Abrir menu principal

Lista de governadores do Ceará

artigo de lista da Wikimedia

Governantes do período colonial (1531 — 1822)Editar

Donatário da CapitaniaEditar

Nome Imagem Início do mandato Término do mandato Observações
1 Antônio Cardoso de Barros 25 de janeiro de 1531 27 de novembro de 1556

Capitães-mores do Ceará Colonial: posse de terraEditar

Nome Imagem Início do mandato Término do mandato Observações
2 Pero Coelho de Sousa 16 de abril de 1603 30 de junho de 1611
3 Martim Soares Moreno 30 de junho de 1611 20 de abril 1613
4 Manuel de Brito Freire 20 de abril 1613 3 de junho de 1621

Capitães-mores do Ceará Colonial: Ceará subordinado ao MaranhãoEditar

Nome Imagem Início do mandato Término do mandato Observações
5 Martim Soares Moreno 3 de junho de 1621 20 de dezembro de 1631
6 Domingos da Veiga Cabral 20 de dezembro de 1631 22 de abril de 1637
7 Diogo Coelho de Albuquerque 22 de abril de 1637 21 de junho de 1640

Capitães-mores do Ceará Colonial: Ceará-NeerlandêsEditar

Nome Imagem Início do mandato Término do mandato Observações
9 Gedeon Morris 21 de junho de 1640 15 de novembro de 1649
8 Matias Beck 15 de novembro de 1649 23 de outubro de 1654

Capitães-mores do Ceará Colonial: Ceará subordinado ao MaranhãoEditar

Nome Imagem Início do mandato Término do mandato Observações
10 Álvaro de Azevedo Barreto 23 de outubro de 1654 7 de agosto de 1655
11 Domingos Sá Barbosa 7 de agosto de 1655 1° de maio de 1659

Capitães-mores do Ceará Colonial: Ceará subordinado a PernambucoEditar

Nome Imagem Início do mandato Término do mandato Observações
12 Antônio Fernandes Menxica 1° de maio de 1659 12 de dezembro de 1660
13 Diogo Coelho de Albuquerque 12 de dezembro de 1660 14 de dezembro de 1663
14 João de Melo de Gusmão 14 de dezembro de 1663 24 de novembro de 1666
15 João Tavares de Almeida 24 de novembro de 1666 21 de julho de 1671
16 Jorge Correia da Silva 21 de julho de 1671 5 de dezembro de 1673
17 João Tavares de Almeida 5 de dezembro de 1673 21 de novembro de 1674
18 Bento Correia de Figueiredo 21 de novembro de 1674 25 de setembro de 1678
19 Sebastião de Sá 25 de setembro de 1678 8 de novembro de 1682
20 Bento de Macedo de Faria 8 de novembro de 1682 16 de junho de 1684
21 Sebastião de Sá 16 de junho de 1684 6 de junho de 1687
22 Tomás Cabral de Olival 6 de junho de 1687 17 de outubro de 1693
23 Fernão Carrilho 17 de outubro de 1693 1º de dezembro de 1695
24 Pedro Lelou 1º de dezembro de 1695 8 de outubro de 1698
25 João Freitas da Cunha 8 de outubro de 1698 1° de novembro de 1699
26 Francisco Gil Ribeiro 1° de novembro de 1699 30 de novembro de 1699
27 Fernão Carrilho 30 de novembro de 1699 7 de dezembro de 1699
28 Jorge de Barros Leite 7 de dezembro de 1699 1° de janeiro de 1704
29 João da Mota 1° de janeiro de 1704 5 de novembro de 1704
30 Gabriel da Silva Lago 5 de novembro de 1704 25 de agosto de 1710
31 Francisco Duarte de Vasconcelos 25 de agosto de 1710 30 de agosto de 1715
32 Manoel da Fonseca Jaime 30 de agosto de 1715 1º de novembro de 1718
33 Salvador Alves da Silva 1º de novembro de 1718 9 de novembro de 1721
34 Manoel Francês 9 de novembro de 1721 11 de janeiro de 1727
35 João Baptista Furtado 11 de janeiro de 1727 1° de julho de 1729
36 Leonel de Abreu Lima 1° de julho de 1729 11 de março de 1735
37 Domingos Simões Jordão 11 de março de 1735 7 de setembro de 1739
38 Francisco Ximenes de Aragão 7 de setembro de 1739 2 de fevereiro de 1743
39 João de Teive Barreto e Menezes 2 de fevereiro de 1743 17 de agosto de 1746
40 Francisco de Miranda Costa 17 de agosto de 1746 10 de outubro de 1748
41 Pedro de Moraes Magalhães 10 de outubro de 1748 18 de agosto de 1751
42 Luís Quaresma Dourado 18 de agosto de 1751 22 de abril de 1755
43 Francisco Xavier de Miranda Henriques 22 de abril de 1755 11 de janeiro de 1759
44 João Baltasar Quevedo Homem de Magalhães 11 de janeiro de 1759 25 de abril de 1765
45 Antônio José Vitoriano Borges da Fonseca 25 de abril de 1765 11 de maio de 1782
46 João Baptista Montauri 11 de maio de 1782 9 de novembro de 1789
47 Luiz da Motta Torres 9 de novembro de 1789 21 de agosto de 1799

