Abrir menu principal

Lista de municípios do Pará por IDH-M

artigo de lista da Wikimedia
(Redirecionado de Lista de municípios do Pará por IDH)

Esta é uma lista de municípios do Pará ordenados por Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDH-M) conforme dados divulgados pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), da Organização das Nações Unidas (ONU), para o ano de 2010. De acordo com a lista, dos 143 municípios do estado do Pará em 2010, nenhum deles apresenta IDH muito alto (igual ou superior a 0,800), 3 apresentam IDH alto (entre 0,700 e 0,799), 44 médio (entre 0,600 e 0,699), 87 baixo (entre 0,500 e 0,599) e 8 muito baixo (inferior a 0,500). O IDH do estado do Pará é de 0,646 (considerado médio).[1][2]

O Índice de Desenvolvimento Humano é uma medida comparativa de riqueza, alfabetização, educação, esperança de vida, natalidade e outros fatores para os diversos países do mundo. É uma maneira padronizada de avaliação e medida do bem-estar de uma população, especialmente bem-estar infantil. Foi desenvolvido em 1990 pelo economista paquistanês Mahbub ul Haq e pelo economista indiano Amartya Sen.[3][4]

Índice

ClassificaçõesEditar

 
Mapa do IDH do Pará.
Legenda:
  Muito alto (nenhum município)
  Alto (3 municípios)
  Médio (44 municípios)
  Baixo (87 municípios)
  Muito baixo (8 municípios)
 
Theatro da Paz em Belém.
 
Vista da região central de Belém.
 
Memorial da Cabanagem em Belém, projetado pelo arquiteto Oscar Niemeyer.
 
BR-316 em Ananindeua.
 
Avenida Engenheiro Fernando Guilhon, em Santarém.
 
Cruzamento da avenida Weyne Cavalcante, na área central de Canaã dos Carajás.
 
Monumento ao Menino Deus, padroeiro de Marituba, localizado na praça matriz da cidade.
 
Avenida Pará, no centro comercial de Tucumã.
 
Vista de Altamira.
 
Orla de Marabá e rio Tocantins.
 
Imagem de Abel Figueredo no Pará.
 
Vista do Porto na Frente da Cidade de Muaná.

Categorias do índiceEditar

O índice varia de 0 até 1, sendo considerado:

  • Muito Alto – de 0,800 a 1000
  • Alto – de 0,700 a 0,799
  • Médio – de 0,600 a 0,699
  • Baixo – de 0,500 a 0,599
  • Muito Baixo – de 0,000 a 0,499

Componentes do índiceEditar

O IDH-M é uma média geométrica entre o IDH da renda (IDH-R), IDH da longevidade (IDH-L) e IDH educacional (IDH-E).

