Abrir menu principal

Lista de planetas e planetas anões do Sistema Solar

Montagem dos planetas do Sistema Solar. Em primeiro plano a comparação entre os tamanhos e ao fundo as distâncias relativas.
  • Esta lista apresenta os principais parâmetros orbitais e físicos dos oito planetas e cinco planetas anões do Sistema Solar. Todos estes corpos orbitam o Sol, a estrela central do sistema. Os quatro planetas internos são denominados telúricos por apresentarem crosta sólida, sendo que seu maior componente é a Terra. No cinturão de asteroides encontra-se o pequeno planeta anão Ceres, um asteroide de formato arredondado. A seguir estão os quatro gigantes gasosos, os maiores planetas do Sistema Solar, compostos principalmente por hidrogênio e hélio. A seguir estão os quatro últimos planetas anões na região do Cinturão de Kuiper, nos confins do Sistema Solar.

Dentre os elementos orbitais dos planetas e planetas anões, o semieixo maior representa a distância média do corpo ao Sol e a excentricidade representa o formato da elipse de suas órbitas. O período de translação refere-se ao tempo em que o corpo completa uma volta completa ao redor do Sol, enquanto o período de rotação indica o tempo gasto para o planeta dar uma volta completa ao redor de seu próprio eixo.[1]

As características da Terra são utilizadas como parâmetro para a comparação entre os planetas, como é feito neste anexo. A unidade astronômica corresponde ao semieixo maior terrestre e equivale a aproximadamente 150 milhões de quilômetros.[nota 1][2] O ano terrestre corresponde a aproximadamente 365 dias terrestre, cada um desses dias tendo aproximadamente 24 horas de duração. A massa da Terra equivale a aproximadamente 6 sextilhões de toneladas[nota 2](ou cerca de 5,9726×1024 quilogramas). Por fim a aceleração da gravidade no equador terrestre equivale a 9.798m/s².[3]

Índice

ListaEditar

Imagem Corpo[nota 3] Semieixo maior (UA)[4] Excentricidade orbital[4] Período(em anos)[4] Massa(MT=1)[5] Diâmetro (km)[6] Período de rotação (dias terrestres)[6] Gravidade no equador Terra=1[6] Satélites naturais conhecidos[6]
Mercúrio 0,34710 0,2056 0,2408 0,05527 4 878 58,64 0,38 0
Vênus 0,7233 0,0067 0,6152 0,81500 12 104 -243[nota 4] 0,9 0
Terra 1,0000 0,0167 1,0000 1,0000 12 756 1 1 1
Marte 1,5233 0,0934 1,8808 0,10745 6 787 1,03 0,38 2
Ceres 2,7665 0,07837 4,60 0,00016 974 0,378 0,028 0
Júpiter 5,2034 0,0483 11,862 317,83 142 800 0,41 2,64 64
Saturno 9,5371 0,05415 29,457 95,159 120 000 0,44 0,93 62
Urano 19,1913 0,047168 84,018 14,500 51 118 -0,72[nota 4] 0,89 27
Neptuno 30,0690 0,00855 164,78 17,204 49 528 0,72 1,12 13
  Plutão 39,481 0,2488 248,4 0,00220 2 300 -6,38[nota 4] 0,06 5
Haumea 43,34 0,189 285,4 0,00070 Elipsoide[nota 5] 0,163 0,045 2
Makemake 45,79 0,159 309,9 0,0007 1 300 a 1 900 ? 0,051 1
Éris 68,1461 0,4324 562,55 0,00278 2 400 a 3 000 ? 0,082 1
Sedna 524,4 ± 1,0 0,85491 11 400 Não se sabe 1 000 a 1 600 0,42 d 0,03 0

Ver tambémEditar

Notas

  1. Uma unidade astronômica equivale a exatamente 149 587 870.7 quilômetros.
  2. Na escala longa este valor equivale a seis mil triliões de toneladas.
  3. Os planetas são destacados em negrito.
  4. a b c Vênus, Urano e Plutão possuem rotação retrógrada.
  5. Suas dimensões são de 1 960x1 518x996 km

Referências

  1. Nicolson 1999, p. 51
  2. Encyclopædia Britannica. «Astronomical Unit» (em inglês). Consultado em 13 de agosto de 2013. Arquivado do original em 13 de agosto de 2013 
  3. David R. Williams (1 de julho de 2013). «Earth fact sheet» (em inglês). NASA. Consultado em 10 de novembro de 2013 
  4. a b c McFadden 2007, p. 4
  5. Alexander J. Willman, Jr. «Sol Planetary System Data» (em inglês). Princeton University. Consultado em 9 de novembro de 2013 
  6. a b c d Windows to the Universe. «Planets and dwarf planets data table» (em inglês). Consultado em 9 de novembro de 2013 

BibliografiaEditar

  • McFadden, Lucy-Ann; Paul Weissman, Torrence Johnson (2007). «Chapter 2: The origin of the Solar System». Encyclopedia of the Solar System (em inglês) 2ª ed. Washington: Acadenuc Press. 992 páginas. ISBN 978-0-12-088589-3. Consultado em 10 de novembro de 2013 
  • Nicolson, Iain (1999). Unfolding our Universe (em inglês). [S.l.]: Cambridge University Press. ISBN 0-521-59270-4. Consultado em 10 de novembro de 2013