Governadores do Ceará autônomo da ColôniaEditar

Nome Imagem Início do mandato Término do mandato Observações
48 Bernardo Vasconcelos 21 de agosto de 1799 8 de novembro de 1802
49 Gregório Coutinho
José Henrique Pereira
Antônio Martins Ribeiro
8 de novembro de 1802 3 de novembro de 1803 Junta administrativa
50 Carlos Augusto von Oyenhausen 13 de novembro de 1803 14 de fevereiro de 1807
51 Francisco Afonso Pereira
Francisco Xavier Torres
José Pereira de Castro
16 de fevereiro de 1807 21 de junho de 1808 Junta administrativa

José Pereira de Castro,

Vigário de Aquiraz

52 Luís Alardo de Menezes 21 de junho de 1808 19 de março de 1812
53 Manuel Inácio de Sampaio 19 de março de 1812 12 de janeiro de 1820
54 Adriano José Leal
Joaquim Lopes de Abreu
Francisco Xavier Torres
12 de janeiro de 1820 13 de junho de 1820 Junta administrativa
55 Francisco Alberto Rubim 13 de junho de 1820 3 de novembro de 1821
56 Francisco Xavier Torres
Adriano José Leal
Henrique José Leal
3 de novembro de 1821 17 de novembro de 1822 Governo provisório
57 Francisco Gonçalves de Magalhães
Mariano Gomes da Silva
José Agrela Jardim
José de Castro e Silva
José Raimundo Paço de Porbem Barbosa
17 de fevereiro de 1822 27 de novembro de 1822 Junta administrativa
58 Francisco Xavier Torres 4 de dezembro de 1822 23 de janeiro de 1823

Governantes do período imperial (1822 — 1889)Editar

Nome Imagem Partido Início do mandato Término do mandato Observações
José Pereira Filgueiras Partido Nacional[1] 19 de novembro de 1822 3 de março de 1823 (Dissidente no Crato)
1 Francisco Pinheiro Landim Partido Moderado[2] 4 de março de 1823 14 de abril de 1824 Presidente da Província do Ceará[3]
2 Pedro da Costa Barros Partido Democrático[4] 15 de abril de 1824 29 de abril de 1824 Presidente da Província do Ceará[3]
3 Tristão de Alencar Araripe Partido Popular[5] 29 de abril de 1824 12 de outubro de 1824 Presidente da Província do Ceará[3]
Félix de Azevedo e Sá Partido Popular[5] 12 de outubro de 1824 17 de dezembro de 1824 Presidente interino da Província do Ceará[6]
4 Pedro da Costa Barros Partido Democrático[4] 17 de dezembro de 1824 13 de janeiro de 1825 Presidente da Província do Ceará[3]
5 Félix de Azevedo e Sá Partido Popular[5] 13 de janeiro de 1825 4 de fevereiro de 1826 Presidente da Província do Ceará[3]
6 Antônio Salles Belford Partido Popular[5] 4 de fevereiro de 1826 2 de janeiro de 1829 Presidente da Província do Ceará[3]
José Antônio Machado Partido Moderado[2] 2 de janeiro de 1829 6 de abril de 1829 Presidente interino da Província do Ceará[6]
7 Manuel Pereira da Silva Partido Federalista[7] 6 de abril de 1829 8 de julho de 1830 Presidente da Província do Ceará[3]
8 José de Castro e Silva Partido Liberal[8] 8 de julho de 1830 7 de outubro de 1831 Presidente da Província do Ceará[3]
Facundo de Castro Menezes Partido Popular[5] 7 de outubro de 1831 8 de outubro de 1831 Vice-Presidente da província no cargo de titular[9]
9 Mariano Cavalcanti Partido Popular[5] 8 de outubro de 1831 23 de novembro de 1833 Presidente da Província do Ceará[3]
10 Inácio de Vasconcelos Partido Federalista[7] 23 de novembro de 1833 6 de outubro de 1834 Presidente da Província do Ceará[3]
11 José Martiniano de Alencar Partido Liberal[8] 6 de outubro de 1834 25 de novembro de 1837 Presidente da Província do Ceará[3]
Facundo de Castro Menezes Partido Conservador[10] 25 de novembro de 1837 16 de dezembro de 1837 Vice-Presidente da província no cargo de titular[9]
12 Manuel Felizardo de Mello Partido Conservador[11] 16 de dezembro de 1837 15 de fevereiro de 1839 Presidente da Província do Ceará[3]
13 João Antônio de Miranda Partido Conservador[11] 15 de fevereiro de 1839 3 de fevereiro de 1840 Presidente da Província do Ceará[3]
Francisco de Sousa Martins Partido Liberal[8] 3 de fevereiro de 1840 9 de setembro de 1840 Vice-Presidente da província no cargo de titular[9]
Facundo de Castro Menezes Partido Conservador[10] 9 de setembro de 1840 20 de outubro de 1840 Presidente interino da Província do Ceará[6]
José Martiniano de Alencar Partido Liberal[8] 20 de outubro de 1840 6 de abril de 1841 Presidente interino da Província do Ceará[6]
14 Facundo de Castro Menezes Partido Conservador[10] 6 de abril de 1841 9 de maio de 1841 Presidente da Província do Ceará[3]
15 José Joaquim Coelho Partido Liberal[8] 9 de maio de 1841 12 de março de 1843 Presidente da Província do Ceará[3]
Joaquim Mendes da Cruz Guimarães Partido Conservador[10] 12 de março de 1843 2 de abril de 1843 Vice-Presidente da província no cargo de titular[9]
16 José Maria Bittencourt Partido Conservador[10] 2 de abril de 1843 4 de dezembro de 1844 Presidente da Província do Ceará[3]
17 Inácio de Vasconcelos Partido Conservador[10] 4 de dezembro de 1844 2 de agosto de 1847 Presidente da Província do Ceará[3]
João Crisóstomo de Oliveira Partido Liberal[8] 2 de agosto de 1847 14 de outubro de 1847 Vice-Presidente da província no cargo de titular[9]
18 Casimiro Sarmento Partido Conservador[10] 14 de outubro de 1847 14 de abril de 1848 Presidente da Província do Ceará[3]
João Crisóstomo de Oliveira Partido Liberal[8] 14 de abril de 1848 13 de maio de 1848 Presidente interino da Província do Ceará[6]
19 Fausto Augusto de Aguiar Partido Conservador[10] 13 de maio de 1848 1º de agosto de 1850 Presidente da Província do Ceará[3]
Joaquim Mendes da Cruz Guimarães Partido Conservador[10] 1º de agosto de 1850 16 de novembro de 1850 Presidente interino da Província do Ceará[6]
20 Inácio Silveira da Mota Partido Liberal[8] 16 de novembro de 1850 6 de julho de 1851 Presidente da Província do Ceará[3]
21 Marcos de Almeida Rego Partido Conservador[10] 6 de julho de 1851 28 de abril de 1853 Presidente da Província do Ceará[3]
22 Joaquim Vilela Tavares Partido Liberal[8] 28 de abril de 1853 20 de fevereiro de 1854 Presidente da Província do Ceará[3]
23 Vicente Pires da Mota Partido Conservador[10] 20 de fevereiro de 1854 13 de outubro de 1855 Presidente da Província do Ceará[3]
24 Francisco Xavier Paes Partido Liberal[8] 13 de outubro de 1855 26 de março de 1857 Presidente da Província do Ceará[3]
Joaquim Mendes da Cruz Guimarães Partido Conservador[10] 26 de março de 1857 27 de julho de 1857 Vice-Presidente da província no cargo de titular[9]
25 João Silveira de Sousa Partido Conservador[10] 27 de julho de 1857 15 de setembro de 1859 Presidente da Província do Ceará[3]
Joaquim Mendes da Cruz Guimarães Partido Conservador[10] 15 de setembro de 1859 7 de outubro de 1859 Presidente interino da Província do Ceará[6]
26 Antônio Marcelino Nunes Gonçalves Partido Conservador[10] 7 de outubro de 1859 9 de abril de 1861 Presidente da Província do Ceará[3]
Antônio Pinto de Mendonça Partido Conservador[10] 9 de abril de 1861 6 de maio de 1861 Vice-Presidente da província no cargo de titular[9]
27 Manuel Duarte de Azevedo Partido Conservador[10] 6 de maio de 1861 12 de fevereiro de 1862 Presidente da Província do Ceará[3]
José Antônio Machado Partido Conservador[10] 12 de fevereiro de 1862 5 de maio de 1862 Vice-Presidente da província no cargo de titular[9]
28 José Bento Figueiredo Jr Partido Conservador[10] 5 de maio de 1862 19 de fevereiro de 1864 Presidente da Província do Ceará[3]
José Antônio Machado Partido Conservador[10] 19 de fevereiro de 1864 29 de fevereiro de 1864 Presidente interino da Província do Ceará[6]
Vicente de Paula Pessoa Partido Liberal[8] 29 de fevereiro de 1864 4 de abril de 1864 Vice-Presidente da província no cargo de titular[9]
29 Lafayette Rodrigues Pereira Partido Liberal[8] 4 de abril de 1864 10 de junho de 1865 Presidente da Província do Ceará[3]
30 Barão Homem de Melo Partido Liberal[8] 10 de junho de 1865 5 de novembro de 1866 Presidente da Província do Ceará[3]
31 João de Sousa Alvim Partido Liberal[8] 5 de novembro de 1866 6 de junho de 1867 Presidente da Província do Ceará[3]
Sebastião Gonçalves da Silva Partido Liberal[8] 6 de junho de 1867 16 de outubro de 1867 Vice-Presidente da província no cargo de titular[9]
32 Pedro Leão Veloso Partido Conservador[10] 16 de outubro de 1867 15 de abril de 1868 Presidente da Província do Ceará[3]
Antônio Joaquim Rodrigues Jr Partido Liberal[8] 15 de abril de 1868 31 de julho de 1868 Vice-Presidente da província no cargo de titular[9]
33 Gonçalo Batista Vieira Partido Conservador[10] 31 de julho de 1868 27 de agosto de 1868 Presidente da Província do Ceará[3]
34 Diogo Velho Cavalcanti Partido Conservador[10] 27 de agosto de 1868 24 de abril de 1869 Presidente da Província do Ceará[3]
35 Joaquim da Cunha Freire Partido Conservador[10] 24 de abril de 1869 26 de julho de 1870 Presidente da Província do Ceará[3]
João Antônio de Araújo Freitas Partido Conservador[10] 26 de julho de 1870 13 de dezembro de 1870 Vice-Presidente da província no cargo de titular[9]
36 Joaquim da Cunha Freire Partido Conservador[10] 13 de dezembro de 1870 20 de janeiro de 1871 Presidente da Província do Ceará[3]
José Fernandes Pereira Jr Partido Conservador[10] 20 de janeiro de 1871 29 de junho de 1871 Vice-Presidente da província no cargo de titular[9]
José Antônio Calazans Partido Conservador[10] 29 de junho de 1871 8 de janeiro de 1872 Vice-Presidente da Província do Ceará[3]
Joaquim da Cunha Freire Partido Conservador[10] 8 de janeiro de 1872 12 de janeiro de 1872 Presidente interino da Província do Ceará[6]
João Wilkens de Matos Partido Liberal[8] 12 de janeiro de 1872 30 de outubro de 1872 Presidente interino da Província do Ceará[6]
Joaquim da Cunha Freire Partido Conservador[10] 30 de outubro de 1872 31 de outubro de 1872 Presidente interino da Província do Ceará[6] (um só dia)
Manuel Soares da Silva Bezerra Partido Conservador[10] 31 de outubro de 1872 4 de novembro de 1872 Vice-Presidente da Província do Ceará[3]
