–98
5ª rodada
Data Placar 1º Set 2º Set 3º Set 4º Set 5º Set Total
2 Jul China   0–3   Itália 20–25 22–25 20–25     62–75
2 Jul Sérvia   3–1   França 16–25 25–20 25–23 25–23   91–91
3 Jul China   0–3   Itália 17–25 25–27 21–25     63–77
4 Jul Sérvia   2–3   França 23–25 25–18 25–21 20–25 8–15 101–104
6ª rodada
Data Placar 1º Set 2º Set 3º Set 4º Set 5º Set Total
7 Jul Sérvia   1–3   Itália 25–23 19–25 22–25 19–25   85–98
8 Jul Sérvia   3–2   Itália 21–25 21–25 25–23 25–20 15–6 107–99
9 Jul China   2–3   França 21–25 22–25 25–22 25–23 14–16 107–111
10 Jul China   2–3   França 16–25 25–18 25–19 21–25 8–15 95–102

Grupo CEditar

Jogos Pontos Sets
Pos Equipe Pts T V D V P R V P R
1   Rússia 29 12 10 2 1024 847 1.209 31 12 2.583
2   Estados Unidos 23 12 8 4 1079 1082 0.997 28 21 1.333
3   Finlândia 12 12 4 8 987 1042 0.947 18 28 0.643
4   Egito 8 12 2 10 973 1092 0.891 16 32 0.500
1ª rodada
Data Placar 1º Set 2º Set 3º Set 4º Set 5º Set Total
4 Jun Rússia   3–0   Estados Unidos 25–15 26–24 25–14     76–53
5 Jun Rússia   3–1   Estados Unidos 25–14 25–22 21–25 25–21   96–82
5 Jun Finlândia   2–3   Egito 25–23 24–26 16–25 25–20 13–15 103–109
6 Jun Finlândia   3–1   Egito 25–22 23–25 25–20 25–19   98–86
2ª rodada
Data Placar 1º Set 2º Set 3º Set 4º Set 5º Set Total
11 Jun Rússia   3–1   Egito 26–24 22–25 25–21 25–15   98–85
11 Jun Finlândia   1–3   Estados Unidos 27–25 18–25 25–27 18–25   88–102
12 Jun Rússia   3–2   Egito 23–25 25–19 25–17 22–25 15–8 110–94
12 Jun Finlândia   1–3   Estados Unidos 25–18 23–25 21–25 26–28   95–96
3ª rodada
Data Placar 1º Set 2º Set 3º Set 4º Set 5º Set Total
18 Jun Rússia   3–0   Finlândia 25–16 25–21 25–18     75–55
18 Jun Estados Unidos   3–1   Egito 25–19 25–15 14–25 25–21   89–80
19 Jun Rússia   3–1   Finlândia 25–18 25–16 18–25 25–18   93–77
19 Jun Estados Unidos   3–1   Egito 25–20 25–22 11–25 25–14   86–81
4ª rodada
Data Placar 1º Set 2º Set 3º Set 4º Set 5º Set Total
25 Jun Egito   0–3   Rússia 18–25 18–25 16–25     52–75
25 Jun Estados Unidos   2–3   Finlândia 22–25 25–14 20–25 25–19 11–15 103–98
26 Jun Egito   0–3   Rússia 17–25 12–25 18–25     47–75
26 Jun Estados Unidos   3–1   Finlândia 25–21 18–25 25–19 25–23   93–88
5ª rodada
Data Placar 1º Set 2º Set 3º Set 4º Set 5º Set Total
2 Jul Finlândia   0–3   Rússia 20–25 19–25 14–25     53–75
2 Jul Egito   2–3   Estados Unidos 25–20 29–31 17–25 25–21 12–15 108–112
3 Jul Finlândia   3–1   Rússia 25–18 18–25 25–23 25–19   93–85
3 Jul Egito   2–3   Estados Unidos 25–20 18–25 25–19 22–25 16–18 106–107
6ª rodada
Data Placar 1º Set 2º Set 3º Set 4º Set 5º Set Total
7 Jul Egito   0–3   Finlândia 18–25 18–25 14–25     50–75
8 Jul Egito   3–0   Finlândia 25–23 25–19 25–22     75–64
9 Jul Estados Unidos   3–0   Rússia 25–21 27–25 25–23     77–69
10 Jul Estados Unidos   1–3   Rússia 18–25 25–22 17–25 19–25   79–97