Lista dos municípiosEditar

Posição Municípios Dados de

2010

IDH-M
IDH-M muito alto
nenhum município
IDH-M alto
1 Belém 0,746
2 Ananindeua 0,718
3 Parauapebas 0,715
IDH-M médio
4 Santarém 0,691
5 Marituba 0,676
6 Canaã dos Carajás 0,673
7 Novo Progresso 0,673
8 Castanhal 0,673
9 Redenção 0,672
10 Marabá 0,668
11 Tucuruí 0,666
12 Altamira 0,665
13 Benevides 0,665
14 Barcarena 0,662
15 Santa Isabel do Pará 0,659
16 Tucumã 0,659
17 Capanema 0,659
18 Salinópolis 0,659
19 Xinguara 0,659
20 Paragominas 0,659
21 Almeirim 0,642
22 Conceição do Araguaia 0,640
23 Itaituba 0,640
24 Rio Maria 0,638
25 Curionópolis 0,636
26 Terra Santa 0,635
27 Santo Antônio do Tauá 0,632
28 Abaetetuba 0,628
29 Santa Bárbara do Pará 0,627
30 Ourilândia do Norte 0,624
31 Oriximiná 0,623
32 Jacundá 0,622
33 Abel Figueiredo 0,622
34 Vigia 0,617
35 Dom Eliseu 0,615
36 Soure 0,615
37 Brasil Novo 0,613
38 Marapanim 0,609
39 Nova Timboteua 0,609
40 São Francisco do Pará 0,608
41 Salvaterra 0,608
42 Terra Alta 0,605
43 Ulianópolis 0,604
44 Rondon do Pará 0,602
45 Santana do Araguaia 0,602
46 Colares 0,602
47 Bragança 0,600
IDH-M baixo
48 Mãe do Rio 0,599
49 Santa Maria do Pará 0,598
50 Magalhães Barata 0,597
51 Vitória do Xingu 0,597
52 Igarapé-Açu 0,596
53 São Geraldo do Araguaia 0,595
54 Bannach 0,594
55 Óbidos 0,594
56 São Domingos do Araguaia 0,594
57 São Félix do Xingu 0,594
58 Juruti 0,592
59 Brejo Grande do Araguaia 0,591
60 São Miguel do Guamá 0,591
61 Sapucaia 0,590
62 Bom Jesus do Tocantins 0,589
63 Monte Alegre 0,589
64 Palestina do Pará 0,589
65 Uruará 0,589
66 Tailândia 0,588
67 Belterra 0,588
68 Santarém Novo 0,587
69 Tomé-Açu 0,586
70 São Caetano de Odivelas 0,585
71 Floresta do Araguaia 0,583
72 São João da Ponta 0,583
73 Medicilândia 0,582
74 Curuçá 0,582
75 Peixe-Boi 0,581
76 Nova Ipixuna 0,581
77 Baião 0,578
78 Curuá 0,578
79 Cametá 0,577
80 Primavera 0,577
81 Macajuba 0,575
82 Pau D'Arco 0,574
83 Inhangapi 0,572
84 Maracanã 0,570
85 Breu Branco 0,568
86 Ourém 0,568
87 Concórdia do Pará 0,566
88 Água Azul do Norte 0,564
89 Alenquer 0,564
90 Caiçara 0,563
91 Faro 0,563
92 Ponta de Pedras 0,562
93 Trairão 0,562
94 Eldorado dos Carajás 0,560
95 Goianésia do Pará 0,560
96 Irituia 0,559
97 São Sebastião da Boa Vista 0,558
98 Santa Cruz do Arari 0,557
99 Cumaru do Norte 0,550
100 São João do Araguaia 0,550
101 Bujaru 0,552
102 Placas 0,552
103 Anapu 0,548
104 Capitão Poço 0,548
105 Rurópolis 0,548
106 Muaná 0,547
107 Moju 0,547
108 Igarapé-Miri 0,547
109 Santa Luzia do Pará 0,546
110 Bonito 0,546
111 Cachoeira do Arari 0,546
112 Santa Maria das Barreiras 0,544
113 Quatipuru 0,543
114 Limoeiro do Ajuru 0,541
115 Aveiro 0,541
116 São João de Pirabas 0,539
117 Novo Repartimento 0,537
118 São Domingos do Capim 0,532
119 Tracuateua 0,531
120 Itupiranga 0,528
121 Garrafão do Norte 0,526
122 Augusto Corrêa 0,520
123 Aurora do Pará 0,519
124 Pacajá 0,515
125 Viseu 0,515
126 Senador José Porfírio 0,514
127 Gurupá 0,509
128 Oeiras do Pará 0,507
129 Acará 0,506
130 Jacareacanga 0,505
131 Breves 0,503
132 Porto de Moz 0,503
133 Nova Esperança do Piriá 0,502
134 Curralinho 0,502
IDH-M muito baixo
135 Afuá 0,489
136 Ipixuna do Pará 0,489
137 Anajás 0,484
138 Portel 0,483
139 Cachoeira do Piriá 0,473
140 Bagre 0,471
141 Chaves 0,453
142 Melgaço 0,418

Referências

  1. PNUD Brasil. «Índice de Desenvolvimento Humano Municipal, 2010 - Todos os Estados do Brasil» (PDF). Consultado em 29 de julho de 2013 
  2. Atlas do Desenvolvimento Humano no Brasil 2013. «IDHM Municípios 2010». Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento. Consultado em 29 de janeiro de 2017 
  3. «História do Relatório do Desenvolvimento Humano». Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento. Consultado em 26 de março de 2009. Arquivado do original em 4 de novembro de 2013 
  4. «About HDRO» (em inglês). Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento. 2006. Consultado em 30 de outubro de 2006. Arquivado do original em 28 de outubro de 2006 

Ver tambémEditar