Esmerino Gomes Parente Partido Liberal[8] 4 de novembro de 1872 7 de dezembro de 1872 Presidente interino da Província do Ceará[6]
37 Francisco de Assis Oliveira Maciel Partido Conservador[10] 7 de dezembro de 1872 11 de setembro de 1873 Presidente da Província do Ceará[3]
38 Joaquim da Cunha Freire Partido Conservador[10] 11 de setembro de 1873 13 de novembro de 1873 Presidente da Província do Ceará[3]
39 Francisco Teixeira de Sá Partido Conservador[10] 13 de novembro de 1873 2 de março de 1874 Presidente da Província do Ceará[3]
Joaquim da Cunha Freire Partido Conservador[10] 2 de março de 1874 23 de outubro de 1874 Vice-Presidente da província no cargo de titular[9]
40 Heráclito Graça Partido Liberal[8] 23 de outubro de 1874 1º de março de 1875 Presidente da Província do Ceará[3]
41 Esmerino Gomes Parente Partido Liberal[8] 1º de março de 1875 22 de março de 1876 Presidente da Província do Ceará[3]
42 Francisco de Faria Lemos Partido Conservador[10] 22 de março de 1876 10 de janeiro de 1877 Presidente da Província do Ceará[3]
Caetano Cavalcanti Partido Conservador[10] 10 de janeiro de 1877 24 de novembro de 1877 Vice-Presidente da província no cargo de titular[9]
43 João Ferreira de Aguiar Partido Conservador[10] 24 de novembro de 1877 21 de fevereiro de 1878 Presidente da Província do Ceará[3]
Paulino Nogueira Borges da Fonseca Partido Conservador[10] 21 de fevereiro de 1878 4 de março de 1878 Vice-Presidente da província no cargo de titular[9]
44 Antônio Nogueira Accioli Partido Conservador[10] 4 de março de 1878 8 de março de 1878 Presidente da Província do Ceará[3]
45 Júlio de Albuquerque Barros Partido Liberal[8] 8 de março de 1878 2 de julho de 1880 Presidente da Província do Ceará[3]
46 Augusto de Pádua Fleury Partido Conservador[10] 2 de julho de 1880 1º de abril de 1881 Presidente da Província do Ceará[3]
47 Pedro Leão Veloso Partido Conservador[10] 1º de abril de 1881 26 de dezembro de 1881 Presidente interino da Província do Ceará[6]
48 Torquato Mendes Viana Partido Conservador[10] 26 de dezembro de 1881 22 de março de 1882 Presidente da Província do Ceará[3]
Sancho de Barros Pimentel Partido Conservador[10] 22 de março de 1882 31 de outubro de 1882 Vice-Presidente da província no cargo de titular[9]
Antônio Teodorico da Costa Partido Conservador[10] 31 de outubro de 1882 19 de dezembro de 1882 Vice-Presidente da província no cargo de titular[9]
49 Domingos Antônio Raiol Partido Conservador[10] 19 de dezembro de 1882 17 de maio de 1883 Presidente da Província do Ceará[3]
Antônio Teodorico da Costa Partido Conservador[10] 17 de maio de 1883 21 de agosto de 1883 Vice-Presidente da província no cargo de titular[9]
50 Satiro de Oliveira Dias Partido Liberal[8] 21 de agosto de 1883 31 de maio de 1884 Presidente da Província do Ceará[3]
51 Antônio Nogueira Accioli Partido Conservador[10] 31 de maio de 1884 12 de julho de 1884 Presidente da Província do Ceará[3]
Carlos Benedito Ottoni Partido Conservador[10] 12 de julho de 1884 12 de fevereiro de 1885 Vice-Presidente da província no cargo de titular[9]
Sinval Odorico de Moura Partido Liberal[8] 12 de fevereiro de 1885 1º de outubro de 1885 Presidente interino da Província do Ceará[6]
52 Miguel Calmon du Pin Partido Conservador[10] 1º de outubro de 1885 9 de abril de 1886 Presidente da Província do Ceará[3]
Joaquim da Costa Barradas Partido Conservador[10] 9 de abril de 1886 21 de setembro de 1886 Vice-Presidente da província no cargo de titular[9]
53 Enéas de Araújo Torreão Partido Liberal[8] 21 de setembro de 1886 21 de abril de 1888 Presidente da Província do Ceará[3]
54 Antônio da Silva Prado Partido Liberal[8] 21 de abril de 1888 25 de maio de 1889 Presidente da Província do Ceará[3]
Américo Militão de Freitas Partido Liberal[8] 25 de maio de 1889 10 de julho de 1889 Presidente interino da Província do Ceará[6]
Henrique Francisco d'Ávila Partido Liberal[8] 10 de julho de 1889 11 de outubro de 1889 Vice-Presidente da província no cargo de titular[9]
Jerônimo de Morais Jardim Partido Liberal[8] 11 de outubro de 1889 16 de novembro de 1889 Presidente interino da Província do Ceará[6]