Grupo DEditar

Jogos Pontos Sets
Pos Equipe Pts T V D V P R V P R
1   Cuba 29 12 11 1 1112 1035 1.074 33 15 2.200
2   Alemanha 21 12 7 5 1102 1061 1.039 26 21 1.238
3   Polônia 19 12 6 6 1093 1084 1.008 24 24 1,000
4   Argentina 3 12 0 12 1054 1181 0.892 13 36 0.361
1ª rodada
Data Placar 1º Set 2º Set 3º Set 4º Set 5º Set Total
4 Jun Cuba   3–1   Argentina 25–23 25–20 21–25 25–18   96–86
5 Jun Alemanha   3–1   Polônia 23–25 25–18 25–22 26–24   99–89
5 Jun Cuba   3–2   Argentina 32–34 25–23 20–25 25–17 15–13 117–112
6 Jun Alemanha   3–0   Polônia 28–26 30–28 25–18     83–72
2ª rodada
Data Placar 1º Set 2º Set 3º Set 4º Set 5º Set Total
11 Jun Argentina   1–3   Polônia 20–25 21–25 25–20 20–25   86–95
11 Jun Cuba   3–0   Alemanha 26–24 25–18 25–19     76–61
12 Jun Argentina   2–3   Polônia 25–22 22–25 25–20 23–25 12–15 107–107
12 Jun Cuba   3–1   Alemanha 25–22 25–23 21–25 25–17   96–87
3ª rodada
Data Placar 1º Set 2º Set 3º Set 4º Set 5º Set Total
18 Jun Argentina   0–3   Alemanha 20–25 20–25 22–25     62–75
18 Jun Cuba   3–2   Polônia 19–25 25–16 17–25 25–23 15–10 101–99
19 Jun Argentina   1–3   Alemanha 32–34 18–25 25–18 28–30   103–107
19 Jun Cuba   0–3   Polônia 25–27 23–25 12–25     60–77
4ª rodada
Data Placar 1º Set 2º Set 3º Set 4º Set 5º Set Total
25 Jun Alemanha   2–3   Cuba 23–25 25–17 24–26 25–23 13–15 110–106
26 Jun Alemanha   1–3   Cuba 21–25 24–26 25–17 22–25   92–93
26 Jun Polônia   3–1   Argentina 25–19 26–28 27–25 25–22   103–94
27 Jun Polônia   3–1   Argentina 22–25 25–17 25–20 25–21   97–83
5ª rodada
Data Placar 1º Set 2º Set 3º Set 4º Set 5º Set Total
30 Jun Alemanha   3–1   Argentina 25–18 17–25 25–15 25–17   92–75
1 Jul Alemanha   3–1   Argentina 25–19 23–25 25–21 25–19   98–84
3 Jul Polônia   0–3   Cuba 21–25 22–25 24–26     67–76
4 Jul Polônia   1–3   Cuba 19–25 22–25 25–22 16–25   82–97
6ª rodada
Data Placar 1º Set 2º Set 3º Set 4º Set 5º Set Total
8 Jul Polônia   2–3   Alemanha 21–25 25–20 22–25 25–23 11–15 104–108
8 Jul Argentina   2–3   Cuba 18–25 20–25 32–30 25–23 8–15 103–118
9 Jul Polônia   3–1   Alemanha 25–27 26–24 25–21 25–18   101–90
9 Jul Argentina   0–3   Cuba 16–25 24–26 19–25     59–76

Fase finalEditar

A fase final da Liga Mundial de 2010 foi disputada em Córdoba, na Argentina, entre os dias 21 e 25 de julho. Os campeões de cada grupo da fase intercontinental (4), o país-sede da fase final (Argentina) e mais o melhor segundo colocado entre todos os grupos formaram as seis equipes que disputaram essa fase.

Países classificadosEditar

País Classificação
  Argentina País-sede da fase final
  Brasil Campeão do Grupo A
  Itália Campeão do Grupo B
  Rússia Campeão do Grupo C
  Cuba Campeão do Grupo D
  Sérvia Melhor 2º colocado

Grupo EEditar

Jogos Pontos Sets
Pos Equipe Pts T V D V P R V P R
1   Brasil 4 2 2 0 212 203 1.044 6 4 1.500
2   Sérvia 4 2 1 1 184 168 1.095 5 3 1.667
3   Argentina 1 2 0 2 160 185 0.865 2 6 0.333

As partidas seguem o fuso horário da Argentina (UTC-3).

