Abrir menu principal
Como ler uma infocaixa de taxonomiaLinheraptor
Ocorrência: Cretáceo Superior Campaniano
Holótipo fóssil IVPP V16923
Holótipo fóssil IVPP V16923
Estado de conservação
Extinta
Extinta
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Clado: Dinosauria
Ordem: Saurischia
Subordem: Theropoda
Família: Dromaeosauridae
Subfamília: Velociraptorinae
Gênero: Linheraptor
Espécie-tipo
Linheraptor exquisitus
Xu et al., 2010

Linheraptor é um gênero de dinossauros da família Dromaeosauridae que viveu onde é agora a China no Cretáceo Superior. Foi nomeado por Xu Xing e colegas em 2010, e contém a espécie Linheraptor exquisitus.[1] Este dinossauro semelhante a um pássaro tinha menos de 2 metros (6,5 pés) de comprimento e foi encontrado na Mongólia Interior. É conhecido por um único esqueleto, em sua maior parte completo.

DescriçãoEditar

 
Reconstrução artística do Linheraptor em seu habitat árido do deserto.

Linheraptor era um dinossauro terópode emplumado. Foi um dromeossaurídeo que media aproximadamente 1.8 metros (5.9 pés) de comprimento,[1] e pesava até aproximadamente 25 quilos (55 libras).[2] Com esse tamanho, o Linheraptor teria sido um predador rápido e ágil, que talvez apresasse pequenos ceratopsianos.[3] Como todos os dromeossaurídeos, ele tinha um crânio alongado, um pescoço curvo, uma garra de grande tamanho em cada pé e uma cauda longa; o Linheraptor era bípede e carnívoro. As garras do maior dedo podem ter sido usadas para capturar presas.[3]

DescobertaEditar

Os pesquisadores anunciaram a descoberta do gênero depois que um esqueleto fosilizado quase completo foi encontrado em 2008 por Jonah N. Choiniere e Michael Pittman[1] na Mongólia Interior; uma publicação mais detalhada está disponível.[4] O espécime foi encontrado de rochas em Bayan Mandahu que pertencem à Formação de Wulansuhai. O último inclui litologias que são muito semelhantes com as rochas mongóis da época do Campaniano da Formação Djadokhta onde foram encontrados os dromeossaurídeos Tsaagan e Velociraptor, que são estreitamente relacionados.[1] O holótipo do espécime de Linheraptor, articulado e descompactado, é um dos poucos esqueletos quase completos de dinossauros dromeossaurídeos em todo o mundo.[1] O nome do gênero refere-se ao distrito de Linhe, na Mongólia Interior, na China, onde o espécime foi descoberto, enquanto o descritor específico, exquisitus, refere-se à natureza bem conservada do holótipo (IVPP V 16923).[5]

TaxonomiaEditar

Dentre o seu táxon irmão, acredita-se que o Linheraptor está mais intimamente relacionado com o Tsaagan mangas. Linheraptor e Tsaagan são intermediários entre os dromeossaurídeos basais e derivados. Os dois compartilham vários detalhes do crânio, dentre os quais uma fenestra maxilar grande - uma abertura na maxila, um osso maxilar superior - e carecem de várias características de dromeossaurídeos derivados, como o Velociraptor.[1] Senter (2011) e Turner, Makovicky e Norell (2012) argumentam que o Linheraptor exquisitus é um sinônimo júnior de Tsaagan mangas,[6][7] mas Xu, Pittman et al. (2015) rejeitam essa sinonímia respondendo aos contra-argumentos propostos usando detalhes novos e existentes da anatomia de Linheraptor.[4] Uma descrição monográfica do Linheraptor está atualmente em preparação.

NotasEditar

Referências

  1. a b c d e f Xu Xing, Choinere, J.N., Pittman, M., Tan, Q.W., Xiao, D., Li, Z.Q., Tan, L., Clark, J.M., Norell, M.A., Hone, D.W.E., Sullivan, C. (2010). «A new dromaeosaurid (Dinosauria: Theropoda) from the Upper Cretaceous Wulansuhai Formation of Inner Mongolia, China» (PDF). Zootaxa (2403): 1–9. Consultado em 19 de março de 2010 
  2. Alleyne, Richard (19 de março de 2010). «'Beautiful' fossil of Jurassic Park dinosaur found». The Daily Telegraph. Consultado em 21 de março de 2010 
  3. a b «Linheraptor Exquisitus - New Raptor Species Discovered in Mongolia». Science Blogging. Consultado em 21 de março de 2010. Cópia arquivada em 13 de setembro de 2012 
  4. a b Xu Xing; Michael Pittman; Corwin Sullivan; Jonah N. Choiniere; Qing Wei Tan; James M. Clark; Mark A. Norell; Wang Shuo (2015). «The taxonomic status of the Late Cretaceous dromaeosaurid Linheraptor exquisitus and its implications for dromaeosaurid systematics». Vertebrata PalAsiatica. 53 (1): 29–62 
  5. Than, Ker (19 de março de 2010). «New Dinosaur: "Exquisite" Raptor Found». National Geographic Society. Consultado em 21 de março de 2010 
  6. Senter, Phil (2011). «Using creation science to demonstrate evolution 2: morphological continuity within Dinosauria (supporting information». Journal of Evolutionary Biology. 24 (10): 2197–2216. PMID 21726330. doi:10.1111/j.1420-9101.2011.02349.x 
  7. Alan H. Turner, Peter J. Makovicky e Mark Norell (2012). «A review of dromaeosaurid systematics and paravian phylogeny». Bulletin of the American Museum of Natural History. 371: 1–206. doi:10.1206/748.1 

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar