Abrir menu principal

Lista de governadores do Espírito Santo

artigo de lista da Wikimedia

Esta é uma lista de governantes do estado de Espírito Santo. Incluem-se neste artigo todos os mandatários que governaram o território hoje chamado estado do Espírito Santo, desde os primórdios da colonização portuguesa até a atualidade.

Governador do Espírito Santo
Brasão do Espírito Santo.svg
Brasão do Estado
Duração 4 anos com direito a uma reeleição
Criado em 23 de maio de 1535
Primeiro titular Vasco Fernandes Coutinho

Governantes do período colonial (1553 — 1822)Editar

Donatários
  • Família Donatária dos Coutinho – (1535 a 1675)
Nome Imagem Início do mandato Fim do Mandato Observações
1 Vasco Fernandes Coutinho 23 de maio de 1535 21 de junho de 1561 primeiro donatário
2 Vasco Fernandes Coutinho Filho 21 de junho de 1561 22 de agosto de 1589 filho do precedente
3 Luíza Grinalda 22 de agosto de 1589 23 de março de 1593 viúva do donatário
4 Francisco de Aguiar Coutinho 23 de março de 1593 15 de maio de 1627 irmão do donatário
5 Ambrósio de Aguiar Coutinho da Câmara 15 de maio de 1627 15 de julho de 1648 irmão do donatário
6 António Luís Coutinho da Câmara
Felipa de Menezes, mãe e tutora
15 de julho de 1648 30 de maio de 1675 filho do donatário menor
  • Família Donatária Araújo – (1675 a 1718)
Nome Imagem Início do mandato Fim do Mandato Observações
7 Francisco Gil de Araújo 30 de maio de 1675 24 de dezembro de 1685 primeiro donatário
8 Manuel Garcia Pimentel 24 de dezembro de 1685 25 de julho de 1711
9 Cosme Rolim de Moura 25 de julho de 1711 5 de março de 1718 último donatário
Capitães-generais governadores
Nome Imagem Início do mandato Fim do Mandato Observações
1 João de Velasco e Molina 5 de março de 1718 28 de janeiro de 1721
2 Antônio de Oliveira Madail 28 de janeiro de 1721 15 de fevereiro de 1724
3 Dionísio Carvalho de Abreu 15 de fevereiro de 1724 12 de maio de 1726
4 Antônio Pires Forsas 12 de maio de 1726 21 de maio de 1731
5 Silvestre Cirne da Veiga 21 de maio de 1731 5 de março de 1740
6 Domingos de Morais Navarro 5 de março de 1740 14 de março de 1745
7 Estevão de Faria Delgado 14 de março de 1745 3 de março de 1748
8 Martinho da Gama Pereira 3 de março de 1748 20 de março de 1751
9 José Gomes Borges 20 de março de 1751 25 de junho de 1755
10 Duarte Fernandes Lobo 25 de junho de 1755 9 de abril de 1758
11 Gonçalo da Costa Barbalho 9 de abril de 1758 15 de abril de 1761
12 Anastácio Joaquim Moita Furtado 15 de abril de 1761 11 de agosto de 1768
13 Raimundo da Costa Vieira 11 de agosto de 1768 25 de setembro de 1770
14 José Ramos dos Santos 25 de setembro de 1770 1° de fevereiro de 1775
15 Álvaro Correia de Morais 1° de fevereiro de 1775 9 de maio de 1779
16 Anastácio Joaquim Moita Furtado 9 de maio de 1779 25 de junho de 1781
17 Álvaro Correia de Morais 25 de junho de 1781 9 de novembro de 1782
18 Inácio João Monjardim 9 de novembro de 1782 22 de janeiro de 1798
19 Manuel Fernandes da Silveira 22 de janeiro de 1798 1° de fevereiro de 1800
Governadores da Capitania do Espírito Santo subalternos ao governo da Bahia
Nome Imagem Início do mandato Fim do Mandato Observações
1 Antônio Pires da Silva Pontes Pais Leme e Camargo 1° de fevereiro de 1800 28 de agosto de 1804
2 Manuel Vieira da Silva Tovar e Albuquerque 28 de agosto de 1804 5 de outubro de 1812
Governadores da Capitania do Espírito Santo independente do governo da Bahia
Nome Imagem Início do mandato Fim do Mandato Observações
1 Francisco Alberto Rubim da Fonseca e Sá Pereira 5 de outubro de 1812 12 de setembro de 1819
2 Baltazar de Souza Botelho de Vasconcelos 12 de setembro de 1819 1º de março de 1822

