Lista de premiados no Festival de Gramado

Esta é uma lista de premiados – filme, diretor, atores, trilha sonora, fotografia, roteiro, montagem, cenografia, som, música, figurino e prêmios especiais – no Festival de Gramado:

1973Editar

1974Editar

1975Editar

1976Editar

1977Editar

1978Editar

1979Editar

1980Editar

1981Editar

1982Editar

1983Editar

1984Editar

1985Editar

1986Editar

1987Editar

1988Editar

1989Editar

1990Editar

1991Editar

1992Editar

1993Editar

1994Editar

1995Editar

1996Editar

1997Editar

1998Editar

1999Editar

2000Editar

2001Editar

2002Editar

2003Editar

  • Realizado entre 18 e 23 de agosto de 2003:[4]
Cinema latino
Cinema brasileiro
Documentários de longa-metragem brasileiros
Curtas brasileiros
  • Filme: Carolina, de Jéferson De
  • Diretor: Cleiton Stringuini e Paulo de Tarso Mendonça, por No Bar
  • Ator: Valdo Nóbrega, por O Resto É Silêncio
  • Atriz: Patrícia de Dina Bernardelli, por Jonas
  • Roteiro: Paulo Halm, por O Resto é Silêncio
  • Montagem: Estevan Santos, por Amor Só de Mãe
  • Fotografia: Carlos Ebert, por Carolina
  • Música: Four Nazo & Flu, por Amor Só de Mãe
  • Direção de arte: Guga Feijó e Luciane Nicolino, por Jonas
  • Prêmio especial do júri: Terminal, de Léo Cadaval, pela concepção gráfica
  • Prêmio da crítica: Carolina
  • Prêmio do júri popular: No Bar
Outros

2004Editar

  • Realizado entre 16 e 21 de agosto de 2004:[5]
Filmes de longa-metragem brasileiros
Filmes de longa-metragem latinos
Filme de longa-metragem documentário
Filmes de curta-metragem brasileiros
  • Filme: Noite de Sol
  • Diretor: Marcela Arantes por Noite de Sol
  • Ator: Luciano Chirolli, por Ato II Cena 5
  • Atriz: Gabriela Rosas, por Noite de Sol
  • Roteiro: Marcelo Arantes e Poliana Moura, por Noite de Sol
  • Prêmio do júri popular: Momento Trágico de Cibele Amaral
  • Prêmio da crítica: Heliorama, de Ivan Cardoso
Outros

2005Editar

  • Realizado entre 15 e 20 de agosto de 2005:[6]
Mostra de filmes brasileiros de ficção
Mostra de documentários
Mostra de filmes latinos
Mostra de curta-metragens em 35 mm
  • Filme: Entre Paredes
  • Filme – júri popular: Eu Te Darei o Céu
  • Diretor: Eric Laurence, por Entre Paredes
  • Prêmio especial do júri: Visita Íntima
  • Ator: André Gonçalves, por Eu Te Darei o Céu
  • Atriz: Nani de Lima, por Eu Te Darei o Céu
  • Roteiro: Eu Te Darei o Céu
  • Direção de arte: Maíra Coelho por Os Olhos do Pianista
  • Música: Entre Paredes
  • Fotografia: Desejo
  • Montagem: Entre Paredes
  • Prêmio Canal Brasil: Balaio e Entre Paredes
  • Prêmio da crítica: Entre Paredes
Outros

2006Editar

2007Editar

2008Editar

Realizado entre 10 e 16 de agosto de 2008:[9]

Longa-metragem brasileiro
Longa-metragem estrangeiro
Curta-metragem
  • Filme: Areia, de Caetano Gotardo
  • Diretor: Jaime Lerner, por Subsolo
  • Ator: Augusto Madeira, por Blackout e Noite de Domingo
  • Atriz: Malu Galli, por Areia
  • Roteiro: César Cabral e Leandro Maciel, por Dossiê Rê Bordosa
  • Fotografia: Heloisa Passos, por Areia
  • Prêmio especial do júri: Booker Pittman, de Rodrigo Grota
  • Diretor de arte: José de Aguiar, por Booker Pittman
  • Música: Booker Pittman, por Booker Pittman
  • Montagem: César Cabral e Leandro Maciel, por Dossiê Rê Bordosa
  • Prêmio da crítica: Booker Pittman
Mostra gaúcha
  • Filme: Um Dia como Hoje, de Eduardo Wannmacher
  • Direção: Diego Muller, por Cortejo Negro
  • Roteiro: Eduardo Wannmacher, por Um Dia como Hoje
  • Fotografia: Fernando Vanelli, por Cortejo Negro
  • Direção de arte: Rita Faustini, por Os Sete Trouxas
  • Música: Fausto Prado, por Subsolo
  • Montagem: Fábio Lobanowsky, por Um Dia como Hoje
  • Edição de som: Cristiano Scherer, por Rosário dos Navegantes
  • Produtor/produtor executivo: Pablo Muller, por Cortejo Negro
  • Ator: Júlio Andrade, por Um Dia como Hoje
  • Atriz: Carolina Sudat, por Um Dia como Hoje
Outros

