Ligases (ou sintetases) são enzimas que catalisam a ligação entre duas moléculas.

DNA ligaseEditar

Um exemplo é a DNA ligase, que é responsável pela ligação de dois fragmentos de DNA. É empregada tanto na replicação celular, para ligar fragmentos de DNA separados (fragmentos de Okazaki), quanto em diversas técnicas de cunho genético e molecular, como a introdução de um gene de interesse em um plasmídeo à ser usado em uma técnica de clonagem molecular.[1]

NomenclaturaEditar

A determinação do nome das enzimas é normatizada por um comitê especializado , o Nomenclature Committee of the International Union of Biochemistry and Molecular Biology (NC-IUBMB).

A Comissão Conjunta de Nomenclatura Bioquímica (JCBN)[2] determina que 'sintase' pode ser usada com qualquer enzima que catalisa a síntese (usando ou não trifosfatos de nucleósidos), ao passo que 'sintetase' é para ser usada como sinônimo de 'ligase'.[3]

Classes de ligasesEditar

Notas

  1. Snustad, D. Peter (15 de setembro de 2006). «Genetics, Molecular Basis of». Weinheim, Germany: Wiley-VCH Verlag GmbH & Co. KGaA. Encyclopedia of Molecular Cell Biology and Molecular Medicine. Consultado em 31 de julho de 2022 
  2. «IUPAC - International Union of Pure and Applied Chemistry: Division / Committee». www.iupac.org. Consultado em 21 de novembro de 2015. Arquivado do original em 2 de fevereiro de 2015 
  3. «synthase and ligase». www.chem.qmul.ac.uk. Consultado em 21 de novembro de 2015. Arquivado do original em 15 de outubro de 2012 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre enzimas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.