Governantes do período imperial (1822 — 1889)Editar

Legenda

     Partido Conservador

     Partido Liberal

     Partido Popular

     Partido Moderado

Nome Imagem Partido Início do mandato Fim do mandato Observações
Primeiro Reinado (1822-1831)
Junta Governativa Capixaba de 1822-1824   Partido Moderado[1] 1º de março de 1822 23 de fevereiro de 1824 Governo Provisório
1 Inácio Accioly Partido Moderado[1] 24 de fevereiro de 1824 23 de novembro de 1829 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
2 Caetano Montenegro Filho
Partido Popular[2] 23 de novembro de 1829 12 de março de 1830 Visconde da Vila Real da Praia Grande
José Francisco Monjardim Partido Popular[2] 12 de março de 1830 4 de dezembro de 1830 1° Vice-Presidente no cargo de titular
3 Manoel Antônio Galvão Partido Moderado[1] 4 de dezembro de 1830 18 de dezembro de 1830 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
4 Gabriel Getúlio Monteiro de Mendonça Partido Popular[2] 18 de dezembro de 1830 8 de abril de 1831 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
Segundo Reinado (1831-1889)
José Francisco Monjardim Partido Popular[2] 8 de abril de 1831 28 de novembro de 1831 1° Vice-Presidente no cargo de titular
5 Antônio Pinto Chichorro da Gama   Partido Liberal[3] 28 de novembro de 1831 27 de abril de 1832 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
José Francisco Monjardim Partido Popular[2] 27 de abril de 1832 21 de abril de 1833 Presidente interino
6 José Pires Pontes Partido Liberal[3] 21 de abril de 1833 5 de maio de 1835 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
Francisco Pinto de Azevedo Partido Liberal[3] 5 de maio de 1835 28 de maio de 1835 1° Vice-Presidente no cargo de titular
7 Joaquim José de Oliveira Partido Popular[2] 28 de maio de 1835 23 de setembro de 1836 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
Manoel de Assunção Pereira Partido Popular[2] 23 de setembro de 1836 8 de novembro de 1836 1° Vice-Presidente no cargo de titular
8 José Tomás Nabuco de Araújo Partido Conservador[4] 8 de novembro de 1836 25 de abril de 1837 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
Manoel de Assunção Pereira Partido Conservador[4] 25 de abril de 1837 29 de outubro de 1837 1° Vice-Presidente no cargo de titular
9 José Tomás Nabuco de Araújo Partido Conservador[4] 29 de outubro de 1837 21 de abril de 1838 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
10 João da Silva Couto Partido Liberal[3] 21 de abril de 1838 15 de outubro de 1840 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
11 José Joaquim Machado Partido Conservador[4] 15 de outubro de 1840 27 de abril de 1841 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
12 José Manuel de Lima Partido Liberal[3] 27 de abril de 1841 10 de agosto de 1842 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
13 João da Silva Couto Partido Liberal[3] 10 de agosto de 1842 24 de fevereiro de 1843 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
14 Venceslau de Oliveira Belo Partido Conservador[4] 24 de fevereiro de 1843 1º de dezembro de 1843 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
15 Manoel Mascarenhas Partido Conservador[4] 1º de dezembro de 1843 28 de dezembro de 1844 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
Joaquim Marcelino Lima Partido Conservador[4] 28 de dezembro de 1844 13 de dezembro de 1845 1° Vice-Presidente no cargo de titular
16 Herculano Ferreira Pena Partido Conservador[4] 13 de dezembro de 1845 3 de maio de 1846 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
Joaquim Marcelino Lima Partido Conservador[4] 3 de maio de 1846 27 de maio de 1846 1° Vice-Presidente no cargo de titular
José Inácio Accioly Partido Conservador[4] 27 de maio de 1846 21 de setembro de 1846 2° Vice-Presidente no cargo de titular
José Francisco Monjardim Partido Conservador[4] 21 de setembro de 1846 7 de novembro de 1846 3° Vice-Presidente no cargo de titular
17 Luiz Pereira do Couto Ferraz Partido Conservador[4] 7 de novembro de 1846 18 de abril de 1848 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
José Francisco Monjardim Partido Conservador[4] 18 de abril de 1848 3 de agosto de 1848 1° Vice-Presidente no cargo de titular
18 Antônio Pereira Pinto Partido Conservador[4] 3 de agosto de 1848 3 de novembro de 1848 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
José Francisco Monjardim Partido Conservador[4] 3 de novembro de 1848 7 de março de 1849 1° Vice-Presidente no cargo de titular
19 Antônio Joaquim Siqueira Partido Conservador[4] 7 de março de 1849 2 de agosto de 1849 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
Joaquim Marcelino Lima Partido Conservador[4] 2 de agosto de 1849 9 de agosto de 1849 Presidente interino
20 Felipe Pereira Leal Partido Conservador[4] 9 de agosto de 1849 3 de junho de 1851 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
José Francisco Monjardim Partido Conservador[4] 3 de junho de 1851 9 de julho de 1851 1° Vice-Presidente no cargo de titular
21 José Bonifácio Azambuja Partido Liberal[3] 9 de julho de 1851 16 de novembro de 1852 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
22 Evaristo Ladislau e Silva Partido Conservador[4] 16 de novembro de 1852 1º de agosto de 1853 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
Joaquim Marcelino Lima Partido Conservador[4] 1º de agosto de 1853 4 de fevereiro de 1854 1° Vice-Presidente no cargo de titular
23 Sebastião Machado Nunes Partido Conservador[4] 4 de fevereiro de 1854 15 de julho de 1855 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
Joaquim Marcelino Lima Partido Conservador[4] 15 de julho de 1855 8 de março de 1856 1° Vice-Presidente no cargo de titular
24 Maurício Fernandes de Barros Partido Conservador[4] 8 de março de 1856 15 de janeiro de 1857 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
Joaquim Marcelino Lima Partido Conservador[4] 15 de janeiro de 1857 18 de junho de 1857 1° Vice-Presidente no cargo de titular
25 Olímpio Carneiro Catão Partido Conservador[4] 18 de junho de 1857 7 de março de 1858 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
José Francisco Monjardim Partido Conservador[4] 7 de março de 1858 4 de fevereiro de 1859 1° Vice-Presidente no cargo de titular
26 Pedro Leão Veloso Partido Conservador[4] 4 de fevereiro de 1859 14 de abril de 1860 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
José Francisco Monjardim Partido Conservador[4] 14 de abril de 1860 25 de maio de 1860 1° Vice-Presidente no cargo de titular
27 Antônio Alves de Sousa Partido Liberal[3] 25 de maio de 1860 11 de março de 1861 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
João da Costa Lima Partido Liberal[3] 11 de março de 1861 22 de março de 1861 1° Vice-Presidente no cargo de titular
28 José Fernandes Jr   Partido Conservador[4] 22 de março de 1861 28 de maio de 1863 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
Dionísio Álvaro Resende Partido Conservador[4] 28 de maio de 1863 15 de junho de 1863 1° Vice-Presidente no cargo de titular
29 Augusto de Pádua Fleury Partido Conservador[4] 15 de junho de 1863 23 de dezembro de 1863 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
Eduardo de Mattos Partido Conservador[4] 23 de dezembro de 1863 8 de janeiro de 1865 1° Vice-Presidente no cargo de titular
30 José Joaquim do Carmo Partido Liberal[3] 8 de janeiro de 1865 28 de agosto de 1865 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
31 Alexandre Rodrigues da Silva   Partido Liberal[3] 28 de agosto de 1865 8 de abril de 1867 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
Carlos de Cerqueira Pinto Partido Liberal[3] 8 de abril de 1867 11 de outubro de 1867 1° Vice-Presidente no cargo de titular
32 Francisco Bittencourt Sampaio   Partido Liberal[3] 11 de outubro de 1867 26 de abril de 1868 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
João Maria do Valle Jr Partido Liberal[3] 26 de abril de 1868 1º de setembro de 1868 1° Vice-Presidente no cargo de titular
33 Luís Antônio Fernandes Partido Conservador[4] 1º de setembro de 1868 8 de junho de 1869 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
Dionísio Álvaro Resende Partido Conservador[4] 8 de junho de 1869 17 de setembro de 1869 1° Vice-Presidente no cargo de titular
34 Antônio Dias Pais Leme Partido Conservador[4] 17 de setembro de 1869 13 de agosto de 1870 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
Dionísio Álvaro Resende Partido Conservador[4] 13 de agosto de 1870 18 de fevereiro de 1871 1° Vice-Presidente no cargo de titular
35 Francisco Ferreira Correia Partido Liberal[3] 18 de fevereiro de 1871 19 de junho de 1872 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
36 Gabriel de Paula Fonseca Partido Liberal[3] 19 de junho de 1872 16 de novembro de 1872 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
Manuel Ribeiro Coutinho Partido Liberal[3] 16 de novembro de 1872 28 de dezembro de 1872 1° Vice-Presidente no cargo de titular
37 João Tomé da Silva Partido Conservador[4] 28 de dezembro de 1872 8 de outubro de 1873 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
Manuel Ribeiro Coutinho Partido Liberal[3] 8 de outubro de 1873 6 de novembro de 1873 Presidente interino
38 Luiz Eugênio Horta Barbosa Partido Liberal[3] 6 de novembro de 1873 29 de abril de 1874 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
Manuel Ribeiro Coutinho Partido Liberal[3] 29 de abril de 1874 4 de maio de 1875 1° Vice-Presidente no cargo de titular
39 Domingos Monteiro Peixoto Partido Liberal[3] 4 de maio de 1875 24 de dezembro de 1875 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
Manuel Ribeiro Coutinho Partido Liberal[3] 24 de dezembro de 1875 3 de janeiro de 1876 1° Vice-Presidente no cargo de titular
40 Manoel de Menezes Prado Partido Liberal[3] 3 de janeiro de 1876 5 de janeiro de 1877 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
Manoel Ferreira de Paiva Partido Liberal[3] 5 de janeiro de 1877 29 de janeiro de 1877 1° Vice-Presidente no cargo de titular
41 Antônio Nogueira da Gama Partido Liberal[3] 29 de janeiro de 1877 11 de julho de 1877 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
Manoel Ferreira de Paiva Partido Liberal[3] 11 de julho de 1877 23 de julho de 1877 1° Vice-Presidente no cargo de titular
42 Affonso Peixoto de Abreu Partido Conservador[4] 23 de julho de 1877 19 de fevereiro de 1878 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
Adolfo Monjardim Partido Conservador[4] 19 de fevereiro de 1878 4 de abril de 1878 1° Vice-Presidente no cargo de titular
43 Manuel da Silva Mafra Partido Liberal[3] 4 de abril de 1878 2 de janeiro de 1879 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
Adolfo Monjardim Partido Conservador[4] 2 de janeiro de 1879 7 de março de 1879 Presidente interino
44 Eliseu de Souza Martins Partido Conservador[4] 7 de março de 1879 19 de julho de 1880 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
Adolfo Monjardim Partido Conservador[4] 19 de julho de 1880 6 de agosto de 1880 1° Vice-Presidente no cargo de titular
45 Marcelino de Assis Tostes Partido Conservador[4] 6 de agosto de 1880 13 de fevereiro de 1882 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
Adolfo Monjardim Partido Conservador[4] 13 de fevereiro de 1882 3 de abril de 1882 1° Vice-Presidente no cargo de titular
46 Herculano Inglês de Souza Partido Liberal[3] 3 de abril de 1882 9 de dezembro de 1882 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
47 Martim de Andrada Jr   Partido Liberal[3] 9 de dezembro de 1882 3 de abril de 1883 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
Bernardo Vieira de Amorim Partido Liberal[3] 30 de abril de 1883 12 de janeiro de 1884 1° Vice-Presidente no cargo de titular
48 Joaquim José Afonso Alves Partido Conservador[4] 12 de janeiro de 1884 17 de março de 1884 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
Adolfo Monjardim Partido Conservador[4] 17 de março de 1884 1º de maio de 1884 1° Vice-Presidente no cargo de titular
49 José Camilo Ferreira Rabelo Partido Liberal[3] 1º de maio de 1884 17 de setembro de 1884 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
50 Custódio Ferreira Martins Partido Conservador[4] 17 de setembro de 1884 29 de janeiro de 1885 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
Adolfo Monjardim Partido Conservador[4] 29 de janeiro de 1885 3 de março de 1885 1° Vice-Presidente no cargo de titular
51 Laurindo Pitta Partido Conservador[4] 3 de março de 1885 28 de julho de 1885 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
Adolfo Monjardim Partido Conservador[4] 28 de julho de 1885 21 de agosto de 1885 1° Vice-Presidente no cargo de titular
José Camilo Ferreira Rabelo Partido Liberal[3] 21 de agosto de 1885 9 de setembro de 1885 Presidente interino
Manuel Ribeiro Coutinho Partido Liberal[3] 9 de setembro de 1885 2 de outubro de 1885 3° Vice-Presidente no cargo de titular
52 Antônio Joaquim Rodrigues Partido Liberal[3] 2 de outubro de 1885 11 de maio de 1887 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
Manuel Ribeiro Coutinho Partido Liberal[3] 11 de maio de 1887 1º de agosto de 1887 1° Vice-Presidente no cargo de titular
53 Antônio Ribeiro de Almeida Partido Conservador[4] 1º de agosto de 1887 6 de agosto de 1888 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
54 Henrique de Ataíde Lobo Partido Liberal[3] 6 de agosto de 1888 8 de junho de 1889 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
José Camilo Ferreira Rabelo Partido Liberal[3] 8 de junho de 1889 18 de julho de 1889 1° Vice-Presidente no cargo de titular
Adolfo Monjardim Partido Conservador[4] 18 de julho de 1889 19 de julho de 1889 Presidente interino
55 José Caetano Horta Partido Conservador[4] 19 de julho de 1889 27 de novembro de 1889 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial

