Abrir menu principal
Lion Air
IATA JT
ICAO LNI
Indicativo de chamada LION INTER
Fundada em 15 de novembro de 1999[1]
Principais centros
de operações
Outros centros
de operações
Programa de milhagem Lion Passport
Frota 118
Destinos 126
Companhia
administradora
Lion Air Group
Subsidiária(s)
  • Batik Air
  • Wings Air
  • Lion Bizjet
  • Malindo Air
  • Thai Lion Air
Slogan We make people fly (Nós fazemos as pessoas voarem)
Sede Jacarta, Indonésia
Pessoas importantes Rusdi Kirana (Presidente)
Rudy Lumingkewas (CEO)
Edward Sirait (Diretor-presidente)
Daniel Putut (Diretor-geral)
Sítio oficial www.lionair.co.id

A PT Lion Mentari Airlines, operada como Lion Air, é uma companhia aérea de baixo custo da Indonésia, fundada em 1999.[2]

FrotaEditar

Em dezembro de 2018, a frota da Lion Air era composta pelas seguintes aeronaves:[3][4]

Aeronaves Quantidade Pedidos Passageiros Notas
Airbus A330-300 3 440
Airbus A330-900neo 4[5] TBA
Boeing 737-800 38 9 189
Boeing 737-900ER 66 213 Cliente de lançamento. Aeronaves mais antigas serão retiradas e substituídas pelo Boeing 737 MAX
Boeing 737 MAX 8 10 190 180 O pedido consiste em MAX 8 e 9. Cliente de lançamento do MAX 9. As entregas começaram em 2017. Uma das aeronaves se acidentou como voo 610.
Boeing 737 MAX 9 TBA
Boeing 737 MAX 10 50[6] TBA
Boeing 747-400 1 506 Ex-Singapore Airlines
Total 118 253

Frota antigaEditar

Aeronave Quantidade Anos de operação Notas
Airbus A310-300 1 2000–2002
Boeing 737-200 2 2001–2002
Boeing 737-300 2 2004–2014
Boeing 737-400 10 2004–2014
Boeing 747-400 1 2009–2016 Substituída pelo Airbus A330-300
McDonnell Douglas MD-82 19 2002–2012 Uma aeronave se acidentou em Surakarta como voo 583
McDonnell Douglas MD-83 1 2003–2008
McDonnell Douglas MD-90-30 5 2005–2012
Yakovlev Yak-42 5 2001–2002 Arrendado

Acidentes e IncidentesEditar

 Ver artigo principal: Voo Lion Air 610

Em 29 de Outubro de 2018, um Boeing 737 MAX 8 da empresa low-cost indonésia Lion Air despenhou-se no Mar de Java minutos depois de ter descolado do Aeroporto Internacional Soekarno–Hatta, Jacarta, Indonesia em direção ao Aeroproto Depati Amir na cidade de Pangkal Pinang, Indonésia. O acidente vitimou as 189 pessoas que seguiam a bordo, incluíndo passageiros e tripulação. Segundo comunicado oficial da Lion Air, o aparelho era recente estando em operação há apenas 3 meses, sendo que o piloto e co-piloto que seguiam a bordo somavam no total mais de 11 mil horas de voo. Todas as vítimas eram de origem indonésia, com exceção do piloto (indiano) e de um passageiro de origem italiana.

Referências

  1. «About Us» (em inglês). Lion Air. Consultado em 10 de janeiro de 2019 
  2. "Directory: World Airlines". Flight International. 2007-04-03. p. 106.
  3. «Our Fleet» (em inglês). Lion Air. Consultado em 10 de janeiro de 2019 
  4. «Lion Air Fleet Details and History» (em inglês). planespotters.net. Consultado em 10 de janeiro de 2019 
  5. «Indonesia's Lion Air commits to four A330-900s - report» (em inglês). Ch-aviation. 19 de julho de 2018. Consultado em 10 de janeiro de 2019 
  6. «Lion Air Group Order 50 Units Boeing 737 MAX 10» (em inglês). Lion Air. Consultado em 10 de janeiro de 2019 
  Este artigo sobre aviação, integrado ao Projeto Aviação, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  Este artigo sobre uma empresa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.