Governantes do período republicano (1889 — 2019)Editar

  Mandatários eleitos por votação direta
  Mandatários que assumiram o governo por serem vice-governadores
  Mandatários eleitos por votação indireta ou que assumiram na qualidade de representantes do Poder Legislativo
  Mandatários nomeados diretamente pelo governo central em épocas de convulsão político-social e período militar
Nome Imagem Partido Início do mandato Término do mandato Observações
Primeira República Brasileira (1889-1930)
1 Luís Antônio Ferraz Partido Trabalhista Nacional

PTN

16 de novembro de 1889 22 de janeiro de 1891 Governador de Estado nomeado pelo Governo Federal[12]
2 Benjamin Liberato Barroso Partido Trabalhista Nacional

PTN

22 de janeiro de 1891 6 de abril de 1891 Governador de Estado nomeado pelo Governo Federal[12]
3 Feliciano Antônio Benjamim Partido Trabalhista Nacional

PTN

6 de abril de 1891 28 de abril de 1891 Governador de Estado nomeado pelo Governo Federal[12]
4 José Clarindo de Queirós Partido Trabalhista Nacional

PTN

28 de abril de 1891 16 de fevereiro de 1892 Governador de Estado nomeado pelo Congresso Constituinte do Ceará, posteriormente renunciou[13]
5 João Nepomuceno de Medeiros Mallet Partido Trabalhista Nacional

PTN

16 de fevereiro de 1892 18 de fevereiro de 1892 Governador interino nomeado pelo Governo Federal[12]
6 Benjamin Liberato Barroso Partido Trabalhista Nacional

PTN

18 de fevereiro de 1892 12 de julho de 1892 Governador de Estado nomeado pelo Congresso Constituinte do Ceará, posteriormente deposto por Floriano Peixoto[13]
7 Antônio Nogueira Accioli Partido Conservador Nacional

PCN

12 de julho de 1892 27 de agosto de 1892 Governador de Estado nomeado pelo Governo Federal[12]
8 José Bezerril Fontenelle Partido Conservador Nacional

PCN

27 de agosto de 1892 12 de julho de 1896 Governador eleito em sufrágio universal[14]
9 Antônio Nogueira Accioli Partido Republicano Federal

PRF

12 de julho de 1896 12 de julho de 1900 Governador eleito em sufrágio universal[14]
10 Pedro Augusto Borges Partido Republicano Federal

PRF

12 de julho de 1900 12 de julho de 1904 Governador de Estado nomeado pelo Congresso Constituinte do Ceará[13]
11 Antônio Nogueira Accioli Partido Republicano Federal

PRF

12 de julho de 1904 12 de julho de 1908 Governador eleito em sufrágio universal[14]
12 Antônio Nogueira Accioli Partido Republicano Conservador

PRC

12 de julho de 1908 24 de janeiro de 1912 Governador reeleito em sufrágio universal, posteriormente deposto[14]
13 Antônio Frederico de Carvalho Mota Partido Republicano Conservador

PRC

24 de janeiro de 1912 12 de julho de 1912 Vice-Governador no cargo de titular, posteriormente renunciou
14 Belisário Cícero Alexandrino Partido Republicano Conservador

PRC

12 de julho de 1912 14 de julho de 1912 Presidente da Assembleia Legislativa do Ceará no cargo interinamente
15 Marcos Franco Rabelo Partido Progressista

PP

14 de julho de 1912 14 de março de 1914 Graças a política das salvações do presidente Hermes da Fonseca, Franco Rabelo foi governador do Ceará, de 14 de julho de 1912 a 14 de março de 1914, pondo fim ao domínio de Antônio Pinto Nogueira Accioli no estado.
Floro Bartolomeu 10 de março de 1914 15 de março de 1914 Presidente do Ceará (em "Estado de Sítio ou Estado de Exceção") consoante titulo de nomeação do Coletor Estatal de Morada Nova,

Manuel Honorato Cavalcante Filho, datado de 10 de março de 1914 expedido por esse titular, como Presidente do Estado do Ceará em Joaseiro do Cariry.

16 Fernando Setembrino de Carvalho Partido Trabalhista Renovador

PTR

15 de março de 1914 24 de junho de 1914 Governador de Estado nomeado pelo Governo Federal[12]
17 Benjamin Liberato Barroso Partido Trabalhista Renovador

PTR

24 de junho de 1914 12 de julho de 1916
18 João Tomé de Sabóia e Silva Partido Liberal Progressista

PLP

12 de julho de 1916 12 de julho de 1920
19 Justiniano de Serpa Partido Trabalhista Renovador

PTR

12 de julho de 1920 12 de julho de 1923
20 Ildefonso Albano Partido Liberal Progressista

PLP

12 de julho de 1923 12 de julho de 1924
21 José Moreira da Rocha Partido Trabalhista Conservador

PTC

12 de julho de 1924 19 de maio de 1928
22 Eduardo Henrique Girão Partido Liberal Progressista

PLP

19 de maio de 1928 12 de julho de 1928
23 José Carlos de Matos Peixoto Partido Liberal Progressista

PLP

12 de julho de 1928 8 de outubro de 1930
Era Vargas (1930-1945)
24 Manuel Fernandes Távora Aliança Liberal

AL

8 de outubro de 1930 13 de junho de 1931 Governador provisório
25 João da Silva Leal Aliança Liberal