Visconde de Itatiaia

Período republicano (1889-presente)Editar

  Mandatários eleitos por votação direta
  Mandatários que assumiram o governo por serem vice-governadores
  Mandatários eleitos por votação indireta ou que assumiram na qualidade de representantes do Poder Legislativo
  Mandatários nomeados diretamente pelo governo central em épocas de convulsão político-social e ditadura militar
Nome Imagem Partido Início do mandato Fim do Mandato Observações
Primeira República Brasileira (1889-1930)
1 Affonso de Freitas Rosa Partido Moderador Brasileiro

PMB

22 de novembro de 1889 7 de janeiro de 1890 Nomeado por decreto do Governo Federal.[5]
2 José Horácio Costa Partido Moderador Brasileiro

PMB

7 de janeiro de 1890 9 de setembro de 1890 Vice-Presidente no cargo de titular.[5]
3 Constante Gomes Sodré Partido Moderador Brasileiro

PMB

9 de setembro de 1890 20 de novembro de 1890 Nomeado por decreto do Governo Federal.[5]
4 Henrique Coutinho Partido Republicano Democrático

PRD

20 de novembro de 1890 11 de março de 1891 Nomeado por decreto do Governo Federal.[5]
5 Antônio Gomes Aguirre Partido Liberal

PL

11 de março de 1891 7 de junho de 1891 Eleito pela Assembleia Legislativa titular.[5]
6 Adolfo Monjardim de Andrade Partido Liberal

PL

7 de junho de 1891 8 de dezembro de 1891 Vice-Presidente no cargo de titular.[5]
7 Junta governativa capixaba de 1891   8 de dezembro de 1891 3 de maio de 1892 Governo provisório.[5]
8 José Muniz Freire Partido Republicano Democrático

PRD

3 de maio de 1892 23 de maio de 1896
9 Graciano dos Santos Neves Partido Progressista