2009Editar

  • Realizado entre 9 e 15 de agosto de 2009:[10]
Longa-metragem brasileiro
Longa-metragem estrangeiro
Curta-metragem
Outros

2010Editar

Longa-metragem nacional[11]
Longa-metragem estrangeiro
Curta-metragem
  • Melhor filme: Carreto, de Cláudio Marques e Marilia Hughes
  • Melhor direção: Rodrigo Grota, por Haruo Ohara
  • Prêmio especial do júri: Os anjos do meio da praça, de Alê Camargo e Camila Carrossine
  • Melhor ator: Flávio Bauraqui, por Ninjas
  • Melhor atriz: Elisa Volpatto, por Um animal menor
  • Melhor roteiro: Cláudio Marques e Marilia Hughes, por Carreto
  • Melhor fotografia: Carlos Ebert, por Haruo Ohara
Prêmio da crítica
Prêmio aquisição do Canal Brasil (curta-metragem)
  • Haruo Ohara, de Rodrigo Grota
Júri Popular
  • Melhor filme nacional: 180º, de Eduardo Vaisman
  • Melhor filme estrangeiro: Mi vida con Carlos, de Germán Berger-Hertz
  • Melhor curta-metragem: Ratão, de Santiago Dellape
Troféu Cidade de Gramado - longa-metragem
Troféu Cidade de Gramado - curta-metragem
  • Melhor filme: Haruo Ohara, de Rodrigo Grota
  • Melhor direção de arte: Vicente Saldanha, por Amigos bizarros de Ricardinho
  • Melhor montagem: Paulo Sacramento, por Ninjas
  • Melhor trilha musical: Amigos bizarros de Ricardinho

2011Editar

2012Editar

2013Editar

2014Editar

Longa-metragem brasileiro
Longa-metragem latino
Curta-metragem
  • Desenho de som: Guga Rocha, por História Natural
  • Trilha musical: Sem Título #1: Dance of Leitfossil
  • Direção de arte: Caio Ryuichi Yossimi, por O Coração do Príncipe
  • Montagem: Carlos Adriano, por Sem Título #1: Dance of Leitfossil
  • Fotografia: Giovanna Pezzo, por La Llamada
  • Roteiro: Caio Ryuichi Yossimi, por O Coração do Príncipe
  • Atriz: Rafaela Souza, por Carranca
  • Ator: Guilherme Silva, por Carranca
  • Prêmio especial do júri: O Clube, Allan Ribeiro
  • Melhor filme pelo Júri Popular: A Pequena Vendedora de Fósforos, de Kyoko Yamashita
  • Melhor diretor: Gustavo Vinagre, por La Llamada
  • Melhor filme: Se Essa Lua Fosse Minha, de Larissa Lewandowski
  • Prêmio Canal Brasil: A Pequena Vendedora de Fósforos, de Kyoko Yamashita
  • Prêmio Dom Quixote: Las Analfabetas, de Moisés Sepúlveda
Júri da Crítica

2015Editar

2016Editar

2017Editar

Longa-metragem brasileiro[12]
  • Melhor Filme: “Como Nossos Pais”, de Laís Bodanzky
  • Melhor Direção: Laís Bodanzky, por “Como Nossos Pais
  • Melhor Atriz: Maria Ribeiro, por “Como Nossos Pais”
  • Melhor Ator: Paulo Vilhena, por “Como Nossos Pais”
  • Melhor Atriz Coadjuvante: Clarisse Abujamra, por “Como Nossos Pais”
  • Melhor Ator Coadjuvante: Marco Ricca, por “As Duas Irenes
  • Melhor Roteiro: Fabio Meira, por “As Duas Irenes
  • Melhor Fotografia: Fabrício Tadeu, por “O Matador”
  • Melhor Montagem: Rodrigo Menecucci, por “Como Nossos Pais”
  • Melhor Trilha Musical: Ed Côrtes, por “O Matador”
  • Melhor Direção de Arte: Fernanda Carlucci, por “As Duas Irenes
  • Melhor Desenho de Som: Augusto Stern e Fernando Efron, por “Bio”
  • Melhor Filme - Júri Popular: “Bio”, de Carlos Gerbase
  • Melhor Filme - Júri da Crítica: “As Duas Irenes”, de Fabio Meira
  • Prêmio Especial do Júri: Carlos Gerbase, pela direção dos 39 atores e atrizes em “Bio”
  • Prêmio Especial do Júri – Troféu Cidade de Gramado: Paulo Betti e Eliane Giardini, pela contribuição à arte dramática no teatro, televisão e cinema brasileiros