AL

13 de junho de 1931 22 de setembro de 1931 Interventor Federal
26 Roberto Carneiro de Mendonça Aliança Liberal

AL

22 de setembro de 1931 5 de setembro de 1934 Interventor Federal
27 Filipe Moreira Lima Aliança Liberal

AL

5 de setembro de 1934 10 de maio de 1935 Interventor Federal
28 Franklin Monteiro Gondim Aliança Liberal

AL

10 de maio de 1935 25 de maio de 1935 Interventor Federal
29 Francisco de Meneses Pimentel Aliança Liberal

AL

25 de maio de 1935 10 de novembro de 1937 Governador eleito em sufrágio universal
10 de novembro de 1937 28 de outubro de 1945 Interventor Federal
Quarta República Brasileira (1945-1964)
30 Benedito Augusto Carvalho dos Santos Partido Republicano Trabalhista

PRT

28 de outubro de 1945 10 de janeiro de 1946 Interventor Federal
31 Tomás Pompeu Filho Partido Republicano

PR

10 de janeiro de 1946 21 de janeiro de 1946 Interventor Federal
32 Acrísio Moreira da Rocha Partido Republicano

PR

21 de janeiro de 1946 16 de fevereiro de 1946 Interventor Federal
33 Pedro Firmeza Partido Republicano

PR

16 de fevereiro de 1946 28 de outubro de 1946 Interventor Federal
34 José Machado Lopes Partido Social Democrático

PSD

28 de outubro de 1946 3 de fevereiro de 1947 Interventor Federal
35 José Feliciano de Ataíde Partido Republicano Trabalhista

PRT

3 de fevereiro de 1947 1º de março de 1947 Interventor Federal
36 Faustino de Albuquerque União Democrática Nacional

UDN

1º de março de 1947 31 de janeiro de 1951 Governador eleito em sufrágio universal
37 Raul Barbosa Partido Social Democrático

PSD

31 de janeiro de 1951 1º de julho de 1954 Governador eleito em sufrágio universal
38 Stênio Gomes da Silva Partido Social Progressista

PSP

1º de julho de 1954 25 de março de 1955 Vice-Governador eleito no cargo de Governador
39 Paulo Sarasate União Democrática Nacional

UDN

25 de março de 1955 3 de julho de 1958 Governador eleito em sufrágio universal
40 Flávio Marcílio Partido Trabalhista Brasileiro

PTB

3 de julho de 1958 25 de março de 1959 Vice-Governador eleito no cargo de Governador
41 Parsifal Barroso   Partido Trabalhista Brasileiro

PTB

25 de março de 1959 25 de março de 1963 Governador eleito em sufrágio universal
42 Virgílio Távora União Democrática Nacional

UDN

25 de março de 1963 12 de agosto de 1966 Governador eleito em sufrágio universal
Ditadura Militar (1964-1985)
43 Franklin Chaves Aliança Renovadora Nacional

ARENA

12 de agosto de 1966 12 de setembro de 1966 Governador nomeado pelo presidente Castelo Branco
44 Plácido Castelo Aliança Renovadora Nacional

ARENA

12 de setembro de 1966 25 de março de 1971 Governador nomeado pelo presidente Castelo Branco
45 César Cals   Aliança Renovadora Nacional

ARENA

25 de março de 1971 15 de março de 1975 Governador nomeado pelo presidente Emílio Médici
46 Adauto Bezerra   Aliança Renovadora Nacional

ARENA

15 de março de 1975 28 de fevereiro de 1978 Governador nomeado pelo presidente Ernesto Geisel
47 Waldemar Alcântara Aliança Renovadora Nacional

ARENA

28 de fevereiro de 1978 15 de março de 1979 Vice-Governador nomeado pelo presidente Ernesto Geisel
48 Virgílio Távora Partido Democrático Social

PDS

15 de março de 1979 15 de março de 1982 Governador nomeado pelo presidente João Figueiredo
49 Manuel de Castro Partido Democrático Social

PDS

15 de março de 1982 15 de março de 1983 Vice-Governador nomeado pelo presidente João Figueiredo
50 Gonzaga Mota Partido Democrático Social

PDS

15 de março de 1983 15 de março de 1987 Governador eleito em sufrágio universal
Nova República (1985-presente)
51 Tasso Jereissati Partido do Movimento Democrático Brasileiro

PMDB

15 de março de 1987 15 de março de 1991 Governador eleito em sufrágio universal
52 Ciro Gomes Partido da Social Democracia Brasileira