PP

23 de maio de 1896 23 de setembro de 1897 Vice-Presidente no cargo de titular, renunciou o cargo.[6]
10 Constante Gomes Sodré Partido Republicano Democrático

PRD

23 de setembro de 1897 6 de janeiro de 1898 Eleito pela Assembleia Legislativa titular.[5]
11 José Marcelino Vasconcelos Partido Republicano Construtor

PRC

6 de janeiro de 1898 23 de maio de 1900
12 José Muniz Freire Partido Progressista

PP

23 de maio de 1900 23 de maio de 1904
Argeu Monjardim Partido Republicano Democrático

PRD

23 de maio de 1904 16 de junho de 1904 Vice-Presidente no cargo de titular.[6]
13 Henrique Coutinho Partido Republicano Construtor

PRC

16 de junho de 1904 23 de maio de 1908 Renunciou o cargo para se candidatar ao senado.[6]
14 Jerônimo de Sousa Monteiro   Partido Republicano Construtor

PRC

23 de maio de 1908 23 de maio de 1912
15 Marcondes Alves de Sousa Partido Republicano Democrático

PRD

23 de maio de 1912 23 de maio de 1916
16 Bernardino de Sousa Monteiro Partido Republicano Construtor

PRC

23 de maio de 1916 23 de maio de 1920
17 Nestor Gomes Partido Trabalhista Republicano

PTR

23 de maio de 1920 23 de maio de 1924
18 Florentino Ávidos Partido Social Nacionalista

PSN

23 de maio de 1924 30 de junho de 1928
19 Aristeu Borges de Aguiar Partido Trabalhista Republicano

PTR

30 de junho de 1928 16 de outubro de 1930
Era Vargas (1930-1945)
20 José Armando Ribeiro Partido Progressista

PP

16 de outubro de 1930 19 de novembro de 1930 Interventor Federal.
Junta governativa capixaba de 1930   19 de novembro de 1930 22 de novembro de 1930 Governo provisório.
21 João Punaro Bley Aliança Liberal

AL

22 de novembro de 1930 21 de janeiro de 1943 Interventor Federal.
22 Jones dos Santos Neves Partido Social Democrático

PSD

21 de janeiro de 1943 27 de outubro de 1945 Interventor Federal.
José Rodrigues Sette Partido Trabalhista Republicano

PTR

27 de outubro de 1945 6 de novembro de 1945 Interventor Federal.
Segunda República Brasileira (1945-1964)
23 Otávio de Carvalho Lengruber Partido Social Nacionalista

PSN

6 de novembro de 1945 27 de fevereiro de 1946 Interventor Federal.
24 Aristides Alexandre Campos Partido Social Nacionalista

PSN

27 de fevereiro de 1946 8 de junho de 1946 Interventor Federal.
25 Ubaldo Maia União Democrática Nacional

UDN

8 de junho de 1946 14 de outubro de 1946 Interventor Federal.
26 Moacir Ubirajara da Silva Partido Social Democrático

PSD

14 de outubro de 1946 29 de março de 1947 Interventor Federal.
27 Carlos Lindenberg Partido Social Democrático

PSD

29 de março de 1947 31 de janeiro de 1951
28 Jones dos Santos Neves Partido Social Democrático

PSD

31 de janeiro de 1951 10 de outubro de 1952
29 Francisco Ataíde Partido Republicano

PR

10 de outubro de 1952 31 de janeiro de 1955 Vice-Governador no cargo de titular
30 Francisco Lacerda de Aguiar   Partido Trabalhista Brasileiro

PTB

31 de janeiro de 1955 31 de janeiro de 1959
31 Carlos Lindenberg Partido Social Democrático

PSD

31 de janeiro de 1959 10 de outubro de 1959
32 Raul Giuberti Partido Social Progressista

PSP

10 de outubro de 1959 6 de julho de 1962 Vice-Governador no cargo de titular
Hélsio Pinheiro Cordeiro Partido Trabalhista Brasileiro

PTB

6 de julho de 1962 5 de agosto de 1962 Governador interino
33 Asdrúbal Martins Soares Partido Social Progressista