21 de julho
21:00
Relatório
Brasil   3 – 2   Argentina Orfeo Superdomo
Público: 9.200
Árbitro(s):  TUR Sokullu e  HUN Hobor
25
23
25
19
15
Set 1
Set 2
Set 3
Set 4
Set 5
17
25
20
25
10
22 de julho
21:00
Relatório
Sérvia   2 – 3   Brasil Orfeo Superdomo
Público: 6.500
Árbitro(s):  KOR Kim e  NED Loderus
25
22
25
20
14
Set 1
Set 2
Set 3
Set 4
Set 5
21
25
18
25
16
23 de julho
21:00
Relatório
Argentina   0 – 3   Sérvia Orfeo Superdomo
Público: 9.700
Árbitro(s):  HUN Hobor e  KOR Kim
19
18
26

Set 1
Set 2
Set 3
Set 4
Set 5
25
25
28

Grupo FEditar

Jogos Pontos Sets
Pos Equipe Pts T V D V P R V P R
1   Rússia 4 2 2 0 221 192 1.151 6 4 1.500
2   Cuba 4 2 1 1 182 182 1,000 5 3 1.667
3   Itália 1 2 0 2 167 196 0.852 2 6 0.333
21 de julho
17:30
Relatório
Itália   2 – 3   Rússia Orfeo Superdomo
Público: 3.500
Árbitro(s):  NED Loderus e  JPN Sakaide
14
25
24
25
7
Set 1
Set 2
Set 3
Set 4
Set 5
25
22
26
23
15
22 de julho
17:30
Relatório
Rússia   3 – 2   Cuba Orfeo Superdomo
Público: 3.000
Árbitro(s):  JPN Sakaide e  TUR Sokullu
23
25
25
22
15
Set 1
Set 2
Set 3
Set 4
Set 5
25
14
20
25
13
23 de julho
17:30
Relatório
Cuba   3 – 0   Itália Orfeo Superdomo
Público: 4.500
Árbitro(s):  JPN Sakaide e  NED Loderus
25
35
25

Set 1
Set 2
Set 3
Set 4
Set 5
17
33
22

FinaisEditar

  Semifinais Final
24 de julho
    Brasil  3  
    Cuba  1  
 
25 de julho
        Brasil   3
      Rússia   1
Terceiro lugar
24 de julho 25 de julho
    Rússia  3     Cuba  2
    Sérvia  0       Sérvia  3

SemifinaisEditar

24 de julho
17:30
Relatório
Rússia   3 – 0   Sérvia Orfeo Superdomo
Público: 4.000
Árbitro(s):  TUR Sokullu e  ITA Santi
26
25
25

Set 1
Set 2
Set 3
Set 4
Set 5
24
15
20

24 de julho
21:00
Relatório
Brasil   3 – 1   Cuba Orfeo Superdomo
Público: 8.000
Árbitro(s):  HUN Hobor e  KOR Kim
21
25
25
25
Set 1
Set 2
Set 3
Set 4
Set 5
25
19
21
20

Disputa pelo 3º lugarEditar

25 de julho
17:30
Relatório
Sérvia   3 – 2   Cuba Orfeo Superdomo
Público: 3.500
Árbitro(s):  JPN Sakaide e  HUN Hobor
28
25
22
25
15
Set 1
Set 2
Set 3
Set 4
Set 5
30
20
25
22
12

FinalEditar

25 de julho
21:00
Relatório
Rússia   1 – 3   Brasil Orfeo Superdomo
Público: 9.200
Árbitro(s):  KOR Kim e  TUR Sokullu
22
22
25
23
Set 1
Set 2
Set 3
Set 4
Set 5
25
25
16
25

Classificação finalEditar

Prêmios individuaisEditar

MVP (Most Valuable Player) Murilo Endres   Brasil
Melhor atacante Maxim Mikhaylov   Rússia
Melhor bloqueio Dimitry Muserskiy   Rússia
Melhor sacador Yoandy Leal   Cuba
Melhor líbero Mário Pedreira Júnior   Brasil
Melhor levantador Sergey Grankin   Rússia
Maior pontuador Maxim Mikhaylov   Rússia

Estatísticas por fundamentoEditar

Fase finalEditar

Referências

  1. Carol Oliveira (25 de julho de 2010). «Brasil vence a Rússia e vira o maior campeão da história da Liga Mundial». GloboEsporte.com. Consultado em 26 de julho de 2010 
  2. a b c Federação Internacional de Voleibol (FIVB). «Competition formula - World League 2010» (em inglês). Consultado em 20 de abril de 2010 
  3. «Best scorers». Federação Internacional de Voleibol. Consultado em 12 de julho de 2010 
  4. «Best spikers». Federação Internacional de Voleibol. Consultado em 12 de julho de 2010 
  5. «Best blockers». Federação Internacional de Voleibol. Consultado em 12 de julho de 2010 
  6. «Best servers». Federação Internacional de Voleibol. Consultado em 12 de julho de 2010 
  7. «Best diggers». Federação Internacional de Voleibol. Consultado em 12 de julho de 2010 
  8. «Best setters». Federação Internacional de Voleibol. Consultado em 12 de julho de 2010 
  9. «Best receivers». Federação Internacional de Voleibol. Consultado em 12 de julho de 2010 
  10. «Best liberos». Federação Internacional de Voleibol. Consultado em 12 de julho de 2010 

Ligações externasEditar