Longa-metragem extrangeiro

  • Melhor Filme: “Sinfonia Para Ana”, de Virna Molina e Ernesto Ardito
  • Melhor Direção: Federico Godfrid, por “Pinamar”
  • Melhor Atriz: Katerina D’Onofrio, por “La Ultima Tarde”
  • Melhor Ator: Juan Grandinetti e Agustín Pardella, por “Pinamar”
  • Melhor Roteiro: Joel Calero, por “La Ultima Tarde”
  • Melhor Fotografia: Fernando Molina, por “Sinfonia Para Ana”
  • Melhor Filme - Júri Popular: “Mirando al Cielo”, de Guzman García
  • Melhor Filme - Júri da Crítica: “Pinamar”, de Federico Godfrid
  • Prêmio Especial do Júri: “Los Niños”, de Maite Alberdi


Curta-metragem brasileiro

  • Melhor Filme: “A Gis”, de Thiago Carvalhaes
  • Melhor Direção: Calí dos Anjos, por “Tailor”
  • Melhor Atriz: Sofia Brandão, por “O Espírito do Bosque”
  • Melhor Ator: Nando Cunha, por “Telentrega”
  • Melhor Roteiro: Carolina Markowicz, por “Postergados”
  • Melhor Fotografia: Pedro Rocha, por “Telentrega”
  • Melhor Montagem: Beatriz Pomar, por “A Gis”
  • Melhor Trilha Musical: Dênio de Paula, por “O Violeiro Fantasma”
  • Melhor Direção de Arte: Wesley Rodrigues, por “O Violeiro Fantasma”
  • Melhor Desenho de Som: Fernando Henna e Daniel Turini, por “Caminho dos Gigantes”
  • Melhor Filme - Júri Popular: “A Gis”, de Thiago Carvalhaes
  • Melhor Filme - Júri da Crítica: “O Quebra-Cabeça de Sara”, de Allan Ribeiro
  • Prêmio Canada 150 de Jovens Cineastas: Calí dos Anjos (“Tailor”)
  • Prêmio Canal Brasil de Curtas: “O Quebra-Cabeça de Sara”, de Allan Ribeiro
  • Prêmio Especial do Júri: “Cabelo Bom”, de Swahili Vidal e Claudia Alves

2018Editar

Curta-metragem brasileiro[12]
  • Melhor Desenho de Som: Fábio Carneiro Leão, por Aquarela
  • Melhor Trilha Musical: Manoel do Norte, por A Retirada Para Um Coração Bruto
  • Melhor Direção de Arte: Pedro Franz e Rafael Coutinho, por Torre
  • Melhor Montagem: Thiago Kistenmacker, por Aquarela
  • Melhor Fotografia: Beto Martins, por Nova Iorque
  • Melhor Roteiro: Marco Antônio Pereira, por A Retirada Para Um Coração Bruto
  • Melhor Ator: Manoel do Norte, por A Retirada Para Um Coração Bruto
  • Melhor Atriz: Maria Tugira Cardoso, por Catadora de Gente
  • Prêmio Especial do Júri: Estamos todos aqui, de Chico Santos e Rafael Mellim
  • Prêmio Canal Brasil de Curtas: Nova Iorque, de Leo Tabosa
  • Melhor Filme do Júri Popular: Torre, de Nádia Mangolini
  • Melhor Filme do Júri da Crítica: Torre, de Nádia Mangolini
  • Melhor Direção: Fábio Rodrigo, por Kairo
  • Melhor Filme: Guaxuma, de Nara Normande
Longas estrangeiros
  • Melhor Fotografia: Nelson Waisntein, por Averno
  • Melhor Roteiro: Marcelo Martinessi, por Las Herederas
  • Melhor Ator: Nestor Guzzini, por Mi Mundial
  • Melhor Atriz: Ana Brum, Margarita Irun e Ana Ivanova, por Las Herederas