PSP

5 de agosto de 1962 31 de janeiro de 1963 Eleito indiretamente pela Assembleia
Regime Militar (1964-1985)
34 Francisco Lacerda de Aguiar   Partido Social Progressista

PSP

31 de janeiro de 1963 5 de abril de 1966 Renunciou ao cargo.
35 Rubens Rangel Aliança Renovadora Nacional

ARENA

5 de abril de 1966 31 de janeiro de 1967 Vice-Governador no cargo de titular
36 Christiano Lopes Filho   Aliança Renovadora Nacional

ARENA

31 de janeiro de 1967 15 de março de 1971 Eleito indiretamente pela Assembleia
37 Arthur Gerhardt Aliança Renovadora Nacional

ARENA

15 de março de 1971 15 de março de 1975 Eleito indiretamente pela Assembleia
38 Élcio Álvares   Aliança Renovadora Nacional

ARENA

15 de março de 1975 15 de março de 1979 Eleito indiretamente pela Assembleia
39 Eurico Resende Partido Democrático Social

PDS

15 de março de 1979 15 de março de 1983 Eleito indiretamente pela Assembleia
Nova República (1985-presente)
40 Gérson Camata   Partido do Movimento Democrático Brasileiro

PMDB

15 de março de 1983 14 de maio de 1986
41 José Morais   Partido do Movimento Democrático Brasileiro

PMDB

15 de maio de 1986 15 de março de 1987 Vice-Governador no cargo de titular
42 Max Mauro Partido do Movimento Democrático Brasileiro

PMDB

15 de março de 1987 15 de março de 1991
43 Albuíno Azeredo Partido Democrático Trabalhista

PDT

15 de março de 1991 1º de janeiro de 1995
44 Vitor Buaiz[7][8] Partido dos Trabalhadores

PT

1º de janeiro de 1995 1º de janeiro de 1999
Partido Verde

PV

45 José Ignácio Ferreira   Partido da Social Democracia Brasileira

PSDB

1º de janeiro de 1999 1º de janeiro de 2003
46 Paulo Hartung   Partido Socialista Brasileiro

PSB

1º de janeiro de 2003 1º de janeiro de 2007
Partido do Movimento Democrático Brasileiro

PMDB

1º de janeiro de 2007 1º de janeiro de 2011
47 Renato Casagrande   Partido Socialista Brasileiro

PSB

1º de janeiro de 2011 1º de janeiro de 2015
48 Paulo Hartung   Partido do Movimento Democrático Brasileiro

PMDB

1º de janeiro de 2015 1º de janeiro de 2019
49 Renato Casagrande   Partido Socialista Brasileiro

PSB

1º de janeiro de 2019 Em exercício

Ver tambémEditar

Referências

  1. a b c «Do Império à República: a história dos partidos políticos no Brasil, em 13.11.2014». www.tse.jus.br. Consultado em 19 de outubro de 2018 
  2. a b c d e f g «Do Império à República: a história dos partidos políticos no Brasil, em 13.11.2014». www.tse.jus.br. Consultado em 19 de outubro de 2018 
  3. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z aa ab ac ad ae af ag ah ai aj ak «O Liberalismo no Brasil - Os primeiros partidos - Fernanda Barth». Fernanda Barth. 3 de fevereiro de 2016 
  4. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z aa ab ac ad ae af ag ah ai aj ak al am an ao ap aq ar as at au av aw ax ay az ba bb Dutoit, Yann Picand, Dominique. «Partido Conservador (Brasil Império) : definição de Partido Conservador (Brasil Império) e sinónimos de Partido Conservador (Brasil Império) (português)». dicionario.sensagent.com. Consultado em 5 de outubro de 2018 
  5. a b c d e f g h «A 1ª República». Portal da Câmara dos Deputados. Consultado em 29 de outubro de 2018 
  6. a b c Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome :3
  7. «Ex-petista Vitor Buaiz se filia ao PV». Uol. Consultado em 12 de fevereiro de 2017 
  8. Gilberto Costa. «Comissão reconhece ex-governador Vitor Buaiz como anistiado». Memoria EBC. EBC. Consultado em 12 de fevereiro de 2017