PSDB

15 de março de 1991 8 de setembro de 1994 Governador eleito em sufrágio universal
53 Francisco de Barros 8 de setembro de 1994 9 de outubro de 1994 Presidente do tribunal de Justiça do Ceará assume com a renuncia do titular
54 Francisco Aguiar Partido da Social Democracia Brasileira

PSDB

9 de outubro de 1994 1º de janeiro de 1995 Presidente da Assembléia eleito pelo voto indireto
55 Tasso Jereissati Partido da Social Democracia Brasileira

PSDB

1º de janeiro de 1995 1º de janeiro de 1999 Governador eleito em sufrágio universal
1º de janeiro de 1999 6 de abril de 2002 Governador reeleito renunciou o mandato
56 Beni Veras Partido da Social Democracia Brasileira

PSDB

6 de abril de 2002 1º de janeiro de 2003 Vice-Governador que assume com a renuncia do titular
57 Lúcio Alcântara Partido da Social Democracia Brasileira

PSDB

1º de janeiro de 2003 1º de janeiro de 2007 Governador eleito em sufrágio universal
58 Cid Gomes Partido Socialista Brasileiro

PSB

1º de janeiro de 2007 1º de janeiro de 2011 Governador eleito em sufrágio universal
Partido Republicano da Ordem Social

PROS

1º de janeiro de 2011 1º de janeiro de 2015 Governador reeleito em sufrágio universal
59 Camilo Santana Partido dos Trabalhadores

PT

1º de janeiro de 2015 1º de janeiro de 2019 Governador eleito em sufrágio universal
1º de janeiro de 2019 Em exercício Governador reeleito em sufrágio universal

Governadores vivosEditar

Até o momento, 19 de novembro de 2019, os oito governadores vivos do Ceará são, por ordem de início do primeiro mandato: Adauto Bezerra, Gonzaga Mota, Tasso Jereissati, Ciro Gomes, Chico Aguiar, Lúcio Alcântara, Cid Gomes e Camilo Santana.

FontesEditar

Ver tambémEditar

Referências

  1. «Política no Segundo Reinado». Mundo Educação. Consultado em 15 de abril de 2019 
  2. a b «Do Império à República: a história dos partidos políticos no Brasil, em 13.11.2014». www.tse.jus.br. Consultado em 19 de outubro de 2018 
  3. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z aa ab ac ad ae af ag ah ai aj ak al am an ao ap aq ar as at au av aw ax ay az ba bb bc «Província do Ceará - Arquivo Histórico». arquivohistorico.camara.leg.br. Consultado em 14 de abril de 2019 
  4. a b «Do Império à República: a história dos partidos políticos no Brasil, em 13.11.2014». www.tse.jus.br. Consultado em 19 de outubro de 2018 
  5. a b c d e f «Do Império à República: a história dos partidos políticos no Brasil, em 13.11.2014». www.tse.jus.br. Consultado em 19 de outubro de 2018 
  6. a b c d e f g h i j k l m n o p Marques, Lorena de Lima. «Muito além do 13 de maio: há 135 anos, o Ceará tornava-se a primeira província brasileira a abolir a escravidão». Fundação Cultural Palmares. Consultado em 14 de abril de 2019 
  7. a b «Histórico dos partidos políticos brasileiros - Plenarinho - Câmara dos Deputados – o jeito criança de ser cidadão». Plenarinho - Câmara dos Deputados – o jeito criança de ser cidadão. 16 de fevereiro de 2017 
  8. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z aa ab «O Liberalismo no Brasil - Os primeiros partidos - Fernanda Barth». Fernanda Barth. 3 de fevereiro de 2016 
  9. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v Silva, Bárbara Eliza Soares (2012). «Uma história da educação: A invenção da instrução pública na província do Ceará (1858-1889)» 
  10. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z aa ab ac ad ae af ag ah ai aj ak al am an ao ap aq ar as at au av aw ax ay «História do Café no Brasil Imperial». brevescafe.net. Consultado em 14 de abril de 2019 
  11. a b Dutoit, Yann Picand, Dominique. «Partido Conservador (Brasil Império) : definição de Partido Conservador (Brasil Império) e sinónimos de Partido Conservador (Brasil Império) (português)». dicionario.sensagent.com. Consultado em 5 de outubro de 2018 
  12. a b c d e f «República». Visite o Brasil. Consultado em 15 de abril de 2019 
  13. a b c «República Velha (1889-1930) (2): Coronelismo e oligarquias». educacao.uol.com.br. Consultado em 15 de abril de 2019 
  14. a b c d «Voto de Cabresto: coronelismo na República Velha e as práticas atuais». Politize!. 8 de maio de 2018. Consultado em 15 de abril de 2019