Linguagem de marcação

Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre conceito de informática. Para o termo econômico, consulte, veja Markup.

Em informática, uma linguagem de marcação, ou markup (language), é um conjunto de sinais e códigos aplicados a um texto ou a dados para definir a sua configuração. A marcação não aparece no trabalho final. O termo marcação vem do inglês, de revision marks, a sinalética (marcas) de revisão utilizada por redatores em provas de jornais e manuscritos.[1]

AplicaçãoEditar

Linguagens de marcação são usadas, por exemplo, na indústria editorial para marcar a formatação (exibição gráfica) de páginas. Se o código de marcação for padronizado, ou puder ser processado por um programa de computador, garante-se o intercâmbio de uma publicação complexa entre autores, editores e impressoras. Uma linguagem de marcação amplamente usada para texto é a HTML, que vem perdendo espaço para a sua evolução, o XHTML por conta desta ser mais eficiente para separação entre a estrutura e o conteúdo de uma página de forma mais organizada e eficiente. Posteriormente foi lançada a HTML5 que unificou tais melhorias e princípios, sendo até hoje a linguagem de marcação das páginas web.

Já a marcação de dados, conceito recente, envolve a codificação simples de sequências de dados em um arquivo de computador no formato texto-puro, ou seja, capaz de ser lido tanto por pessoas quanto por máquinas. Para esse fim, a linguagem mais utilizada atualmente é a XML e suas variantes.

Exemplos são instruções de definição de tipo tais como aquelas encontradas em troff e LaTeX, e marcadores estruturais tais como etiquetas XML. Algumas linguagens de marcação, tal como HTML, possuem semântica de apresentação, o que significa que sua especificação prescreve como o dado estruturado será mostrado, porém outras linguagens de marcação, tal como XML, não possuem semântica predefinida.

Ver tambémEditar

Referências

  1. Thiago Mio Salla (27 de junho 2016). «AS MARCAS DE UM AUTOR REVISOR: Graciliano Ramos à Roda dos Jornais e das Edições de seus Próprios Livros, in 5ª edição da Revista Livro» (PDF). Ateliê Editorial. Consultado em 15 de maio de 2021 
  Este artigo sobre programação de computadores é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.