Lisa Negri

actriz brasileira
Lisa Negri
Nome completo Elisa Biondi
Nascimento 11 de julho de 1941
São Paulo, SP
Morte 19 de dezembro de 2014 (73 anos)
São Paulo, SP

Lisa Negri, nome artístico de Elisa Biondi[1] (São Paulo, 11 de julho de 1941São Paulo, 19 de dezembro de 2014) foi uma atriz brasileira.[2] Antes da carreira como atriz, teve um período curto como modelo.

CarreiraEditar

Nasceu na Mooca, bairro da capital paulista, descendente de italianos, sempre foi muito ligada aos seus, seu sobrenome artistico vem de sua mãe de Paschoa Negri Biondi, atuou como empresária na "Companhia Teatral Lisa Negri" (1977-1980). Viveu em Miami/FL - EUA (1986-1992).Namorou com o ator José Parisi (1964); com o banqueiro Fernando Vieira Iangue (1964-1965); e com o ator Sérgio Cardoso (1966-1967). Foi casada com o ator Paulo Oliveira (1979-1989); e com um cubano (1990-1992)[3][4]. Iniciou como manequim, pois apresentar beleza física e elegância, desfilando para Dener Pamplona de Abreu, considerado o mago da tesoura nos anos 50/60.Em 1962 chegou à televisão e Cassiano Gabus Mendes agradou-se de seu perfil, avaliando que tinha boa voz, boa figura e fotografava lindamente, mais tarde estrelou O Segredo de Laura, Somos Todos Irmãos, Presídio de Mulheres, essa de Mário Lago. Uma novela muito bonita, que passou no Brasil inteiro, mas depois de uma semana no ar, no Rio de Janeiro, a Polícia Federal a censurou e cortou, pois Mário Lago era comunista.Participou de outras novelas, mas depois foi para o Rio de Janeiro, e, por fim, para os Estados Unidos, onde morou por dez anos, mais tarde retornou ao Brasil e faz parte da diretoria da Associação dos Pioneiros da Televisão Brasileira – PRÓ-TV[5].


Na televisãoEditar

Ano Título Personagem
1999-2000? Ô... Coitado![6] Participações
1995 As Pupilas do Senhor Reitor
1983 A Justiça de Deus[7]
1973 Os Ossos do Barão Magali[8]
1968 Amor sem Deus Magda
1967 Presídio de Mulheres Silvana
A Ponte de Waterloo Rosinha
1966 O Anjo e o Vagabundo Maíra
A Inimiga Silvana
Somos Todos Irmãos Antonieta
O Amor Tem Cara de Mulher
1965 Um Rosto Perdido
A Outra Madalena
Teresa Aurora
1964 O Sorriso de Helena Júlia
Quem Casa com Maria? Maria José
O Segredo de Laura Elizabeth
1963 Moulin Rouge, a Vida de Toulouse-Lautrec

No cinemaEditar

Ano Título Personagem
2016 Diário de Um Exorcista - Zero Júlia Vidal (lançado postumamente)
1979 Os Três Boiadeiros
1977 Pintando o Sexo Norma
Dezenove Mulheres e Um Homem Caseira
1974 A Virgem e o Machão Tetê [9]
1967 Vidas Nuas Lena
1965 Quatro Brasileiros em Paris
1964 Noite Vazia Amante de Nelson

Prêmios e indicaçõesEditar

Ano Prêmio Categoria Nomeação Resultado Ref.
1967 Troféu Imprensa Melhor atriz
Somos Todos Irmãos
Indicada


Referências

  1. «Dramaturgia In Memorian». 23 de dezembro de 2014. Consultado em 29 de dezembro de 2014. Arquivado do original em 23 de setembro de 2015 
  2. «Cópia arquivada». Consultado em 20 de dezembro de 2014. Arquivado do original em 21 de dezembro de 2014 
  3. «Lisa Negri». 17 de março de 2020. Consultado em 30 de março de 2020 
  4. «Lisa Negri». Consultado em 30 de março de 2020 
  5. «TV Tupi Uma Linda História de Amor» (PDF). 8 de abril de 2008. Consultado em 30 de março de 2020. Cópia arquivada (PDF) em 30 de março de 2020 
  6. «Lutando por um lugar ao sol». Gazeta Digital. 24 de agosto de 2003. Consultado em 30 de março de 2020 
  7. «A Justiça de Deus». Teledramaturgia. Consultado em 29 de março de 2020 
  8. «Os Ossos do Barão (1973)». Teledramaturgia. Consultado em 29 de março de 2020 
  9. «A Virgem e o Machão». Cinemateca Brasileira. Consultado em 14 de novembro de 2019 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre um ator é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.