Prêmio Especial do Júri: Averno, de Marcos Loayza

  • Melhor Filme do Júri Popular: Las Herederas, de Marcelo Martinessi
  • Melhor Filme do Júri da Crítica: Las Herederas, de Marcelo Martinessi
  • Melhor Direção: Marcelo Martinessi, por Las Herederas
  • Melhor Filme: Las Herederas, de Marcelo Martinessi
Longas brasileiros
  • Melhor Desenho de Som: Alexandre Rogoski, por Ferrugem
  • Melhor Trilha Musical: Max De Castro e Wilson Simoninha, Por Simonal
  • Melhor Direção de Arte: Yurika Yamazaki, por Simonal
  • Melhor Montagem: Gustavo Giani, por A Voz Do Silêncio
  • Melhor Ator Coadjuvante: Ricardo Gelli, por 10 Segundos Para Vencer
  • Melhor Atriz Coadjuvante: Adriana Esteves, por Benzinho
  • Melhor Fotografia: Pablo Baião, por Simonal
  • Melhor Roteiro: Jessica Candal e Aly Muritiba, Por Ferrugem
  • Melhor Ator: Osmar Prado, por 10 Segundos Para Vencer
  • Melhor Atriz: Karine Telles, por Benzinho
  • Menção Honrosa: A Cidade Dos Piratas, de Otto Guerra
  • Melhor filme do Júri Popular: Benzinho, de Gustavo Pizzi
  • Melhor filme do Júri da Crítica: Benzinho, de Gustavo Pizzi
  • Melhor Direção: André Ristum, por A Voz Do Silêncio
  • Melhor Filme: Ferrugem, de Aly Muritiba

2019Editar

Longas Brasileiros[13]
  • Melhor Filme: "Pacarrete", de Allan Deberton
  • Melhor Direção: Allan Deberton, "Pacarrete"
  • Melhor Ator: Paulo Miklos, em "O Homem Cordial"
  • Melhor Atriz: Marcélia Cartaxo, em "Pacarrete"
  • Melhor Roteiro: Allan Deberton, André Araújo, Natália Maia e Samuel Brasileiro, por "Pacarrete"
  • Melhor Fotografia: Edu Rabin, por "Raia 4"
  • Melhor Montagem: Joana Collier e Fernanda Krumel, por "Hebe"
  • Melhor Trilha Musical: Sascha Kratzer, por "O Homem Cordial"
  • Melhor Direção de Arte: Tulé Peake, por "Veneza"
  • Melhor Atriz Coadjuvante: Carol Castro, em "Veneza" e Soia Lira, em "Pacarrete"
  • Melhor Ator Coadjuvante: João Miguel, em "Pacarrete"
  • Melhor Desenho de Som: Rodrigo Ferrante e Cauê Custódio, por "Pacarrete"
  • Prêmio especial do Júri: "30 Anos Blues"
  • Júri da Crítica: "Raia 4", de Emiliano Cunha
  • Melhor filme do Júri Popular: "Pacarrete", de Allan Deberton
Longas estrangeiros

Melhor Filme: "El Despertar de Las Hormigas", de Antonella Sudasassi Furnis Melhor Direção: Juan Cáceres, por "Perro Bomba" Melhor Ator: Fernando Arze, em "Muralla" Melhor Atriz: Julieta Díaz, "La forma de las horas" Melhor Roteiro: Bernardo e Rafael Antonaccio, por "En el Pozo" Melhor Fotografia: Rafael Antonaccio, por "En el Pozo" Prêmio especial do júri: para as meninas Isabella Moscoso e Avril Alpizar do filme "El despertar de las hormigas', por suas excelentes atuações. Menção Honrosa: para a direção de arte de "Dos Fridas" Júri da Crítica: "El Despertar de Las Hormigas", de Antonella Sudasassi Furnis Melhor filme Júri Popular: "Perro Bomba", de Juan Cáceres

Longas Gaúchos Melhor filme: Raia 4, de Emiliano Cunha

Curtas Brasileiros

Melhor Filme: "Apneia", de Carol Sakura e Walkir Fernandes Melhor Direção: Diogo Leite, por "O Menino Pássaro" Melhor Ator: Rômulo Braga, em "Marie" Melhor Atriz: Cassia Damasceno, em "Mulher que Sou" Melhor Roteiro: Renata Diniz, por "O Véu de Armani" Melhor Fotografia: Sebastian Cantillo, por "A Ética das Hienas" Melhor Montagem: Daniel Sena e Thiago Foresti, por "Invasão Espacial" Melhor Trilha Musical: Carlos Gomes, em "Teoria Sobre Um Planeta Estranho" Melhor Direção de Arte: Gutor BR, por "Sangro" Melhor Desenho de Som: Gustavo Soesi, "Um Tempo Só" Prêmio especial do júri: para as atrizes Divina Valéria e Wallie Ruy, em "Marie", por nos permitirem vivenciar deslocamentos corporais inesperados e por imaginarem um futuro travesti num país que mais mata trans no mundo. Júri da Crítica: "Marie", de Leo Tabosa Melhor Filme Júri Popular: "Teoria Sobre Um Planeta Estranho", de Marco Antônio Pereira Menção Honrosa: a Ester Amanda Schafe, de "A Pedra", pela vigorosa interpretação e pelo talento promissor que revela. Prêmio Aquisição Canal Brasil: "Marie", de Leo Tabosa

Referências